Estamos vendo uma série de projetos de lei relacionados à tecnologia em tramitação no Congresso. Se aprovadas, as novas regras poderiam afetar as plataformas de streaming, os serviços de transporte por aplicativo e até o 5G — que ainda nem teve tempo de desembarcar por aqui, mas já corre o risco de ser proibido devido ao “perigo da radiação”.

Tecnocast 127

Quem está fazendo essas leis, no mínimo, questionáveis? E a quem elas interessam? Existe algum embasamento técnico nelas? (Não.) No programa de hoje, comentamos a nossa visão sobre alguns dos projetos dos deputados e senadores do Brasil. Dá o play e vem com a gente!

Participantes

Oferecimento: Ministério da Saúde

O Brasil está batendo recorde de doadores: só em 2018, foram 3.529 doadores efetivos, o maior número da história, com um crescimento de 3% em relação a 2017. Mas ainda temos mais de 30 mil brasileiros aguardando por um transplante. E essa situação poderia estar muito melhor, porque 42% dos familiares ainda recusam a doação de órgãos.

Você não precisa deixar nada escrito ou registrado em cartório para ser doador de órgãos. Basta conversar com a sua família sobre o seu desejo de ser doador, porque somente eles podem autorizar o procedimento e fazer com que a vida continue para muitas pessoas.

Para saber mais, acesse: http://www.saude.gov.br/doacaodeorgaos

O Tecnoblog não cobrou para divulgar esta campanha.

Baixe o app do Tecnoblog!

Tecnoblog app

Agora é oficial! Lançamos o aplicativo oficial do Tecnoblog para Android e iPhone! Esta é uma forma mais prática de acompanhar na palma da mão tudo o que fazemos por aqui: as notícias de tecnologia, os reviews detalhados de produtos, os episódios quinzenais do Tecnocast e muito mais.

Assine o Tecnocast

Edição e sonorização

Tecnocast é editado por Paulo Barba.

Arte da capa

Arte da capa feita pelos nossos amigos da Ilustrata! <3

Assistente de Compras do TB

Comprar pelo melhor preço é muito mais fácil com o Assistente de Compras do Tecnoblog. Nossa extensão monitora milhões de produtos em centenas de lojas e te avisa se ele está em seu melhor preço. Ela ainda conta com um módulo Testador de Cupons que coleta e aplica automaticamente cupons de desconto no seu carrinho de compras.

Assistente de Compras do TB
Usando o Assistente de Compras no seu Chrome você também ajuda o TB a produzir o melhor conteúdo de tecnologia do Brasil. Baixe agora!

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Baio-kun

Problema do cinema nacional é a qualidade média. Tem que chafurdar na lama pra encontrar 1 ou 2 pérolas.

D' Carvalho

É sempre bom ver os cases de sucesso no mundo quando analisamos uma situação.
Usar hollywood como exemplo não é correto. Hollywood é exceção. Todos os demais casos de sucesso ao redor do globo existe intenso incentivo e subsídios locais.

Guilherme Polonca

quanta eloquência

D' Carvalho

Em relação ao episódio 127 - Leis estúpidas na tecnologia, quero fazer de advogado do diabo e colocar outro ponto de vista sobre a lei de cotas para produções cinematográficas.

--- SOBRE A ARGUMENTAÇÃO DE AUMENTO DO PREÇO FINAL MOTIVADO PELO IMPOSTO DE 8% (4+4%):
Não teríamos repasse de custos, pois a mesma lei prevê isenção de impostos na faixa de 30% para as empresas.

--SOBRE O GOVERNO TER PREJUÍZO COM A ISENÇÃO DE 30% DE IMPOSTOS PARA AS EMPRESAS DE STREAMING:
Essa isenção seria compensada pelo efeito multiplicador (1) no recolhimento de impostos e empregos gerados pelas produções nacionais. Diferentemente da industria e agricultura, que são altamente automatizadas, arte em geral, rende grande demanda por mão de obra. O governo obtém retorno médio de 59% (2) acima do valor investido.
Ou seja, a cada R$1,00 investido/dado em isenção, o governo recolhe R$1,59

--SOBRE A FALTA DE CONTEÚDO E FALTA DE INTERESSE DO PÚBLICO:
Talvez não entre nós, mergulhados no mundo da tecnologia e toda cultura estrangeira, mas o brasileiro comum adora conteúdos nacionais, mesmo que adaptados: Masterchef, The Voice.
Em relação aos filmes, dou exemplo de "Bacural", ele seria um filme tosco sem as características brasileiras no roteiro: Referência a lampião, coronelismo político e a e simplicidade do povo do sertão nordestino. O mesmo poderia ser dito para Tropa de Elite, Auto da compadecida e outros.
Possuímos inúmeras produções já realizadas e inúmeras a produzir.
A qualidade desse conteúdo produzido seria dada pelo interesse dos produtores e da próprio serviço de streaming tentando manter sua base em conteúdos locais de qualidade.

