Início » Computador » Dell XPS 13 com Intel Core de 10ª geração chega ao Brasil por R$ 10.999

Dell XPS 13 com Intel Core de 10ª geração chega ao Brasil por R$ 10.999

Inspiron 13 7000 também ganhou processador Intel Comet Lake atualizado e SSD de até 512 GB

Paulo Higa Por

A Dell lançou nesta quarta-feira (30) uma nova versão do XPS 13, notebook ultraportátil da marca, com processadores Intel Core de 10ª geração (Comet Lake). O computador será vendido com até 16 GB de RAM, 512 GB de armazenamento em flash e tela 4K com preços a partir de R$ 10.999. O Inspiron 13 7000, menos caro, também recebeu uma atualização no hardware.

Dell XPS 13

Dell XPS 13 tem Core i7-10710U e tela Full HD ou 4K

O XPS 13 continua sendo o notebook mais fino da Dell, com 1 centímetro de espessura, 1,2 kg e design de alumínio e fibra de vidro. Ele possui design com bordas finas, webcam no lugar certo e foco em portabilidade: a empresa promete mais de 19 horas de bateria ao usar softwares de produtividade, ou mais de 17 horas com streaming de conteúdo da Netflix no modelo Full HD (no 4K, as estimativas caem para 11 e 10 horas, respectivamente).

Dell XPS 13

Os modelos vendidos no Brasil têm processador Intel Core i7-10710U hexa-core de 1,1 GHz (até 4,7 GHz) e SSD de 512 GB com interface PCIe. Nas laterais, temos uma USB-C, duas Thunderbolt 3, leitor de cartões de memória e entrada para fone de ouvido. A tela IPS de 13,3 polegadas possui resolução Full HD ou 4K, sendo que esta última tem proteção Gorilla Glass 4 contra arranhões e painel sensível ao toque.

Os preços são os seguintes:

Dell XPS 13

  • XPS 13 com 8 GB de RAM e tela Full HD: R$ 10.999
  • XPS 13 com 8 GB de RAM e tela 4K: R$ 12.398
  • XPS 13 com 16 GB de RAM e tela 4K: R$ 13.798
  • XPS 13 dourado com 8 GB de RAM e tela 4K: R$ 11.999
  • XPS 13 dourado com 8 GB de RAM e tela 4K: R$ 13.000
  • XPS 13 dourado com 16 GB de RAM e tela 4K: R$ 14.398

Inspiron 13 7000 com Comet Lake e SSD de até 512 GB

Dell Inspiron 13 7000

A Dell também anunciou o novo Inspiron 13 7000, que é menos fino que o XPS 13, mas também é um modelo premium, com corpo em liga de magnésio, bordas finas em torno da tela de 13,3 polegadas, teclado retroiluminado, leitor de impressões digitais e versões com GPU Nvidia GeForce MX250. Ele ainda traz uma porta USB-A e HDMI, além de uma USB-C.

Todas as configurações disponíveis no Brasil têm armazenamento em flash (tchau, HD!) de 256 ou 512 GB, 8 GB de RAM e os processadores Comet Lake. No modelo mais leve possível, o peso é de 955 gramas. Estas são as versões e preços sugeridos para o mercado brasileiro:

  • Inspiron 13 7000 com Core i5, 256 GB de SSD e GPU Intel: R$ 5.199
  • Inspiron 13 7000 com Core i5, 512 GB de SSD e GPU Nvidia: R$ 5.599
  • Inspiron 13 7000 com Core i7, 512 GB de SSD e GPU Nvidia: R$ 5.999

Para a Dell, o consumidor médio passou a entender as vantagens do SSD em relação ao HD, especialmente o desempenho maior, apesar da capacidade de armazenamento menor. Por isso, a empresa focará em memória flash nos modelos mainstream e high-end. O gerente de produto Fernando Faria diz que a transição do HD para o SSD nos notebooks não deve demorar mais que três anos no Brasil.

O Inspiron 13 7000 será vendido pela Dell a partir de terça-feira (5).

