Início » Internet » Instagram testa Cenas, clone do TikTok, no Brasil

Instagram testa Cenas, clone do TikTok, no Brasil

Disponível para Android e iOS, o novo recurso permite criar pequenos clipes com mais ferramentas de edição

Victor Hugo Silva Por

O Instagram foi bem-sucedido ao lançar em 2016 o Stories, basicamente uma cópia do Snapchat. Agora, de olho no chinês TikTok, a rede social começou a testar o Cenas, recurso para usuários criarem vídeos curtos com várias ferramentas de edição.

Por enquanto disponível apenas no Brasil, o Cenas aparece no Stories ao lado de itens como Boomerang e Ao Vivo. Assim como no TikTok, o recurso serve para criar clipes mais elaborados de dança, dublagens musicais, humor, entre outros.

Ele permite criar vídeos de até 15 segundos aproveitando músicas disponíveis no Instagram ou áudios de memes da plataforma. É possível ajustar a velocidade do vídeo e juntar trechos diferentes para se chegar a uma cena completa.

Ao final da edição, a cena pode ser publicada para todos os seguidores nos Stories, para quem está na lista de melhores amigos ou para amigos específicos pelo Direct. Caso o vídeo seja público, ele poderá aparecer na aba Explorar em uma seção com cenas que viralizaram.

E, se o autor desejar, a cena pode durar para sempre, e não apenas por 24 horas. Para isso, basta salvar a cena como um destaque em seu perfil.

O Facebook, dono do Instagram, trabalha há algum tempo em um concorrente para o TikTok. A empresa começou a testar no México um aplicativo independente chamado Lasso, mas a dificuldade de criar uma base de usuários significativa parece ter levado à decisão de criar um recurso no Instagram.

Disponível para Android e iOS, o Cenas não parece ser testado no Brasil à toa. O país é um dos maiores mercados do Instagram e ainda não adotou o TikTok de forma ampla. Se o novo recurso tiver uma boa resposta por aqui, ele terá um sinal verde para ser levado a outros países e ainda poderá impedir o crescimento do concorrente entre os brasileiros.

Instagram Cenas

Com informações: TechCrunch, Variety, The Verge.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

andrezosa

China em 1,4 bilhoes de conectados mensalmente a internet, quase 3x mais que população TOTAL do Brasil e USA somados. Tá bom pra vcs?

johndoe1981

Não pode dizer qual? A remuneração é boa?

Marcos Soares Santos

Não kkkkk

Marcos Soares Santos

Nop, concorrente

leoleonardo85

Antes pra registrar um momento tu tinha que ficar horas na frente de uma câmera enorme, e aquele registro seria o único por toda a sua vida.

Hoje as pessoas tem a possibilidade de registrar tudo a qualquer momento, e como tudo na vida, tem o lado bom e o lado ruim disso.

Lembre-se, em exagero, até água faz mal.

Julian Leno

A China fabrica os usuários se preciso

Baio-kun

Usuários são comprados facilmente.

Lucas Henrique

não adianta ter dinheiro infinito se não tiver usuários

Baio-kun

Snapchat não tinha dinheiro infinito da China.

DeadPull
Qualquer semelhança com a história do snapchat não é mera coincidência.
DeadPull

Qualquer semelhança com a história do snapchat não é mera coincidência.

leoleonardo85

O erro pra mim nesse caso é que o Tiktok parece ser facil compartilhar fora da plataforma, já esse ai vai ficar preso dentro do Instagram

johndoe1981

Você trabalha pro Instagram?

johndoe1981

Pro Facebook nada se cria, tudo se copia.

Ricardo - Vaz Lobo

Marquim não perde a mania feia de copiar (dar uma rasteira) no app alheio. Agora resolveu ir pra cima dos chinês.

Abre o olho, Zuckerberg! Dar um cascudo no Snap é uma coisa. Já nos interesses chineses é outra.

Exibir mais comentários