Início » Negócios » Uber perde novamente sua licença para operar em Londres

Uber perde novamente sua licença para operar em Londres

A Uber passou por esta situação em setembro de 2017; a empresa seguirá operando na cidade enquanto recorre da decisão

Victor Hugo Silva Por

A Uber tem um novo problema para se preocupar em Londres, um de seus maiores mercados. A empresa perdeu a licença para operar na cidade por conta de falhas de segurança que permitiam a atividade de motoristas não autorizados.

Uber

A licença atual vale até esta segunda-feira (25) e não foi renovada pela Transport for London (TfL), que regula o transporte na região metropolitana de Londres. O órgão diz não confiar que as falhas da Uber não ocorrerão no futuro e concluiu que a empresa “não está adequada ou apropriada neste momento”.

Uma das brechas no sistema da Uber permitia que motoristas sem autorização colocassem suas fotos na conta de outros motoristas. Com isso, eles conseguiam burlar os sistemas da empresa e ganhar dinheiro com corridas.

O TfL afirma que ao menos 14 mil viagens foram realizadas por conta dessa falha. Outro erro permitia que motoristas banidos ou suspensos da plataforma criassem uma conta nova e seguissem usando o serviço normalmente.

“A Uber fez várias mudanças positivas e melhorias em sua cultura, liderança e sistemas”, indicou o órgão. “No entanto, o TfL identificou um padrão de falhas da empresa, incluindo várias violações que colocavam os passageiros e sua segurança em risco”.

Esta não é a primeira vez que a Uber tem dificuldades para operar em Londres. Em setembro de 2017, o TfL retirou sua licença ao identificar uma “falta de responsabilidade corporativa com relação a uma série de questões que têm potenciais implicações de segurança”.

A Uber recorreu daquela decisão e seguiu operando na cidade. Em junho de 2018, conseguiu uma licença de 15 meses para se adequar às exigências dos reguladores. Em setembro deste ano, ganhou mais dois meses porque, segundo o TfL, eram necessários mais detalhes sobre algumas questões.

“A segurança é nossa prioridade absoluta”, disse a diretora de licenciamento, regulamentação e cobrança da TfL, Helen Chapman. “Embora reconheçamos que a Uber fez melhorias, é inaceitável que a Uber tenha permitido que os passageiros entrem em carros com motoristas potencialmente sem licença e sem seguro”.

Uber seguirá operando em Londres enquanto recorre da decisão

Assim como em 2017, a Uber decidiu recorrer da decisão e seguirá atuando em Londres enquanto seu pedido é analisado. Em seu blog, a empresa mostrou insatisfação com a medida e destacou melhorias que tem feito na área de segurança.

“A TfL nos considerou uma operadora adequada e apropriada há apenas dois meses e continuamos a ir além”, afirmou a Uber. “Achamos que esta decisão está errada e vamos recorrer”.

“Entendemos que somos mantidos em um nível alto, como deveríamos ser”, publicou o CEO da Uber, Dara Khosrowshahi, em seu perfil no Twitter. “Nos últimos dois anos, mudamos fundamentalmente a forma como operamos em Londres. Chegamos muito longe – e vamos continuar, para os milhões de motoristas e passageiros que confiam em nós”.

Com 45 mil motoristas e 3,5 milhões de passageiros, Londres é um dos principais mercados da Uber em todo o mundo. A cidade está entre os cinco locais em que a empresa mais registra corridas, junto com Los Angeles, Nova York, São Francisco e São Paulo.

Com informações: Transport for London, Engadget, VentureBeat.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Thiago

Tão bom que um monte de empresa saiu e estão saindo do Reino Unido por causa disso

zephyr1an
ainda bem que o Reino Unido está saindo da UE, aí vai acabar essa perseguição contra os pobres empresários
zephyr1an

ainda bem que o Reino Unido está saindo da UE, aí vai acabar essa perseguição contra os pobres empresários

Esse negocio de criar uma nova conta com o rosto e informação de um terceiro deve rolar a beça aqui no Brasil pra quem ja foi banido.

zoiuduu .

li o titulo pensando,,, que droga, la vem mais coisa pra icma da uber ,, e daí vejo que é uma coisa sensata o que tao pedindo
obs: nem uso uber

Gabriel P B

https://www.bbc.com/news/uk...

faz nem 3 meses que isso aconteceu, muita moral para sair exigindo isso uashush