Início » Legislação » União Europeia aprova direito ao reparo para tornar eletrodomésticos mais duráveis

União Europeia aprova direito ao reparo para tornar eletrodomésticos mais duráveis

Máquinas de lavar, refrigeradores e outros eletrodomésticos deverão ter peças de reposição por 10 anos

Paulo Higa Por

A União Europeia aprovou novas regras na terça-feira (1º) para tornar os eletrodomésticos mais duráveis e simples de consertar. A partir de 2021, as fabricantes deverão obedecer ao chamado “direito ao reparo”, oferecendo peças de reposição por 10 anos após a venda e que possam ser substituídas sem causar danos aos produtos.

Máquina de lavar ( Photo by rawpixel.com from Pexels)

A medida vale para todos os refrigeradores, máquinas de lavar roupa, lava-louças, televisores, fontes de alimentação, motores elétricos, transformadores e equipamentos de solda comercializados na União Europeia. As peças de reposição deverão estar disponíveis para profissionais independentes e não podem exigir ferramentas proprietárias para serem instaladas.

Além de aumentar a durabilidade dos produtos, as empresas terão que se comprometer às novas regras de sustentabilidade do bloco. “Pela primeira vez, as medidas incluem requisitos de reparabilidade e reciclagem, contribuindo para os objetivos da economia circular ao melhorar a vida útil, manutenção, reutilização, atualização, reciclagem e tratamento de resíduos dos aparelhos”, diz a Comissão Europeia.

As exigências de eficiência energética se tornarão mais rigorosas. A BBC nota que as regras atuais estão desatualizadas, sendo que mais de 55% das máquinas de lavar vendidas na União Europeia são classificadas como A++++. Com os novos requisitos, a expectativa é economizar 5% da energia gasta no bloco a partir de 2030, o equivalente a 20 bilhões de euros por ano ou o consumo anual de toda a Dinamarca.

O direito ao reparo passa a valer na União Europeia em abril de 2021. Outros países também estudam legislações semelhantes: nos Estados Unidos, cerca de 20 estados, incluindo a Califórnia, querem garantir que as fabricantes ofereçam peças de reposição para profissionais independentes. Os resultados começaram a aparecer: a Apple, que já chegou a tomar medidas contra reparos não autorizados, vai fornecer peças de iPhone para assistências técnicas.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Dayman Novaes

Não é roubada porque ela não existe. Lucro é quando você consegue gerar mais valor (dinheiro) do que consumiu. Se eu, como trabalhador, ganho um salário através do meu trabalho, e o dinheiro gerado é maior do que o que eu consumo, estou me tornando mais rico.

Sua noção de mais-valia, talvez venha do sentimento de injustiça de alguém lucrar à partir do seu trabalho (ou seja, alguém gastou com sua mão de obra, e gerou mais dinheiro do que o valor gasto).

Mas veja bem: a economia é cíclica, e você faz o mesmo, o tempo todo. Imagine que você compre um livro de R$50 sobre a sua profissão, e com os conhecimentos obtidos, você melhora seu trabalho e consegue um pequeno aumento. Você gastou com o livro, e gerou mais dinheiro à partir disso, ou seja, lucrou à partir do trabalho de outra pessoa (o escritor do livro).

Claro que isso é um exemplo bobo, e um pouco diferente da relação empregado<>patrão, mas no fundo é a mesma coisa: alguém oferta um serviço e cobra X, outra pessoa pega esse serviço e oferta para outra pessoa cobrando mais do que X. No caso, o escritor te ofertou um livro cobrando X, e você pegou esse conhecimento e ofertou ao seu patrão, que te pagou mais do que X.

Por conseguinte, é óbvio, seu patrão vai pegar seu serviço e ofertar aos clientes dele cobrando mais do que ele te pagou.

