Início » Gadgets » O que é local dimming?

O que é local dimming?

Entenda a tecnologia por trás do local dimming, recurso presente em TVs de LED para fazer frente ao "preto perfeito" das OLEDs

Ronaldo Gogoni Por
14/11/2019 às 13h42

O local dimming é um recurso que vem aparecendo com frequência em TVs LCD LED mais recentes. A tecnologia, que ajusta a luminosidade das cenas de forma mais inteligente, foi introduzida para bater de frente com o "preto perfeito" das telas OLEDs.

Sony Local Dimming

O que é local dimming?

O local dimming é um recurso incluído em alguns modelos de TVs LED, em especial nas que usam tecnologia de pontos quânticos (QLED da Samsung ou Triluminos da Sony), como uma resposta ao principal recurso nativo das telas OLED, o "preto perfeito".

Como uma tela LCD não consegue alcançar o mesmo nível de preto, as fabricantes implementaram um sistema que usa os LEDs traseiros, que podem ser ligados ou desligados para ajustar a iluminação de forma inteligente. Assim, quando os LEDs são desligados em uma cena com tons escuros, o preto fica mais próximo do preto real.

Como funciona

O local dimming se divide em dois tipos de arranjo:

  • Edge-lit local dimming: Os LEDs estão dispostos nas bordas do painel. É o mais comum em TVs com local dimming, podendo os LEDs estarem apenas nas bordas superior e inferior, apenas nas laterais ou nos quatro lados da tela;
  • Full-array local dimming (FALD): Os LEDs compõem uma grade (array) por todo o painel. É o ideal, porém é incluso só em modelos de ponta, como a Sony X955G.
Exemplos de arranjo de LED / local dimming

Exemplos de disposição de LEDs em TVs

Os painéis FALD são uma evolução do Direct-lit, que oferecem uma iluminação mais intensa e hoje são usados em TVs mais baratas. A diferença principal no entanto, é que os painéis Full-array e Edge-lit podem iluminar e escurecer "zonas" da tela conforme a cena.

A diferença entre uma Direct-lit e FALD na qualidade das cenas: uma TV com o primeiro arranjo consegue ajustar o brilho em zonas muito maiores, emitindo a luz de forma difusa enquanto uma com Full-array ajusta a iluminação apagando ou acendendo os LEDs por trás dos elementos das cenas.

cnet / FALD vc. Edge-lit / local dimming

Cena em uma tela com Full-array local dimming (similar a telas OLED ou Plasma) vs. Edge-lit nas bordas superior e inferior (créditos: cnet)

O FALD também possui níveis de qualidade, com mais ou menos zonas de LEDs, maiores ou menores. Uma TV com mais zonas tende a oferecer um efeito de local dimming bem mais preciso, que se reflete no preço final que será maior, também.

Mais sobre: ,
Participe das conversas do Tecnoblog

Leia o post inteiro antes de comentar
e seja legal com seus amiguinhos.

Carregar Comentários Conheça nossa política de comentários.