Depois de ler reclamações de muitos usuários (inclusive eu) sobre o serviço de assinaturas do Pocket Casts (o Pocket Casts Plus), que seria cobrado até de quem já havia pago pela versão web no passado, o aplicativo voltou atrás e vai honrar o contrato que existia antes da mudança desta semana e que oferecia acesso vitalício aos apps de computadores e ao player em versão web.

pocket casts plus md

Nesta semana o Pocket Casts, um dos aplicativos mais populares de podcasts, deixou de ser pago nos smartphones e tablets, mas trouxe um plano de assinatura que dá acesso para a versão web do player, aos apps para PC e Mac, além de 10 GB de espaço na nuvem para o usuário escutar suas músicas dentro do tocador – onde quer que ele esteja.

A assinatura tem o nome de Pocket Casts Plus, custa R$ 3,90 por mês e R$ R$ 39,80 por ano. O problema é que este acesso aos apps para computador e versão web já era cobrado antes da mudança e o pagamento dava acesso vitalício ao serviço. Quando o plano de negócios do aplicativo mudou, os usuários que já pagaram este extra poderiam utilizar a o Plus por três anos, sem custos extras.

Pocket Casts Vitalício?

Como as duas propostas não se encaixam (vitalício não dura três anos, certo?), muitos pagantes reclamaram bastante em tudo que é lugar. A reclamação foi tamanha, que o CEO do Pocket Casts, Owen Grover, revisou a atitude e resolveu honrar o primeiro contrato. Agora qualquer pessoa que pagou o valor pelo acesso web, tem o Pocket Casts Plus por toda a vida.

A novidade é automática e está inserida na conta de cada um, mas eu notei um ponto curioso na minha conta no iOS. Lá diz que o “vitalício” vai durar 37 anos e acabará em 2118. Eu nem sei se estarei vivo até lá, mas imagino que algo vitalício deve durar por toda a vida e não por 37 anos.

Com informações: Pocket Casts.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Naldo C

Para quem comprou a versao de celular fica sem nada né?

Gean Lopes

Quem comprou a versão mobile se fufu né.

Zé das Covi
O ultimo updade dele deu uma bela cagada pra mim, ficou meio complicado de separar os podcastas já baixados, ouvidos e tals, as vezes o podcast sumia, creio que faltou deixar mais claro na UI
Zé das Covi

O ultimo updade dele deu uma bela cagada pra mim, ficou meio complicado de separar os podcastas já baixados, ouvidos e tals, as vezes o podcast sumia, creio que faltou deixar mais claro na UI

 david

Eu comprei, na época, ainda tava em beta o app do Mac

Adriano Garcez
Há alguns anos pensei em comprar a versão web, que era US$10, se lembro bem. Deixei de lado porque estou feliz com o Addict e raramente ouço podcast no PC, mas vitalício por esse preço foi golpe de sorte da galera, heim.... Queria ter pegado essa boquinha.
Adriano Garcez

Há alguns anos pensei em comprar a versão web, que era US$10, se lembro bem. Deixei de lado porque estou feliz com o Addict e raramente ouço podcast no PC, mas vitalício por esse preço foi golpe de sorte da galera, heim.... Queria ter pegado essa boquinha.

SiouxBR
Se vai até 2118 significa 99 anos e não 37 anos. E, vamos ser realistas, em 2118, se por um acaso ainda estivermos vivos, provavelmente terão surgido tecnologias bem superiores ao podcast...
SiouxBR

Se vai até 2118 significa 99 anos e não 37 anos.
E, vamos ser realistas, em 2118, se por um acaso ainda estivermos vivos, provavelmente terão surgido tecnologias bem superiores ao podcast...

leonald
e quem comprou somente o app acaba se ferrando, tipo eu... esses 3 anos deveria valer somente para quem comprou somente o app, e este vitalicio pra quem pegou a versao web...
leonald

e quem comprou somente o app acaba se ferrando, tipo eu...
esses 3 anos deveria valer somente para quem comprou somente o app, e este vitalicio pra quem pegou a versao web...

Peterson Alves

Normal, num sistema não dá pra colocar para sempre. No meu por exemplo mostra 99 anos grátis.

Pablo

-37 anos grátis, de volta para o futuro? 2019 - 37 = 1982. O carro usado no filme "Back to the Future" era um DeLorean DMC-12 do ano 1982.

Mas eu tenho outro serviço vitalício e eles costumam colocar só "1 ano grátis" ou algo do tipo e de tempos em tempos renovam o tempo restante. O app da Adidas fez assim pelo menos com a aquisição e transferência para o Runtastic.

Keaton

Acho que em 37 anos, essa empresa nem vá existir mais. hahaha

Lá diz que o “vitalício” vai durar 37 anos e acabará em 2118. Eu nem sei se estarei vivo até lá, mas imagino que algo vitalício deve durar por toda a vida e não por 37 anos.

Espera... 2118 - 37 dá 2081.... que ainda tem mais 62 anos pela frente...