Início » Negócios » Wish libera pagamento parcelado em 6 vezes sem juros no Brasil

Wish libera pagamento parcelado em 6 vezes sem juros no Brasil

Wish parcela compras acima de R$ 50 no cartão de crédito em até 6 vezes sem juros; marketplace aceita débito, PayPal e boleto

Felipe Ventura Por

A Wish, plataforma de comércio eletrônico, está expandindo suas opções de pagamento: agora é possível parcelar compras acima de R$ 50 no cartão de crédito em até 6 vezes sem juros. O marketplace é focado em produtos baratos vindos da China, incluindo roupas, acessórios, fones de ouvido e celulares.

Wish

Em comunicado, a Wish afirma que o parcelamento no cartão já está disponível nesta segunda-feira (4) em todo o Brasil dentro do aplicativo para iPhone, iPad e Android. Ainda no início de novembro, isso deve ser expandido para a versão web.

O app avisa, no entanto, que a opção de parcelamento talvez não apareça imediatamente para alguns usuários, pois ela está sendo habilitada para os brasileiros "no decorrer do tempo".

Você verá a opção de parcelar o produto se o valor total do carrinho estiver acima de R$ 50; neste caso, será possível pagar sem juros em até 6 vezes. É possível fazer o parcelamento em apenas um cartão de crédito. Não há como pagar parte do valor do boleto, e parte no cartão.

Caso o usuário solicite reembolso, as prestações já pagas serão devolvidas na próxima fatura; e as parcelas seguintes serão canceladas. Se houver algum problema, a Wish recomenda entrar em contato com a Ebanx, startup que processa seus pagamentos.

Wish

A Wish já aceitava pagamento à vista com cartão de crédito, cartão de débito, PayPal e boleto. "Como uma das plataformas de e-commerce mais populares do país, acreditamos que a opção de pagamento em parcelas contribuirá para aumentar ainda mais nossos negócios no Brasil", diz Nicola Azevedo, General Manager da Wish para as Américas, em comunicado.

A plataforma da Wish tem mais de 80 milhões de usuários ativos ao redor do mundo e mais de um milhão de vendedores. Ela foi fundada nos EUA em 2010 e iniciou suas operações no Brasil em agosto de 2017. Segundo a empresa, sua rede global de fornecedores diretos "proporciona acesso a produtos acessíveis e de alta qualidade para qualquer pessoa que tenha um smartphone".

Mais sobre: ,