Início » Computador » Notebook Samsung Odyssey 2 chega ao Brasil com GPU RTX 2060 e tela de 144 Hz

Notebook Samsung Odyssey 2 chega ao Brasil com GPU RTX 2060 e tela de 144 Hz

Notebook troca o plástico por metal, fica mais fino do que a geração anterior e tem preço sugerido a partir de R$ 5.799

André Fogaça Por

A Samsung anunciou hoje (16) o lançamento da nova geração dos notebooks Odyssey no Brasil, que chega com opção de GPU Nvidia GeForce RTX 2060, melhorias no sistema de arrefecimento das peças internas e nome de Odyssey 2. Junte isso com um processador Intel Core de nona geração e preço que bate nos R$ 9 mil.

samsung odyssey 2 hero

Odyssey 2 encontra reflexos

A atualização da linha de notebooks gamer da Samsung já aconteceu internacionalmente no começo deste ano, trazendo a nova linha de placas gráficas RTX da Nvidia, que geram reflexos em jogos em tempo real. A versão escolhida pela marca coreana é a RTX 2060, modelo de entrada e que já promete 47% mais poder de fogo quando comparada com a GTX 1060 da geração passada.

A tela é PLS de 16,5 polegadas, que pode ter G-Sync e resolução Full HD, com possibilidade de exibir conteúdo em até 144 Hz, que é controlada pelo processador Intel Core i5 ou i7 de nona geração, até 16 GB de RAM e 1 TB de HD tradicional, junto de um SSD M.2 no padrão NVMe e que pode ser de até 512 GB – há outro slot M.2 e que está vazio.

samsung odyssey 2 dedos

Além da nova GPU, a adição de um SSD já de fábrica nos modelos com CPU Intel Core i7 é novidade e um ponto extremamente importante para o desempenho – qualquer notebook, por mais potente que seja, é fraco e gasta mais energia se não utilizar SSD.

Outra alteração está na carcaça do produto que abandona o plástico da geração passada e adota liga de metal. Este tipo de acabamento estava presente apenas no Odyssey Z, versão muito mais cara do notebook e que tem até mesmo o teclado posicionado na parte inferior do notebook.

samsung odyssey 2 traseira

Por fim, o sistema de resfriamento do Odyssey 2 utiliza cinco dutos de calor que levam as altas temperaturas geradas pelos componentes internos para as ventoinhas. Este esforço extra é crucial em um computador portátil, que não tem o mesmo espaço para controle térmico que um desktop tradicional tem.

Quando e quanto?

Cor preta

Ao todo são três modelos de Odyssey 2 que a Samsung já colocou nas lojas do Brasil a partir de hoje. Os preços seguem assim:

  • Intel Core i5, 8 GB de RAM e GPU GTX 1650: R$ 5.799
  • Intel Core i7, 16 GB de RAM, SSD de 256 GB e GPU GTX 1650: R$ 7.499
  • Intel Core i7, 16 GB de RAM, SSD de 512 GB e GPU RTX 2060: R$ 8.999

Um detalhe importante é que apenas o modelo com GPU RTX 2060 acompanha tela de 144 Hz e o modelo de entrada, com processador Intel Core i5, não vem com SSD instalado de fábrica.

Samsung Odyssey 2 — ficha técnica

  • Tela: PLS LCD de 15,6 polegadas, antirreflexo, resolução full HD (1920×1080 pixels), frequência de até 144 Hz, G-Sync;
  • GPU: Nvidia GeForce GTX 1650 com 4 GB ou RTX 2060 com 6 GB;
  • Processador: Intel Core i5-9300H ou Intel Core i7-9750H;
  • RAM: 8GB ou 16 GB de DDR4 (expansível até 32 GB);
  • Armazenamento: HD de 1 TB (5.400 rpm) mais SSD de 256 GB ou 512 GB (NVMe M.2);
  • Bateria: 54 Wh;
  • Conectividade: Bluetooth, Wi-Fi 802.11ac, Ethernet (1), USB-C (1), USB 3.1 convencional (3), HDMI 2.0 (1), conector para fones e microfone;
  • Outros: teclado com retroiluminação LED, alto-falantes com tecnologia Dolby Atmos, webcam de 720p;
  • Dimensões e peso: 358 (L) x 271 (P) x 19,99 (A) mm; 2,4 kg
  • Sistema operacional: Windows 10 Home

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Rogério Torres
Onde comprar? Só geração antiga nas lojas...
Rogério Torres

Onde comprar? Só geração antiga nas lojas...

zoiuduu .

mano 256 gb de ssd só? tipo ,,,isso custa 20 euros aqui onde eu moro rsss

Vegeta humilde

Eu carregava um vaio de "só" 2kg mais o carregador quando fazia o técnico
Andava 10min do ponto do busão até o curso ida e volta, acabava o dia com as costas totalmente arqueadas

Cameron Poe
Ao menos já extinguiram os usb 2.0, já tava na hora (meu odyssey 2017 fico bolado até hoje que por conta disso - mas apenas isso a reclamar, com ssd nvm nele ainda tá voando)
Cameron Poe

Ao menos já extinguiram os usb 2.0, já tava na hora (meu odyssey 2017 fico bolado até hoje que por conta disso - mas apenas isso a reclamar, com ssd nvm nele ainda tá voando)

Cameron Poe

fora que alguns jogos em 4k (ou até 2k) como pubg ficam muito estranhos a proporção, então nem vale a pena (e preferem rodar muito mais [email protected]+ do que [email protected])

Jhonatan Paiva

Pra um notebook de alta performance, ele é leve até demais.

Jhonatan Paiva

E pra quem ainda quer jogar em 4k nesse notebook, basta liga-lo a um monitor, ou TV 4k, através de sua saída HDMI.

ばか

É por essas que a DELL vai continuar dominando o mercado de notebooks gamer por aqui.

Doug

Obrigado pela aula, Diego. Por não jogar, estou por fora desses trâmites. Trabalho com gráfico e sinto bastante falta de telas com uma ótima qualidade. A maioria é full hd. Estou aguardando a nova safra de ThinkPads da Lenovo (presente lá fora). Valeu ✌️

Arthur V.*

Teclado US-ANSI mesmo ou vai ter uma versão ABNT2-ISO também? (Os primeiros Odyssey saíram com teclado americano, mas a geração seguinte tinha ABNT2)

Ronaldo Gogoni

Alguns da Alienware possuem telas Quad HD, mas vai ver o preço.

Zé das Covi

trabalhava com um samsung de 2.3kg e era tenso, estou agora com um macbook air e é desagradável de leve

John Smith

Preço à parte, nada impediria colocarem uma tela 4K para uso com sistema e mídia e quando fosse pra jogar, rodar em FHD.

Mas, contrariamente à reclamação do Doug, acho que o 4K ainda não se popularizou o suficiente pra justificar uma adoção em massa dessa resolução em notebooks.

Exibir mais comentários