Um relatório produzido pela empresa de investimento Goldman Sachs afirma que a produção global de tablets deverá atingir a marca de 16,4 milhões de unidades em 2011 e chegar a 35 milhões em 2012, o que provavelmente vai afetar cerca de 40% da demanda mundial por netbooks notebooks, afirma o jornal chinês Commercial Times. Até lá, espera-se que o líder de vendas continue sendo o hypado iPad, que deverá enfrentar a concorrência de modelos produzidos por empresas como Sony, HP, Dell e Acer, entre outros. | DigiTimes

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Alexandre
Tem muita agua pra passar debaixo da ponte, mas a tendencia aponta pra essa direcao. Como os tablets sao muito novos, nao se sabe ainda se a performance do icone desse produto, ipad, é furor de momento ou se veio pra ficar e estabelecer padroes.
Hernani
Também concordo, os tablets tem plenas possibilidades de se equiparar aos netbooks, e assim deixando eles menos atraentes ao público
@maydouglas
Que venhão os tablet's :D
gabrielroma
eu já falo isso a tempos os dias dos net/notebooks estão contados
Sr. Sem Papo
Claro netbooks são ruim de mais! :P Com um tablet (leia se Ipad)vc mas 1001 coisa a mais que um netbook qualquer
kylefurtado
Eu não trocaria um notebook por um iPad. Serio mesmo, acho o notebook mais útil.
Frank
É netbook ou notebook? "...hypado Ipad...", hum...