Depois de ler reclamações de muitos usuários (inclusive eu) sobre o serviço de assinaturas do Pocket Casts (o Pocket Casts Plus), que seria cobrado até de quem já havia pago pela versão web no passado, o aplicativo voltou atrás e vai honrar o contrato que existia antes da mudança desta semana e que oferecia acesso vitalício aos apps de computadores e ao player em versão web.

pocket casts plus md

Nesta semana o Pocket Casts, um dos aplicativos mais populares de podcasts, deixou de ser pago nos smartphones e tablets, mas trouxe um plano de assinatura que dá acesso para a versão web do player, aos apps para PC e Mac, além de 10 GB de espaço na nuvem para o usuário escutar suas músicas dentro do tocador – onde quer que ele esteja.

A assinatura tem o nome de Pocket Casts Plus, custa R$ 3,90 por mês e R$ R$ 39,80 por ano. O problema é que este acesso aos apps para computador e versão web já era cobrado antes da mudança e o pagamento dava acesso vitalício ao serviço. Quando o plano de negócios do aplicativo mudou, os usuários que já pagaram este extra poderiam utilizar a o Plus por três anos, sem custos extras.

Pocket Casts Vitalício?

Como as duas propostas não se encaixam (vitalício não dura três anos, certo?), muitos pagantes reclamaram bastante em tudo que é lugar. A reclamação foi tamanha, que o CEO do Pocket Casts, Owen Grover, revisou a atitude e resolveu honrar o primeiro contrato. Agora qualquer pessoa que pagou o valor pelo acesso web, tem o Pocket Casts Plus por toda a vida.

A novidade é automática e está inserida na conta de cada um, mas eu notei um ponto curioso na minha conta no iOS. Lá diz que o “vitalício” vai durar 37 anos e acabará em 2118. Eu nem sei se estarei vivo até lá, mas imagino que algo vitalício deve durar por toda a vida e não por 37 anos.

Com informações: Pocket Casts.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Naldo C

Para quem comprou a versao de celular fica sem nada né?

Gean Lopes

Quem comprou a versão mobile se fufu né.

Zé das Covi
O ultimo updade dele deu uma bela cagada pra mim, ficou meio complicado de separar os podcastas já baixados, ouvidos e tals, as vezes o podcast sumia, creio que faltou deixar mais claro na UI
 david

Eu comprei, na época, ainda tava em beta o app do Mac

Adriano Garcez
Há alguns anos pensei em comprar a versão web, que era US$10, se lembro bem. Deixei de lado porque estou feliz com o Addict e raramente ouço podcast no PC, mas vitalício por esse preço foi golpe de sorte da galera, heim.... Queria ter pegado essa boquinha.
SiouxBR
Se vai até 2118 significa 99 anos e não 37 anos. E, vamos ser realistas, em 2118, se por um acaso ainda estivermos vivos, provavelmente terão surgido tecnologias bem superiores ao podcast...
leonald
e quem comprou somente o app acaba se ferrando, tipo eu... esses 3 anos deveria valer somente para quem comprou somente o app, e este vitalicio pra quem pegou a versao web...
Peterson Alves

Normal, num sistema não dá pra colocar para sempre. No meu por exemplo mostra 99 anos grátis.

Pablo

-37 anos grátis, de volta para o futuro? 2019 - 37 = 1982. O carro usado no filme "Back to the Future" era um DeLorean DMC-12 do ano 1982.

Mas eu tenho outro serviço vitalício e eles costumam colocar só "1 ano grátis" ou algo do tipo e de tempos em tempos renovam o tempo restante. O app da Adidas fez assim pelo menos com a aquisição e transferência para o Runtastic.

Keaton

Acho que em 37 anos, essa empresa nem vá existir mais. hahaha

Lá diz que o “vitalício” vai durar 37 anos e acabará em 2118. Eu nem sei se estarei vivo até lá, mas imagino que algo vitalício deve durar por toda a vida e não por 37 anos.

Espera... 2118 - 37 dá 2081.... que ainda tem mais 62 anos pela frente...