Início » Celular » Xiaomi Mi Note 10 e Motorola Razr dobrável são homologados pela Anatel

Xiaomi Mi Note 10 e Motorola Razr dobrável são homologados pela Anatel

Motorola Razr tem design do celular V3; câmera quíntupla do Xiaomi Mi Note 10 Pro superou iPhone 11 Pro Max em testes

Felipe Ventura Por

Dois dos celulares mais interessantes anunciados este ano chegarão em breve ao Brasil: o Motorola Razr com tela dobrável foi homologado pela Anatel, assim como o Xiaomi Mi Note 10 Pro, cuja câmera quíntupla superou o iPhone 11 Pro Max nos testes do DxOMark. O Mi Note 10 também foi certificado pela agência reguladora para venda no país.

Xiaomi Mi CC9 Pro

Xiaomi Mi Note 10 e Note 10 Pro

A homologação desses três celulares foi descoberta por Cesar Cardoso do Pinguins Móveis, com números de modelo XT2000-2 (Razr), M1910F4G (Mi Note 10) e M1910F4S (Mi Note 10 Pro). A documentação dos três smartphones já aparece no sistema da Anatel.

O Xiaomi Mi Note 10 e Mi Note 10 Pro são as versões internacionais do Mi CC9 Pro e Mi CC9 Pro Premium Edition. As diferenças entre o modelo padrão e Pro são pequenas, envolvendo apenas RAM, armazenamento e um elemento extra de lente na câmera de 108 megapixels.

No mais, eles são idênticos. Ou seja, você encontrará uma tela OLED de 6,47 polegadas com resolução Full-HD+ e leitor de digitais embutido; processador Snapdragon 730G; e bateria de 5.260 mAh com recarga rápida de 30 W (e carregador incluso na caixa).

O destaque fica para a câmera quíntupla na traseira. O sensor principal tem 108 megapixels e é feito pela Samsung. Temos também as câmeras ultrawide (ângulo de visão de 117 graus), telefoto (zoom híbrido de 10x), retrato e macro.

E, no espírito "Xiaomi bota Apple pra mamar", o Mi CC9 Pro Premium Edition — vendido fora da China como Mi Note 10 Pro — superou o iPhone 11 Pro Max nos testes do DxOMark, liderando o ranking com a mesma nota do Huawei Mate 30 Pro.

Anatel homologou novo Motorola Razr

Motorola Razr (2019) - Celular dobrável

Se você ficou mais interessado no futurismo retrô do Motorola Razr, boa notícia: ele já foi homologado pela Anatel. A fabricante já havia confirmado que ele seria lançado no Brasil em janeiro de 2020, e a certificação na agência reguladora só reforça isso.

O Razr adota um design semelhante ao clássico V3 da década passada, desta vez com uma tela dobrável de 6,2 polegadas. Quando ele está fechado, você pode usar a tela secundária de 2,7 polegadas na parte externa.

Vale lembrar que a Anatel também homologou o Galaxy Fold duas vezes: a versão original e "extremamente frágil", segundo o iFixit; e a versão com melhorias para proteger a tela dobrável. Samsung e Motorola não revelam o preço desses smartphones no Brasil.

Publicado originalmente em 29/11, quando os três celulares ainda passavam pela homologação, e atualizado em 06/12 para informar que eles foram liberados pela Anatel