Se quiser pensar em mais exemplos, pensa em todas os serviços que você usa: eletricidade, internet, transporte (motorista de onibus, cobrador, etc.)... por trás, você está dando dinheiro para essas pessoas, e todas essas pessoas ajudam a compor a estrutura e qualidade de vida que você tem hoje. Essa estrutura é o que permite que você consiga ofertar seus serviços à alguém, e que você gere mais dinheiro do que gastou, portanto, lucrar.

gabriel

Então sua mais-valia não é roubada pelo patrão? Como?

gabriel

Ao contrário, nesse país os direitos sociais não eram garantidos. A mais-valia dos trabalhadores era apropriada pelos burocratas.

Roberto

Considerando que a obsolescência é o ganha-pão de grandes empresas, acho improvável. Mas a Europa sempre inova nas relações de consumo e alimentos orgânicos, então há uma esperança. Aqui difícil, enquanto a galera da inteligência não funcional continuar gritando.

Roberto

É esse pensamento que traz um meio-ambiente cada vez mais tóxico, um consumo doente e pessoas que dão mais importância a um celular novo do que a própria saúde. Deixam até de comer para juntar dinheiro para o iPhone, dando a vida para enriquecer cada vez mais as grandes empresas.
É incrível como muitas pessoas "aprovam" a atuação corrosiva destas mega corporações, nem o trabalho escravo sensibiliza essa galera.
Precisa pensar no médio e longo prazos também, tipo usar a massa encefálica mesmo. Ou continuaremos a pensar como hienas selvagens que só conseguem viver pelos seus estômagos.

Stanley

Agora são os haters do meio ambiente, cavalos de batalha de uma luta que mau entendem. Ofendem até menininhas de 16 anos que estudam e tem posição. E acham que a sueca é a manipulada. A ignorância é foda, ainda mais quando é arrogante.

marcgtsr

[email protected] isso, nunca sequer cogitaria isso... Se tu compara com um novo até... né mas com um usado lol

Fabio Santos

Agora eu tenho que colocar minha foto como a manada quer e eu sou a pessoa que decido e sou racista contra um bando de imigrante que invade terra alheia cagam e mijam na frente da casa de meu tio e se questionar ainda levamos uma surra mais nós somos os racistas, você é um tosco que como muito se faz de vítima pra tentar colocar suas ideias perversas como se fosse boa.

Corvo

Isso é pensamento de pobre (principalmente pobre de espírito) de descartar as coisas, uma coisa é quinquilharia tipo MP3 Player e lixaiadas eletrônicas descartáveis, outra coisa é uma geladeira, maquina de lavar, TV, coisas que deveriam durar de 10 anos pra cima.

Corvo

Trabalho com assistência de equipamentos (notebooks, impressoras, etc) e direto algum cliente indaga "po mas 200 reais ta caro, por 300 reais da pra comprar um usado".
Muita gente prefere gerar mais lixo no mundo e pagar mais caro num usado (que nem sabe o histórico) do que arrumar o dele, mesmo que o preço empatar com o de um usado ainda é mais viável um por saber do histórico do seu aparelho e outra exatamente pelo ponto que você tocou.

Dayman Novaes

Também sou dos trabalhadores, aqueles que garantem lucro para si próprio através do seu próprio trabalho.

Dayman Novaes

Não entendi como sua pergunta se encaixa no que eu disse. O que o meu senso pessoal de justiça tem a ver com isso?

marcgtsr

EU tenho comprado muita coisa da china, nenhuma estragou. tem muito produto bom, comprei muita coisa da xiaomi e nada deu defeito

Fabio Santos

Quando a pessoa leva uma verdade e é de eswuerda faz isto mesmo, pois bem só pra lembrar você estou infelizmente neste momento A caminho da França a trabalho ter que aguentar aquele cheiro horrível da imigração que caga e mija em todos os quantos graças a vocês.

Marco Pacheco

Bolsominion chamando os outros de ignorante é a piada do dia!!

Exibir mais comentários