Tecnoblog
Início » Negócios » Spotify alcança 113 milhões de assinantes e volta a dar lucro

Spotify alcança 113 milhões de assinantes e volta a dar lucro

A empresa ganhou 5 milhões de assinantes e teve lucro de € 76 milhões entre julho e setembro

O Spotify apresentou nesta segunda-feira (28) seu balanço para o terceiro trimestre de 2019 com novo crescimento. O serviço ganhou 5 milhões de assinantes entre julho e setembro e chegou à marca de 113 milhões no Spotify Premium.

A empresa afirma que o desempenho é explicado, principalmente, por uma boa performance dos planos para estudantes e famílias. A aceleração pelo segundo trimestre no ritmo de crescimento na América Latina também contribuiu para o resultado.

Entre julho e setembro, a receita do Spotify cresceu 28% em relação ao mesmo período de 2018 e ficou em € 1,73 bilhão (cerca de R$ 7,66 bilhões). As assinaturas trouxeram € 1,56 bilhão (R$ 6,91 bilhões) e os anúncios em versões gratuitas, € 170 milhões (R$ 752 milhões).

Depois de registrar um prejuízo de € 76 milhões no segundo trimestre, a empresa registrou um lucro de € 54 milhões (R$ 239 milhões). O resultado também foi melhor do que o prejuízo de € 3 milhões, do terceiro trimestre de 2018

Em comunicado, o Spotify destacou o fato de manter a posição em relação aos seus concorrentes. “Em relação à Apple, os dados disponíveis ao público mostram que estamos adicionando aproximadamente o dobro de assinantes por mês do que eles”.

“Em outras partes, nossas estimativas sugerem que continuamos a adicionar mais usuários em uma base absoluta que a Amazon”, afirma. O Spotify indicou ainda que o serviço de streaming da Amazon é formado, em boa parte, de usuários da versão com anúncios, e não de assinantes.

Podcasts têm “crescimento exponencial”

O Spotify, que reúne 500 mil podcasts, informa que a audiência dessas produções teve um “crescimento exponencial”. Ela subiu 39% na comparação com o segundo trimestre. De julho a setembro, 14% dos usuários, ou 35 milhões de pessoas, ouviram ao menos a um podcast na plataforma.

Este é um dado que pode apontar para crescimentos no número de assinantes. Isso porque, de acordo com o Spotify, as pessoas que passam a usar o serviço por conta dos podcasts têm mais propensão a adotarem uma conta paga.

Caso o plano gratuito seja levado em consideração, o Spotify passou de 232 milhões para 248 milhões de usuários ativos mensais. Para o quarto trimestre de 2019, a empresa espera alcançar entre 255 milhões e 270 milhões de usuários.

Esta projeção prevê um crescimento para algo entre 120 milhões e 125 milhões de assinantes. Caso a estimativa se concretize, a receita do Spotify entre outubro e dezembro deve ficar entre € 1,74 bilhão e € 1,94 bilhão. A empresa, porém, prevê um prejuízo entre € 31 milhões e € 131 milhões para o período.

Com informações: Spotify, VentureBeat, Engadget.

Comentários da Comunidade

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação