Início » Negócios » Xiaomi vai abrir segunda loja física em São Paulo com descontos de até 50%

Xiaomi vai abrir segunda loja física em São Paulo com descontos de até 50%

Nova Mi Store será inaugurada em 23/11 no Shopping Center Norte; DL vende 250 mil unidades da pulseira Xiaomi Mi Band por mês

Felipe Ventura Por

A segunda loja física da Xiaomi no Brasil será lançada em 23 de novembro no Shopping Center Norte, em São Paulo: a Mi Store vai realizar sorteios e distribuir mais de 5 mil brindes para quem comparecer à inauguração. Todos os produtos terão desconto de 10% apenas nesse dia, e alguns produtos serão vendidos pela metade do preço.

Xiaomi - inauguração de loja em São Paulo

Atualmente, a única Mi Store no Brasil fica no Shopping Ibirapuera, também na capital paulista. Luciano Barbosa, diretor de produtos da DL Eletrônicos, diz à Veja que lojas físicas da Xiaomi devem ser lançadas em outros estados ao longo de 2020.

A DL é a representante oficial da Xiaomi no Brasil. Ela tem um escritório no bairro paulistano da Vila Mariana desde o ano passado, e usa uma fábrica de Santa Rita do Sapucaí (MG) para fazer adequações nos produtos exigidas pelo Inmetro. São 500 funcionários no total.

Xiaomi Mi Band vende 250 mil unidades por mês

Os preços da DL correspondem aos valores praticados pela Xiaomi na Europa convertidos a uma taxa média de R$ 10/euro. Por exemplo, o Mi 9T custa 329 euros lá e R$ 3.499 aqui; a Mi Band 4 sai por € 34,99 ou R$ 335.

Talvez esses valores não estejam afastando os clientes no Brasil. A DL vende quase 250 mil unidades da pulseira Mi Band por mês, contabilizando todos os canais em que ela atua — lojas físicas, loja online e marketplace da B2W. Os fones de ouvido sem fio ultrapassam 200 mil unidades a cada mês, enquanto o kit de sensores inteligentes atinge 10 mil vendas mensalmente.

Curiosamente, a DL não menciona as vendas de smartphones, dizendo que a contagem seria distorcida pois existe um “forte contrabando” de aparelhos da Xiaomi no país.

O catálogo oficial da Xiaomi no Brasil inclui 15 celulares e mais de 250 produtos em outras categorias, incluindo patinete elétrico, robô aspirador de pó, câmera de segurança, escova de dente elétrica, entre outros.

Com informações: Veja, Estadão.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Raj Tri

Muita gente chegou de madrugada de 23-11-2019 para receber brindes fabulosos. Uma sacola MI com catálogos de produtos.......KKKK

LuisPauloLohmann

O que eu acho bizarro é o papo furado de divulgar que estão praticando "preços que correspondem aos da Europa", só que numa taxa de conversão que é mais que o dobro da oficial.

Fabio Montarroios

Kkkk

Hemerson Silva

Para de vagabundagem e discurse como "gente"

Hemerson Silva

Gado é vagabundo como você que deve achar que empresa se sustenta com vento

Reginaldo Farias

Gado.

Keaton

Veja qual a qualidade do audio desses fones. (se bem que eu ainda prefiro os grandões, tipo o Bluedio T5 [o T5 S é um porre feature bugado do inferno

MP

Só você, para o proposito que a mesma oferece está otimo

Jose Sepulveda

Sim, só voce e o Lula.

DiEGO CASTILHO

Só eu acho essa mi band horrivel de feia?

Caleb Enyawbruce

E os varios problemas q foram levantados depois da inauguracao da primeira loja??
Exemplos:

https://tecnoblog.net/29603...

https://tecnoblog.net/29629...

Massa, não tinha visto. Posso comprar as peças pro meu robozinho 🙂
Thanks

Felipe Ventura

O aspirador só tem na loja física, ele fica em um espaço fechado indo pra lá e pra cá. Na loja online eles vendem os acessórios: https://xiaomi.distribuidor...

Marcos Vinícius

Essa galera não entende que não são o público alvo da DL/Xiaomi, esse pessoal já sabe como importar etc.. O público é a dona de casa, o empresário que não fica no youtube o dia todo vendo review tech.

Marcos Vinícius

Percebi o quando os Airdots ficaram populares depois que minha mãe chegou em casa com um. oO'

Exibir mais comentários