Início » Jogos » Sony promete que PlayStation 5 gastará menos energia

Sony promete que PlayStation 5 gastará menos energia

Mas o modo de economia em standby do PS5 deverá ser opcional

Paulo Higa Por

O PlayStation 5 deverá consumir bem menos energia no modo de espera que a geração atual. Pelo menos é o que promete a Sony. No domingo (22), durante a Cúpula do Clima da ONU, a empresa afirmou que adotará tecnologias mais eficientes para reduzir o gasto energético e, consequentemente, a emissão de carbono na atmosfera.

Foto por Kenneth_Fleming/Flickr

O presidente da Sony Interactive Entertainment, Jim Ryan, diz: “Também estou muito contente em anunciar que a próxima geração do PlayStation incluirá a possibilidade de suspender o gameplay com um consumo de energia muito menor que o PS4 (que estimamos que possa ser de cerca de 0,5 watt). Se apenas um milhão de pessoas ativar esse recurso, ele economizará o equivalente ao gasto médio de eletricidade de 1.000 residências dos Estados Unidos”.

É legal, mas nos faz refletir sobre alguns pontos. Primeiro, a redução anunciada foi apenas no modo de standby. 0,5 watt realmente é muito pouco em comparação com a geração atual: o Polygon nota que o PlayStation 4 consumia 8,5 watts em espera, enquanto o Xbox One chegava a 15,7 watts nas configurações padrão (o Wii U era mais econômico, com 0,4 watt). Mas ainda não sabemos como será a eficiência energética durante a execução de jogos.

Além disso, a frase “se apenas um milhão de pessoas ativar esse recurso” implica que essa funcionalidade será opcional, então precisamos ver se os usuários realmente habilitarão a economia de energia em standby e quais recursos deixarão de funcionar no console.

Se o recurso de economia de energia der certo, ele pode mesmo fazer uma boa diferença no final das contas: um relatório do Conselho de Defesa de Recursos Naturais (NRDC) publicado em 2014 mostrou que 40% do consumo energético dos consoles da atual geração estavam no modo de standby.

Desde então, a Sony fez alterações no PlayStation 4 para melhorar a eficiência energética do console. A empresa diz que, por meio de chips mais potentes e modos de economia de energia, já evitou emitir quase 16 milhões de toneladas métricas de dióxido de carbono na atmosfera, o equivalente à emissão de CO2 da Dinamarca em 2017.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Cameron Poe

clamper tá aí pra isso, kk

Caleb Enyawbruce

Não pô, to falando desse caso específico. Obviamente

Caleb Enyawbruce

Foi exatamente oq eu disse

Leumas Ninguem

O co-processador ARM que vão utilizar vai
ser bem econômico então

Leumas Ninguem

Mas já é assim

Colocando no modo repouso, ele continua atualizando e baixando jogos e arquivos

Starkwal

Eu mesmo sempre tiro o videogame da tomada, nunca se sabe quando vamos ter a descarga de energia e queima a fonte.

Lobo Solitário

Típico brasileiro...

Drax

A Microsoft lançara um novo console. Porém, concomitantemente lançará o projeto x-cloud, que está mais avançado que o Stadia e virá com todos os jogos que o xbox já possui, ou seja, centenas ou até milhares de jogos.

(https://tecnoblog.net/29193...

ochateador

Se vi direito, tem uma versão do Xbox One que não vem com leitor de mídia física. É tudo por meios digitais.

Você só precisa lembrar, que um videogame basta ligar, inserir a mídia e jogar (jogos single-layer e/ou offline).
É uma simplicidade que dá uma surra em um PC (considerando que um console custa US$ 399,00 para menos).
Adicionar o streaming no assunto, envolve HDD/SSD maiores (e custos maiores ao console) e/ou internet de maior velocidade e com boa estabilidade (isso envolve custos). Ambos irão afastar os potenciais consumidores por um tempo ou para sempre.

Caleb Enyawbruce
Que se lasque consumo de energia, quero mais é ter tudo (games / apps) atualizado automaticamente. Eu já jogo pouco, se for ter q esperar atualização quando sentar pra jogar, to lascado.
Caleb Enyawbruce

Que se lasque consumo de energia, quero mais é ter tudo (games / apps) atualizado automaticamente. Eu já jogo pouco, se for ter q esperar atualização quando sentar pra jogar, to lascado.

Shalkad

Porquê o mercado de consoles ainda tem muito consumidores e provavelmente elas ainda não tem a infraestrutura pronta para oferecer o serviço. Imagine: estão desenvolvendo a próxima geração a anos, milhões investidos, para largar tudo e lançar um streaming de jogos só porquê uma empresa vai fazer isso... me parece loucura.
Eu acho que Sony e Microsoft irão lançar seus plataformas de streaming no meio da próxima geração, e talvez só a 10ª geração que não venha a existir (como hardware, pelo menos).

Lukasss

Discordo de alguns pontos. Primeiramente, ainda que estejamos falando de algo que tem muito a evoluir, ele já é uma realidade, só não esta disponível para o público global ainda.
Eu trocaria a palavra "incluindo" para "principalmente", haja visto que a nossa conexão é uma das piores e mais instáveis - considerado o 9º país com a pior conexão banda larga.
Mas de acordo com dados que já foram fornecidos, o problema a ser solucionado por aqui, seria a estabilidade, já que, com uma conexão estável será possível jogar com resolução full hd....
O meu intuito com a ideia é de falar porque a Sony e a Microsoft estarião investindo em um novo console agora, depois do lançamento do stadia? Abrir para uma discussão mais geral e falar sobre o assunto

Shalkad

Acho que ainda é cedo, porquê o Stadia ainda não foi lançado.
Ele precisa superar todos os problemas de conexão e latência, e em qualquer parte do mundo, caso contrário muita gente não vai querer assinar o serviço. A Google pode até fazer a parte dela, mas a qualidade da internet vendida em muitos lugares do mundo (incluindo aqui) pode transformar o Stadia em um serviço inviável.

Lukasss

Acredito que esse tema valeria uma boa discussão em um Tecnocast, vocês não acham pessoal do Tecnoblog? "Com a revelção do Stadia, vale a pena, tanto para a Sony quanto para a Microsoft, ainda investir no lançamento de um novo console?" Da para explorar bastante sobre esse tema em uma boa conversa: O Stadia vai funcionar? Qual poderá ser o foco das duas gigantes dos consoles? Lembrando que a Microsoft lançou recentemente um XBOX One sem leitor de mídia.