Início » Computador » Desmanche do MacBook Pro de 16 polegadas mostra que teclado novo é o antigo

Desmanche do MacBook Pro de 16 polegadas mostra que teclado novo é o antigo

Apple desiste de mecanismo borboleta que tinha problemas de confiabilidade e voltou ao teclado antigo

Paulo Higa Por

Uma das novidades do MacBook Pro de 16 polegadas é que o teclado novo é… antigo. O iFixit desmontou o laptop poderoso da Apple e confirmou que a empresa voltou a adotar o velho mecanismo tesoura, mais confiável que o teclado borboleta presente nos MacBooks lançados nos últimos anos, que gerou processos judiciais e programas de reparo devido às falhas enfrentadas pelos usuários.

Novo velho teclado do MacBook Pro de 16 polegadas

O teclado borboleta surgiu em 2015 prometendo uma digitação com mais conforto e menos erros, além de permitir teclas mais finas. No entanto, com o acúmulo de detritos, os botões poderiam parar de funcionar ou causar duplo pressionamento. O mecanismo borboleta passou por quatro gerações, sempre com aprimoramentos para torná-lo mais confiável, mas mesmo a geração mais recente, presente nos MacBooks Pro de 13 e 15 polegadas de 2019, foi incluída no programa de reparo da Apple.

Teclado borboleta

A Apple finalmente desistiu da ideia e voltou com o mecanismo tesoura no teclado do novo MacBook Pro de 16 polegadas. Segundo o iFixit, as peças são praticamente idênticas aos do antigo Apple Magic Keyboard, tanto é que você pode misturar os componentes entre os dois teclados e tudo vai funcionar normalmente.

Em comparação com o mecanismo borboleta, as teclas do MacBook Pro de 16 polegadas são 0,2 mm mais espessas e afundam 0,5 mm a mais, sendo mais próximas às encontradas em teclados convencionais. O iFixit nota que o som é mais suave e o design é mais robusto. Mesmo assim, o processo de reparo não ficou mais fácil: consertar um mecanismo tesoura quebrado ainda exige desmontar todo o notebook.

Apple MacBook Pro (16 polegadas)

O MacBook Pro de 16 polegadas custará a partir de R$ 21.299 no Brasil, podendo chegar a R$ 50.999 em sua versão mais potente, com Core i9 octa-core, 64 GB de RAM, 8 TB de SSD e placa de vídeo AMD Radeon Pro 5500M. O notebook possui tela Retina com pixels calibrados individualmente, nova arquitetura térmica para resfriamento mais eficiente, seis alto-falantes e a maior bateria já incluída em um MacBook.

Enquanto isso, o programa de reparo para proprietários de MacBooks com teclado borboleta continua valendo. Quem enfrentar teclas que “se repetem inesperadamente”, “não aparecem” ou “não respondem de modo consistente” em MacBooks, MacBooks Air e MacBooks Pro de 2015 a 2019 pode pedir um reparo à Apple. O conserto é realizado sem custo para máquinas com até quatro anos a partir da primeira venda.

Mais sobre: , ,