Início » Aplicativos e Software » Google Fotos vai corrigir "bug" que dá espaço ilimitado para usuários de iPhone

Google Fotos vai corrigir “bug” que dá espaço ilimitado para usuários de iPhone

Google Fotos guarda em qualidade original as fotos em formato HEIC, usado no Apple iPhone e no Samsung Galaxy S10

Felipe Ventura Por

Na semana passada, descobriu-se que o Google Fotos guarda em qualidade original as fotos em formato HEIC, utilizado por padrão no iPhone 7 e superior. Isso significa que donos de celulares da Apple têm uma vantagem que a maioria dos Android não pode desfrutar, nem mesmo o Pixel 4. O Google disse, no entanto, que vai corrigir esse “bug”.

iPhone XR

“Estamos cientes desse bug e estamos trabalhando para corrigi-lo”, disse um porta-voz do Google ao Android Police. A empresa não esclareceu exatamente o que será feito no Google Fotos; imagino que os arquivos HEIC do iPhone serão convertidos para JPEG e então comprimidos.

O HEIC (High Efficiency Image Coding), também conhecido como HEIF (High Efficiency Image File Format), promete a mesma qualidade do formato JPEG com tamanhos menores de arquivo.

No entanto, como explicamos por aqui, fotos em HEIC nem sempre são menores que JPEG: o Google poderia economizar espaço nos servidores ao converter as imagens e reduzir sua intensidade de bits.

JPEG vs HEIC

Google Fotos não comprime fotos salvas em formato HEIC

O Google Fotos oferece armazenamento ilimitado e gratuito para fotos e vídeos em “alta qualidade”. Isso significa que o serviço comprime todos os arquivos, além de reduzir as dimensões de itens que ultrapassarem a resolução máxima — 16 megapixels para fotos e Full-HD para vídeos.

Enquanto isso, a opção “qualidade original” guarda os arquivos sem qualquer compressão. Nesse modo, fotos e vídeos consomem a cota de armazenamento na conta do Google, dividida entre Fotos, Drive e Gmail. Para ir além dos 15 GB gratuitos, é necessário pagar uma assinatura do Google One.

No entanto, fotos tiradas com o iPhone no formato HEIC não passam por compressão nos servidores do Google: elas são armazenadas sem modificações mesmo no modo “alta qualidade”. Ou seja, usuários de iPhone têm, na prática, espaço ilimitado e gratuito no Google Fotos em qualidade original.

O benefício vale para qualquer celular que tire fotos em formato HEIC, mas isso é raro entre dispositivos Android. O Samsung Galaxy S10, S10+ e S10e conseguem fazer isso após um ajuste nas configurações da câmera. O Pixel 4, do próprio Google, requer que você pague uma assinatura do Google One caso queira usar a opção “qualidade original” do Google Fotos.

Com informações: Android Police.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

marcos_5000

Ou podia ser também:
Apple: "Não é bug, é feature"
Outros: "Não é feature, é bug"

Valter

Interessante esse aí!, valeu!

Zé Colmedia

Alegria de rico também dura pouco. kkkkkkkkkkkk

PPKX XD ✓ᵛᵉʳᶦᶠᶦᵉᵈ

Nativo se tiver um iPhone... porque nativo de foto mesmo é RAW

Rick

Já tentou o JPEGMini?

Valter

Valeu!

PPKX XD ✓ᵛᵉʳᶦᶠᶦᵉᵈ

A cada conversão você vai perder qualidade, não vale a pena, escolha um formato final e fique com ele, o RAW é sempre sem perdas, partindo dele você pode exportar pra outros formatos, mas se ficar passando de um formato pra outro só vai piorar, e olha o exemplo da matéria falando que o HEIC às vezes ocupa até mais espaço, usa JPG no Google Fotos free, 12 megapixels é mais que suficiente.

Credulos

Esta assim ainda e com frequência.

P. Herrera

Em qualquer tipo de conversão há perdas. Sinceramente? Acho que ñ vale a pena fazer isso que vc quer. O ideal é guardar o nativo(HEIC).

Valter

Então, seria para reduzir um pouco o tamanho do backup das minhas fotos, mas será que converter para HEIC e depois querer converter novamente para JPEG vai perder mais qualidade ainda?, será que então não vale a pena converter para HEIC?

P. Herrera

Na MS Store diz que faz ambos.

Valter

Esse daí parece que converte só de HEIC para JPEG, pelo menos é o que está descrito na página.

Will

o mobilon comentou e o tecnoblog retuitou (sei lá como escreve, kkk)

P. Herrera
Helmut

Agora a gente ignora aquele papo de "business, business, business"?

Exibir mais comentários