Início » Aplicativos e Software » Uber enviará código por ultrassom para verificar viagens

Uber enviará código por ultrassom para verificar viagens

A empresa quer enviar automaticamente do passageiro ao motorista o código que permite o início da viagem

Victor Hugo Silva Por
07/11/2019 às 12h39

Os novos recursos de segurança da Uber para passageiros e motoristas têm sido noticiados há algumas semanas. Agora, eles foram confirmados pela empresa, que divulgou outras novidades, como o envio de senhas por ultrassom para permitir o início de viagens.

Uber permitirá envio de senha antes de iniciar viagem

Em evento realizado na quarta-feira (6) em São Paulo, a Uber anunciou que 0s usuários poderão optar por receber uma senha com quatro dígitos antes de cada viagem. O código deverá ser dito ao motorista para que o trajeto comece.

A ideia do recurso, que já está em testes no Brasil, é evitar que a corrida seja iniciada sem o passageiro. Pensando em facilitar esse processo, a empresa também trabalha com tecnologias que usam ultrassom para enviar a senha automaticamente ao motorista.

Uber permitirá envio de senha antes de iniciar viagem

A Uber anunciou ainda um recurso para passageiros e motoristas iniciarem gravações antes ou durante a viagem. O arquivo de áudio será criptografado, permanecerá armazenado no dispositivo e poderá ser compartilhado com a companhia se uma das partes desejar.

A opção estará disponível na Central de Segurança do aplicativo e já está sendo testada ao menos desde outubro. Segundo a Uber, a gravação poderá ser usada em investigações ou compartilhada com autoridades, caso necessário.

Uber permitirá gravar áudio

Outro recurso de segurança oferece uma integração do aplicativo com autoridades. O botão Ligar para a Polícia será integrado em breve com polícias de algumas cidades no México. De acordo com a empresa, essa solução poderá ser levada para polícias de outros países no futuro.

A companhia também confirmou a checagem de rota, que detecta eventos inesperados durante a viagem e aciona motoristas e passageiros para perguntar se precisam de algum suporte. Além disso, o aplicativo ganhou a opção de reportar problemas como direção imprudente ainda durante o trajeto.

Verificação de identidade de motoristas e passageiros

A Uber anunciou mudanças nos métodos de verificação de identidade de seus usuários. Para motoristas, a plataforma já exige o envio de selfies de tempos em tempos para impedir o uso de contas de terceiros na plataforma.

Agora, para confirmar a identidade, eles deverão fazer movimentos como piscar, sorrir e virar o rosto. A empresa acredita que a medida oferecerá uma camada a mais de segurança ao serviço e ajudará a evitar fraudes.

No caso de usuários, a verificação de identidade acontecerá em alguns casos. Por meio do projeto-piloto Doc Scan, a plataforma exigirá um documento de identificação para passageiros que não adicionarem meios de pagamento digitais, como cartão de crédito, no cadastro ou antes de realizar uma viagem.

O documento terá seus dados e autenticidade verificados antes que a viagem seja permitida. O recurso já está sendo testado no Chile e deve chegar ao Brasil no primeiro trimestre de 2020.

Mais sobre: