Início » Negócios » Apple perde US$ 6 milhões ao trocar 10 mil iPhones e iPads falsos

Apple perde US$ 6 milhões ao trocar 10 mil iPhones e iPads falsos

A empresa foi novamente alvo da troca de aparelhos falsos por verdadeiros

Victor Hugo Silva Por

A troca de iPhones e iPads falsos por verdadeiros causou um prejuízo de US$ 6,1 milhões para a Apple. A empresa foi alvo de mais um esquema em que falsos clientes acionavam a garantia ao dizer que seus celulares e tablets não estavam funcionando.

iPhone / przemyslaw-marczynski / unsplash

O crime teria envolvido 14 pessoas, que na quarta-feira (13) passaram a ser formalmente acusadas pelo Departamento de Justiça dos Estados Unidos. Segundo as investigações, o grupo conseguiu trocar 10 mil aparelhos falsos por verdadeiros em lojas da Apple nos EUA e no Canadá.

Os iPhones e iPads falsos eram intencionalmente danificados para forçar a empresa a trocá-los. Além disso, o grupo usava números de série e IMEI de modelos verdadeiros comprados por outras pessoas. Os dispositivos oferecidos pela fabricante eram revendidos em países como a China.

Dos 14 suspeitos, 11 suspeitos foram presos e 3 estão foragidos. Na quarta-feira (13), os investigadores cumpriram 11 mandados de busca e apreenderam cerca de US$ 250 mil em dinheiro e 90 iPhones, que estão sendo analisados para determinar sua autenticidade.

O grupo está sendo acusado de crimes como fraude, formação de quadrilha e lavagem de dinheiro. Cada um deles tem pena máxima de 20 anos e multa de até US$ 12,2 milhões, o dobro do prejuízo estimado pela Apple.

Troca de iPhones já levou a prejuízo de US$ 900 mil

Esta não é a primeira vez que alguém lucra com a troca iPhones falsos por verdadeiros. Entre janeiro de 2016 e fevereiro de 2018, um estudante chinês que morava em Oregon, nos Estados Unidos, conseguiu trocar 1.493 aparelhos.

A Apple estimou um prejuízo de US$ 900 mil com o golpe. O estudante se declarou culpado em abril de 2019 e foi condenado três anos e um mês em uma penitenciária federal (a pena máxima era de 10 anos), além de multa de US$ 200 mil à Apple.

Com informações: CNET.

Mais sobre:

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Zé Colmedia
Faltou dizer que dos 14 acusados 9 era descendentes de brasileiros. kkkkkkk
Zé Colmedia
Faltou dizer que dos 14 acusados 9 era descendentes de brasileiros. kkkkkkk
Hemerson Silva
para esses esquemas funcionarem, tem que ter alguém de dentro, não faz nenhum sentido os caras não saberem que o aparelho é falso
Hemerson Silva
tá de sacanagem né kkk dólares né
RodrigoCard
Troco de pinga pra eles
Vinícius Mazzola
Dólares
Guilherme Henrique
6.000.000÷10.000 então em média cada aparelho custou 600 reais para apple?
zephyr1an
US$ 6 milhões são absolutamente totalmente nada para a Apple
Daniel R. Pinheiro
Olha, embora eu não goste nenhum pouco dos preços praticados pela Apple por qualquer produto, eu tenho que admitir que se alguém compra esses caríssimos devices, tem que pagar caro pelo conserto na autorizada também. É como comprar uma Ferrari e levá-la na assistência do Seu Pedro da esquina (ok, foi uma exagero na comparação, mas a linha de raciocínio é válida).E à propósito: iUsers/fanboys não enchem a boca pra dizer que os produtos/serviços Apple são de altíssima qualidade? Pois qualidade custa caro mesmo, que paguem.Lembrando: não sou iUser e odeio essa caristia e endeusamento da Maçã.
Jefferson Rodrigues
Chumbo trocado não dói! Ela aumenta absurdamente os valores de peças de reposição e impede que os clientes concertem os aparelhos com terceiros tudo isso para roubar dinheiro das pessoas.
Keaton
Hiphone ainda existe? Quem fabrica essa bomba?
Corvo
Ou essas falsificações estão muuito boas ou quem deveria verificar esta fazendo vista grossa, pois os Hiphone da vida da pra saber que é falso de longe.
Gabriel Miller
Fico me perguntando sobre como pode ser possível trocar tantos aparelhos falsos. A impressão é que a Apple não consegue, ou não perde tempo, determinando se o aparelho é autêntico ou não.