Início » Internet » Google dá espaço ilimitado para fotos em qualidade original tiradas no iPhone

Google dá espaço ilimitado para fotos em qualidade original tiradas no iPhone

Google Fotos não comprime fotos salvas em HEIC; formato é usado na câmera do iPhone 7 ou superior e Samsung Galaxy S10

Felipe Ventura Por

O Google Fotos oferece armazenamento ilimitado e gratuito para fotos e vídeos, comprimindo os arquivos para economizar espaço. No entanto, fotos tiradas com o iPhone 7 ou superior e salvas no formato HEIC não passam pelo processo de compressão, e ficam salvas na qualidade original. É um benefício ausente na maioria dos dispositivos Android, até mesmo no recém-lançado Pixel 4.

Google Fotos para iPhone

O usuário stephenvsawyer do Reddit percebeu que o Google Fotos não comprime as fotos do iPhone que são tiradas no formato HEIC. Trata-se de um padrão adotado desde o iOS 11 que promete tamanhos de arquivo menores em relação ao tradicional JPEG, e com qualidade semelhante de imagem.

O Tecnoblog realizou um teste e, realmente, fotos capturadas com um iPhone 8 Plus são salvas no Google Fotos em formato HEIC sem compressão. Fizemos a comparação com vários arquivos diferentes e o tamanho deles no iOS e na nuvem é sempre o mesmo.

É possível ver o tamanho do arquivo no Google Fotos puxando-o para cima no app para celular, ou clicando no botão “i” na interface web. Para ver os atributos das fotos no iPhone, usamos o Metadata View (o iOS não tem um visualizador nativo de EXIF).

Google Fotos

Arquivos JPEG e vídeos são comprimidos no Google Fotos

Notamos, no entanto, que o Google Fotos só mantém a qualidade de arquivos HEIC. As imagens não serão salvas na qualidade original se forem:

  • recebidas pelo WhatsApp, Telegram e outros apps;
  • salvas da web;
  • capturas de tela.

É porque, nesses casos, o arquivo terá extensão JPG ou PNG. Por exemplo, se um amigo tira uma foto no iPhone e envia para você pelo WhatsApp, ela será antes convertida para o formato JPEG; então, ao ser salvo no Google Fotos, o arquivo no seu celular passará pela compressão.

Além disso, vídeos também serão comprimidos pelo Google Fotos. O Google diz que, se a resolução for Full-HD ou inferior, ele “terá uma aparência próxima à do original”. Vídeos com mais de 1080p serão redimensionados para Full-HD.

É possível salvar toda foto e vídeo sem compressão selecionando a opção “Qualidade original” no Google Fotos, mas isso contará na sua cota de armazenamento. São 15 GB gratuitos, divididos entre Fotos, Drive e Gmail; se você ultrapassar esse limite, poderá comprar espaço através do Google One, que vende 100 GB por R$ 6,99/mês.

iPhone, iPad e Samsung Galaxy S10 salvam fotos em HEIC

O HEIC (High Efficiency Image Coding), também conhecido como HEIF (High Efficiency Image File Format), é usado por padrão nos seguintes dispositivos da Apple:

  • iPhone 7 ou iPhone 7 Plus ou posterior
  • iPad (6ª geração)
  • iPad Air (3ª geração)
  • iPad mini (5ª geração)
  • iPad Pro (10,5 polegadas)
  • iPad Pro (11 polegadas)
  • iPad Pro de 12,9 polegadas (2ª geração) ou posterior

Alguns dispositivos Android, como o Samsung Galaxy S10, S10+ e S10e, também podem salvar fotos da câmera em formato HEIC. Isso precisa ser ativado manualmente:

  • abra a câmera e toque em Configurações (ícone de engrenagem);
  • role um pouco a lista e toque em Opções de armazenamento;
  • ative a opção Fotos HEIF.

O Google Pixel original, Pixel 2 e Pixel 3 têm armazenamento de fotos em tamanho original do Google Fotos; inclusive, a primeira geração recebe esse benefício por tempo ilimitado. No entanto, o Pixel 4 não oferece isso, apenas três meses gratuitos do Google One.

Fotos em HEIC nem sempre são menores que JPEG

JPEG vs HEIC

No Reddit, o usuário stephenvsawyer diz que “se o Google tentasse comprimir as fotos HEIC dos iPhones, elas se tornariam maiores”. Isso não é necessariamente verdade: usamos o conversor online HEICtoJPEG para obter imagens JPEG a partir de fotos HEIC do iPhone, e ele conseguiu reduzir o tamanho do arquivo sem alterar as dimensões.

No exemplo acima, os dois arquivos têm resolução 3024 x 4032 e resolução horizontal e vertical de 72 dpi. A diferença está na intensidade de bits (32 no HEIC, 24 no JPEG), mas a qualidade de imagem é basicamente a mesma.

Ou seja, existe espaço para o Google Fotos converter arquivos HEIC em JPEG a fim de reduzir seu tamanho. Por que isso não acontece? O usuário stephenvsawyer tem um bom palpite: isso economiza poder de computação, “porque o Google não precisa compactar e processar todos os bilhões de fotos de backup dos iPhones”.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Rafael Moreira

Li não, é tanta propaganda no meio da matéria que desanima até ler kkk. Vou instalar algum bloqueador aqui para cortar esses anúncios do site.

Luizx

Leitores de título...

zoiuduu .

nossa, finalmente uma coisa que eu fico com inveja dos usuarios da maça,,

Gabriel

Eu sempre odiei essa palhaçada no aplicativo do Android. Dei um feedback de 1 estrela na Play Store reinvindicando isso em setembro de 2017, e até agora nada!

Rod

Não é vantagem.

Rod

Como?

Rod

Nem leu a matéria né.

ochateador

No facebook era assim e o aplicativo para android era bem ruim.
Somente quando a empresa obrigou os desenvolvedores a usarem os piores celular com android 1x por semana é que o aplicativo começou a melhorar.

Rafael Moreira

Essa Google vou te contar.. libera recursos primeiro no iOS, e depois no Android. Agora libera fotos ilimitadas original no iPhone, e passa a cobrar isso no Pixel 4. Daqui a pouco vou vender meu Pixel 2 XL e partir para um iPhone se continuar nisso.

S Y N T H W A V E + L O V E R

O modo escuro já tinha meses antes do Android.

RODRIGO

Que dia foi isso?? Não tô lembrado, não!! Nunca nem vi!!

RODRIGO

Com o pixel(linha de smartphones proprietária) está nem um pouco dando maior importância!!

Felipe Insfran

Qual o benefício que vc vê? Aqui as fotos ficam todas giradas em 90º =/

Cameron Poe

aprenderam com a ms e windows phone, 🤦🏻‍♂️

Natalier Júnior

Dessa eu não sabia, foda em!

Exibir mais comentários