Início » Aplicativos e Software » Google Pay agora aceita cartão de débito em compras online

Google Pay agora aceita cartão de débito em compras online

Agora é o Google Pay que pergunta "débito ou crédito?"

Emerson Alecrim Por
14/10/2019 às 14h18

O Google anunciou nesta segunda-feira (14) uma novidade desenvolvida especialmente para o Brasil: a partir de hoje, o Google Pay passa a permitir, de modo oficial, o uso de cartões de débito como forma de pagamento em compras online via celulares Android. A novidade vale inclusive para cartões múltiplos (que reúnem as funções de débito e crédito).

google pay

Cartões de débito são aceitos há algum tempo pelo Google Pay, mas, até então, apenas para pagamento presencial (via aproximação). Para compras online, cartões múltiplos só podiam ser usados na modalidade de crédito.

Com a ampliação do serviço, cartões de débito (ou múltiplos na função de débito) podem ser usados em pagamentos online com a mesma facilidade com a qual se usa cartões de crédito.

Essa é uma funcionalidade que exigiu que o Google olhasse especificamente para o mercado brasileiro. Isso porque, embora o Google Pay tenha sido criado para ser global, cartões múltiplos só existem no Brasil.

Tecnicamente, dar suporte a transações de débito em plataformas online não é difícil. O problema é que boa parte dos cartões do tipo emitidos no Brasil é, na verdade, do tipo múltiplo.

Foi necessário então adaptar o Google Pay para que o serviço faça aquela pergunta que todo mundo já ouviu ao passar pelo caixa de uma loja física: débito ou crédito?

Débito ou crédito no Google Pay

O Google tem uma boa razão para dar tamanha atenção ao débito em transações na internet: a empresa aponta que o Brasil possui 50 milhões de usuários de cartões de crédito, mas esse número sobre para 60 milhões no que diz respeito a cartões de débito.

Com a ampliação do Google Pay, a companhia espera alcançar a imensa parcela de consumidores brasileiros que, na ausência do cartão de crédito, recorre ao boleto bancário nas compras online — ou simplesmente deixam de comprar.

Por ora, apenas cartões de débito ou múltiplos emitidos pelo Banco do Brasil, Bradesco e Itaú nas bandeiras Mastercard, Visa e Elo são aceitos para a nova modalidade do Google Pay. Mas, como não poderia deixar de ser, o Google pretende expandir a lista de instituições parceiras para aumentar a variedade de cartões suportados.

CittaMobi, Claro, Evino, iFood, Ingresso.com, Grin, Peixe Urbano, Rappi, Yellow e Zul Digital estão entre os serviços que já suportam pagamentos por débito via Google Pay. Mas o Google destaca que empresas de qualquer porte podem aderir ao novo serviço — não há cobrança de tarifas e a implementação em aplicativos ou sites não é difícil.

Além dessas características, o Google cita duas vantagens para lojistas e afins. Uma é a possibilidade de aceitar cartão de débito sem necessidade de contratos onerosos com bancos ou plataformas de intermediação de pagamentos. A outra são os recursos de segurança do próprio Google Pay, que incluem transações"tokenizadas".

A novidade começou a ser liberada hoje e, dentro de alguns dias, já estará disponível para todos os usuários do serviço.