-- SOBRE SER UMA LEI ABSURDA, COISA DE BRASIL.
A lei de cotas por produções nacionais são utilizadas em inúmeros países(3). Destaque para China (que reduz a míseros 20 filmes estrangeiros a serem exibidos por ano nos cinemas) e a Índia com imposto específico para bilheterias estrangeiras. Não consigo memorizar um único país em que exista uma indústria cinematográfica desenvolvida sem aplicar forte incentivo as produções locais.
Infelizmente, produções nacionais definham perante a soberania de Hollywood, quando não existe incentivos.

IMPORTÂNCIA CULTURAL:
Não menos importante, mas muitas vezes sem apelo nos debates acalorados da internet, também devemos citar o mérito de um povo se ver na tela, conhecer seu território, sua cultura e sua história.

POR FIM, DOIS PONTOS QUE CONCORDO COM AS ARGUMENTAÇÕES:
1 -- dar destaque na página inicial, baboseira. Produção nacional tem demanda e não precisa disso.
2- Caso seja utilizada isenções públicas através de financiamentos privados, famosa lei Rouanet, para produção dessas obras. É obrigação lutarmos por manter um caráter absolutamente técnico na priorização de escolha das obras (ex: empresa com know-how, possui roteiro, equipamentos, autorização de locais de gravação, pontuação por premiações do diretor, etc).
Se será uma obra sobre ex-prostituta, ou pastor que vai salvar o brasil. Isso não deve ser o critério de prioridade.

(1) https://pt.wikipedia.org/wi...
(2) https://g1.globo.com/pop-ar...
(3) https://pt.wikipedia.org/wi...

Vegeta humilde

Ou trabalham e estudam em estados diferentes com 1 hora de diferença

Eliézer José Lonczynski

Eu entendo as posições dele, mas acho que a gente não pode tratar alguns temas com superficialidade, se bem que podcast é conversa, em uma discussão mais aprofundada surgiriam outros pontos a se debater.

Eliézer José Lonczynski

Eu me refiro especificamente a estas areas de conhecimento que citei. E especificamente instituições qualificadas e nível bacharelado.

Lairton Gomes

Não importa o que diz a constituição, se eu não consentir com o que está escrito ela não tem validade sobre mim

Vinícius Barros

Triste esse discurso do Mobilon de desprezo e deboche pelo cinema nacional. Procure conhecer. O cinema nacional é sim relevante, econômica e culturalmente, muito graças à Lei do Audiovisual e fundos setoriais. Investimento em cultura é essencial (e é dever constituconal do estado brasileiro promover a cultura do seu povo).

No tema: "Em 2016, o setor audiovisual superou a contribuição da indústria farmacêutica ao PIB brasileiro, com uma fatia de 0,46% correspondente a uma cifra de 25 bilhões de reais. O setor emprega mais de 330 mil pessoas e movimenta impostos diretos e indiretos. A participação na economia supera também as indústrias têxtil e de eletrônico" https://m.dw.com/pt-br/a-indústria-cinematográfica-brasileira-sob-fogo/a-49699747

Para os desavisados, leis de incentivo estão presentes no mundo todo. Vancouver é polo cinematográfico em razão de massivos incentivos fiscais. Do mesmo jeito o estado da Georgia. França, Alemanha e quase todos os europeus têm cota de produção nacional.

Pra quem não tem dinheiro de pagar cinema toda semana, é importante ter produção nacional passando na TV. E agora no streaming. Não vejo esse absurdo de ter uma seção de destaque em plataformas de streaming - o usuário não é obrigado a assistir, pela própria natureza do on demand.

Na época da Lei da TV por assinatura, foi o mesmo auê apocalíptico de que não poderia mais entrar conteúdo. Na prática, as programadoras se adpatram e fomentou a produção de inúmeros novos programas nacionais. Deixe seu complexo de vira lata de lado e dê uma chance a produções nacionais, não falta conteúdo de qualidade.

Porto Velho

Eles precisam legislar sobre qualquer coisa, não tem como serem especialistas em tudo que vão votar, por isso são necessários os assessores que aí sim são especialistas (ou pelo menos deveriam).

Porto Velho

> Google "maioria dos deputados tem ensino superior"
> clica no primeiro link que te direciona pro site da Câmara com essa informação.

Ricardo - Vaz Lobo

Boa tarde. 80% dos deputados ELEITOS(para 2019-2022) têm ensino superior completo - https://www.camara.leg.br/n...

williamknn

Estado é bosta e imposto é roubo.

williamknn

Tirou de onde esses dados meu filho?

Eliézer José Lonczynski

🤔

Exibir mais comentários