Início » Gadgets » Google Pixel Buds são fones de ouvido sem fios com ajuste automático de volume

Google Pixel Buds são fones de ouvido sem fios com ajuste automático de volume

Tecnologia dos Google Pixel Buds capta a voz pela vibração da mandíbula do usuário, junto do som da boca

André Fogaça Por

O Google anunciou hoje (15), em um evento em Nova York, a segunda geração dos Pixel Buds, que agora são fones de ouvido completamente sem fios. Eles são pequenos, contam com o Google Assistente embarcado e conseguem ajustar o volume automaticamente como resposta ao barulho externo.

google pixel buds

Diferente do modelo lançado no ano passado, estes Pixel Buds utilizam o formato intra-auricular e isso ajuda no isolamento sonoro, já que o acessório não possui nenhuma forma de isolamento ativo. Os fones são tão pequenos quanto os primeiros Buds, só que deixam de lado a corda que junta os dois lados e podem, assim como concorrentes, funcionar de forma independente.

Eles continuam com o recurso de tradução em tempo real, mas o Google diz ter melhorado a conexão Bluetooth usada para conversar com o smartphone. A promessa é de conexão sem interrupções com até três cômodos entre a origem do áudio e os fones, ou então poucos metros além do que um campo de futebol oferece (105 metros), quando a conexão não encontra barreiras.

google pixel buds animado

Google Pixel Buds têm controle adaptativo de volume

Um recurso que chama atenção é o controle de volume adaptativo, que responde ao som ambiente. Ele pode, por exemplo, subir o volume automaticamente quando o barulho do motor do ônibus aumenta, ou baixá-lo sempre que o motor estiver parado e mais silencioso.

Além disso, os microfones utilizados para chamadas (e também para remover o barulho externo durante as ligações) podem detectar as vibrações e movimentos da mandíbula do usuário. O objetivo é de capturar o som que as vibrações emitem, aumentando a clareza da voz.

A bateria dos Pixel Buds é de cinco horas de reprodução de música, com até 24 horas quando somadas com as recargas que são realizadas no estojo – que deixou de ser de tecido e agora é agora de plástico, muito semelhante ao estojo dos AirPods.

Os Pixel Buds serão lançados nos Estados Unidos a partir do ano que vem, custando US$ 179 e estarão disponíveis nas cores preta, laranja, branca e em um verde claro com tons acinzentados. Não há previsão de lançamento no Brasil.

Com informações: Google.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Vitor

O pior que n estou sendo... O mínimo q um fone precisa oferecer é um som
estéreo bom, o que não acontece no Redmi Airdots, já q ele tá sempre perdendo a conexão ou dessincronizando o áudio dos dois lados.

Caleb Enyawbruce

E MUITO maiores, gigantescos

Alberto Junior

Não seja injusto, são categorias diferentes.

Fabricio de Oliveira Silva

Quem matou a P2 foi a LeEco, a Apple só popularizou.

Vitor

Pra q NFC num fone? Desnecessário...

Vitor

É inegável dizer q o mercado deu uma aquecida enorme... antigamente ninguém se falava de fones de ouvido BT de baixo custo, hj já é muito mais comum

Vitor

Pixel Buds funcionando a 105m de distância e os meu Redmi Airdots perdendo a conexão com o fone esquerdo estando a menos de 10cm de distância.

Baidu feat MC Brinquedo
André G

Na verdade já existiam fones desse tipo antes da Apple lançar os Airpods. A própria Samsung já tinha lançado, mas com o Bluetooth 5.0 ficou bem mais estável a conexão e aí foi quando a Apple e muitas outras fabricantes passaram a lançar produtos semelhantes.

RODRIGO

O ruim do pixel buds é a falta de cancelamento ativo e passivo de ruídos ambiente!!!

RODRIGO

E o povão berra para que mantenham a entrada P2 antiquada e ridícula!!!

RODRIGO

Mas os pixel buds tem mais recursos, como o fone estar conectado em até 110 metros de distância, controle de volume adaptativo automático de acordo com o ambiente, suporte nativo ao Google assistente, detecção de vibrações e movimentos da mandíbula do usuário e tradução nativa simultânea!! E ainda mais, é muito barato se comparado com os concorrentes, importa se é feio, bonito ou com mais autonomia se não tem estes recursos citados???

Alberto Junior

Ainda bem que a Apple matou o conector do fone. Se não fosse por isso, nunca teríamos esse tipo de produto

Alberto Junior
Ainda bem que a Apple matou o conector do fone. Se não fosse por isso, nunca teríamos esse tipo de produto
jhowdbv

Já tive o QCY-T1 e o Q11 com aptx. Posso dizer que eles entregam boa qualidade em relação ao preço. Aptx faz muita diferença em fones Bluetooth. Hoje estou usando o Pamu Slide, nunca usei/testei fone Bluetooth melhor até hoje (incluindo os Airpods). Novamente, é comparar o custo X benefício de cada um...

Exibir mais comentários