Início » Brasil » Governo lança Carteira de Trabalho Digital que substitui documento em papel

Governo lança Carteira de Trabalho Digital que substitui documento em papel

Carteira de Trabalho e Previdência Social (CTPS) em papel não é mais necessária na maioria das contratações

Paulo Higa Por

O governo lançou nesta terça-feira (24) a nova Carteira de Trabalho Digital, que substitui o documento em papel por um aplicativo de celular. A versão eletrônica reúne contratos de trabalho antigos e novos, bem como suas respectivas anotações, permitindo “facilidades para trabalhadores e empregados, com redução da burocracia e custos”.

Carteira de Trabalho Digital

O aplicativo da Carteira de Trabalho Digital já estava disponível para Android e iPhone desde 2017, mas não tinha a mesma validade do documento físico, servindo apenas como um meio de consulta. “A partir de agora, a CTPS em meio físico não é mais necessária para a contratação na grande maioria dos casos. Para o trabalhador, basta informar o número do CPF no momento da contratação”, diz o governo.

Nos casos em que o empregador não utilize o eSocial, ainda será necessário apresentar a caderneta azul no momento da contratação. Você pode utilizar a mesma CTPS que já possui, ou então solicitar um documento físico mediante agendamento na Secretaria de Trabalho, pelo telefone 158.

A Carteira de Trabalho Digital já foi previamente emitida para todos os brasileiros e estrangeiros cadastrados no CPF, mas é necessário habilitar o documento para acessar os dados. Primeiro, você deve entrar na plataforma unificada de autenticação do governo (acesso.gov.br) e criar uma conta, respondendo a perguntas como o nome da sua mãe ou data de nascimento, para confirmar sua identidade.

Depois, é preciso entrar no site do Emprega Brasil, utilizando os mesmos dados de acesso. Você terá acesso as últimas anotações, com informações como razão social e CNPJ do empregador, além de data de admissão ou rescisão. Se quiser visualizar dados sensíveis, como salário inicial e última remuneração, será preciso passar por mais cinco perguntas, respondendo corretamente a quatro delas.

Carteira de trabalho em versão física continua valendo

“Se você já tinha a CTPS em formato físico você deve guardá-la. Ela continua sendo um documento para comprovar seu tempo de trabalho anterior. Mesmo com a Carteira de Trabalho digital podendo mostrar contratos de trabalho antigos (dos anos oitenta, por exemplo), é importante nesses casos conservar o documento original”, diz o governo. Vale lembrar que a carteira de trabalho não serve para fins de identificação civil.

De acordo com o Ministério da Economia, a versão digital da carteira de trabalho deve gerar economia de R$ 888 milhões. Além disso, o prazo de emissão do documento, que era de 17 dias em média no papel, é reduzido para apenas um dia.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Fábio Nunes

Acho que a CTPS digital é que talvez não sirva como documento de identificação. Consta na contracapa da CTPS física, informação de que o documento serve como meio de identificação.

Toto_fofo

Mais uma tranqueira do governo. Se eu não quero ter celular? E se não quero ter conta no google ou Apple? vai disponibilizar a merda do .apk pra download? Governo deveria estar subindo a Selic e não ficar fazendo media com a classe média pindaíba twitteira.

Cassio

Pelo menos para embarque em voos nacionais, ela é aceita.

Carlos Alves

Tá caminhando para isso, o login já é feito por CPF, e agora na hora da contratação o empregador pode fazer tudo só com o CPF do empregado. Os cadastros ainda existem separadamente mas foram consolidados.

VolksW4GNER

Acrescenta zeros a esquerda para os existentes, para os CPFs futuros adiciona outros números a esquerda.

VolksW4GNER

Então tem que lançar uma nova geração de CPF com um ou dois dígitos a mais.

Eliézer José Lonczynski

O Cadastro Único (CÚ) nunca mais foi pauta. (essa é dos tempos de correntes de power point nos e-mails).

Tiago Celestino

Ia morrer e ñ ia saber que a CTPS ñ servia como identificador civil

John Smith

Se criar novos algarismos no início do CPF, zerado para os antigos, o DV não muda.

Uriel Dos Santos Souza

Tudo do governo tem te quer um APP apenas!
CHN, RG, CT, CPF tudo num só.
Hoje tenho que usar 2 apps um pra CNH e outro pra CT.
Logo serão uns 10.

DanielBastos

Aí o DV muda (aqueles 2 números no final)

E se ele muda, a conta não fecha.
CPF e CNPJ são validados via um calculo.

Ticano

É requisito do edital para concurso público, faz parte da habilitação estar em dia com as obrigações eleitorais para concorrer a um cargo público. Por isso tu mostra :)

Ricardo Alvim

Em termos de sistemas, eu posso dizer em termos práticos: o buraco é muito mais embaixo. Sistemas em nível federal, estadual e diversos tipos de arquiteturas e plataformas complicam o processo.

LekyChan

esse app já é velho, eu já tinha ele instalado a meses, mas oque fiquei feliz mesmo, é que finalmente atualizaram os BDs deles e agora consigo logar no app do FGTS, coisa que antes não conseguia.

LekyChan
esse app já é velho, eu já tinha ele instalado a meses, mas oque fiquei feliz mesmo, é que finalmente atualizaram os BDs deles e agora consigo logar no app do FGTS, coisa que antes não conseguia.
Exibir mais comentários