Início » Telecomunicações » Black Friday da Vivo tem 10 GB de bônus na recarga de R$ 30 no pré-pago

Black Friday da Vivo tem 10 GB de bônus na recarga de R$ 30 no pré-pago

Bônus de 10 GB no pré-pago é concedido para recargas efetuadas nos canais digitais da Vivo, mas tem validade de apenas 7 dias

Lucas Braga Por

A Vivo está com uma promoção no período da Black Friday para os clientes de planos pré-pagos: quem efetuar uma recarga a partir de R$ 30 terá bônus de 10 GB para navegar na internet. A promoção é válida até o dia 1º de dezembro de 2019, e o bônus é válido por 7 dias.

O bônus é concedido exclusivamente para as recargas dos canais digitais da própria Vivo, que são:

  • site da operadora
  • aplicativo Vivo Recarga
  • aplicativo Meu Vivo
  • página da Vivo no Facebook
  • ligando do celular para *7000, na opção 2
  • via USSD, discando *321#

A recarga de R$ 30 tem validade de 30 dias; quem optar pela recarga de R$ 35 poderá usar os créditos por 90 dias.

O grande balde de água fria é que o bônus de 10 GB só é válido por 7 dias, tempo muito curto para consumir o pacote. Usualmente a operadora já dá um bônus de até 1 GB na recarga digital. Caso o cliente tenha algum plano semanal ou mensal ativo, o bônus tem prioridade na ordem de consumo.

Outro detalhe é que a promoção só está disponível para o pré-pago: quem adicionar uma recarga em plano controle ficará sem o bônus de internet.

Nesse ano, a participação da Vivo na Black Friday conta com promoções sazonais ao longo do mês de novembro: na semana passada, quem aderisse a um plano pós-pago individual levava 20 GB de bônus para navegar todos os meses. Enquanto isso, o Vivo Easy tem promoção até o dia 30 de novembro com cashback de 50% do valor gasto em internet para ser utilizado com diárias de apps ou ligações.

Claro tem recarga em dobro com Google Pay

Não é uma promoção de Black Friday, mas usuários do pré-pago da Claro podem ganhar o dobro de créditos caso o pagamento seja efetuado com o Google Pay até o final do ano. Recentemente, esta carteira de pagamentos do Android passou a suportar cartões de débito.

Mais sobre: ,