Mais sobre: , ,

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Keaton
Core i3 de segunda geração já suportava 32GB. Estamos na décima (e eles continuam suportando apenas 32GB... wtf).https://ark.intel.com/conte...Enquanto isso o Ryzen 3 1200 já suporta 64GB... (não achei sobre a série FX)
Rafael Moreira
É uma opção, já que esses novos processadores suporta os 32gb.
Lucas Pinheiro
XPS 13 2019, me aguarde que vou comprar vc (parcelado, claro kkkkkkjjkkk)
Keaton
32GB. minimo.
Credulos
De fato sai mais barato, mas não é mais comodo, principalmente para queles com menor conhecimento sobre, ou pra aqueles que ainda acham que isso impacta na garantia (em alguns casos ate impacta). Fora que note vindo de fabrica com SSD ajuda ainda mais a deixar o componente por ótimos preços no varejo.
Jhonatan Paiva
Ai meu pâncreas
Jhonatan Paiva
Ai meu pâncreas
Cameron Poe
mas tenso que o que está mudando isso é o m.2, se fosse de sata 2.5 pra sata 2.5 tava ótimo, mas como estão nessa de deixar eles cada vez mais finos... ai já vem com um m.2 de fábrica e economiza bastante espaço
Rafael Moreira
Deve ser mais negócio comprar com HD mecânico, e instalar um SSD da linha Evo da Samsung a parte. No final saíra mais barato que comprar essas maquinas com SSD proprietário.
Rafael Moreira
Realmente era pra ser de 16gb de RAM.
Rafael Moreira
Pelo preço que estão cobrando pelo Inspiron 7000, acha um MBP mid 2014 com 16gb de RAM, i7 Quad Core, e 256gb de SSD em perfeito estado.

Ai vai da decisão de cada um, se prefere uma maquina nova com Windows, ou uma maquina usada com macOS. Vale lembrar que o Mac retina 2014 é livre desses problemas que atinge modelos de 2016 em diante, como é o caso do teclado.
Rafael Moreira
Pelo preço que estão cobrando pelo Inspiron 7000, acha um MBP mid 2014 com 16gb de RAM, i7 Quad Core, e 256gb de SSD em perfeito estado.Ai vai da decisão de cada um, se prefere uma maquina nova com Windows, ou uma maquina usada com macOS. Vale lembrar que o Mac retina 2014 é livre desses problemas que atinge modelos de 2016 em diante, como é o caso do teclado.
Keaton
10k por um notebook com 8GB de RAM? É piada?
Credulos
Aleluia finalmente os notebooks estão começando a adotar SSD como padrão.... Mas esses preços estão nada salgados em?
Renato Kazuo Matsubayashi
É uma piada mesmo, mas pelo menos já estão produzindo os processadores da nova microarquitetura Sunny Cove, mesmo que sejam para notebooks de baixo consumo, já é alguma coisa.
Renato Kazuo Matsubayashi
Brincadeira hein essa fragmentação de processadores na mesma geração que a Intel vem promovendo, não me interessa os Comet Lake, quero ver mesmo é os Sunny Cove com 10nm e as instruções AVX-512 que já estão atrasadas a anos.
Burnerman_X
Só eu já estou achando ridículo o Core já estar na "10a geração" enquanto está até hoje na mesma arquitetura da 6a geração? Já é a QUINTA geração da arquitetura *Lake
Ouriço
Judia mais que tá pouco
Sandro
Esses preços tão judiando!!!
Gertrudes, a Lhama
Eu vi isso... Mas sai basicamente o mesmo valor pegar o modelo 2018 no ML do que pegar o modelo 2019 + impostos importando.Como tenho a oportunidade de pagar direto em USD, sem IOF, vale mais a pena pelo visto.
Lucas Duarte
Única alternativa que tive foi comprar de alguém que trouxe de fora. No ano passado peguei um XPS 9570
Gertrudes, a Lhama
Tragam o XPS 15, desgraças!To quase desistindo e importando, pagando os impostos mesmo.