Início » Brasil » Black Friday: Reclame Aqui acumula 44% mais queixas que no ano passado

Black Friday: Reclame Aqui acumula 44% mais queixas que no ano passado

Reclame Aqui recebeu 4,8 mil queixas na Black Friday 2019 de propaganda enganosa (Black Fraude) e problemas em finalizar compra

Felipe Ventura Por

A Black Friday está em andamento no Brasil e em outros países: por aqui, é possível aproveitar diversas promoções, mas não sem algumas dores de cabeça. O Reclame Aqui já recebeu 4,8 mil queixas sobre lojas físicas e online, especialmente da Americanas.com, Kabum e Casas Bahia. As reclamações são, principalmente, por propaganda enganosa — a infame “Black Fraude” — e problemas na finalização da compra.

Compra online carteira shopping

O monitoramento do Reclame Aqui foi realizado entre as 11h de 27 de novembro até meio-dia desta sexta-feira (29). Foram 3.538 reclamações sobre a Black Friday, aumento de 44% em relação ao mesmo período de 2018 (3.332 queixas).

Até o momento, estas são as 10 empresas que mais receberam queixas:

  • Americanas.com (online): 148 reclamações
  • Kabum: 148 reclamações
  • Casas Bahia (online): 117 reclamações
  • Magazine Luiza (online): 115 reclamações
  • Méliuz: 109 reclamações
  • Saraiva (física e online): 109 reclamações
  • Carrefour (online): 94 reclamações
  • Adidas: 94 reclamações
  • Netshoes: 90 reclamações
  • Zee Dog: 86 reclamações

“Black Fraude” é principal queixa no Reclame Aqui

O principal motivo das reclamações é propaganda enganosa, correspondendo a 28,69% do total. É o clássico “tudo pela metade do dobro”, em que o preço não recebe um desconto de verdade — trata-se apenas de uma maquiagem para a época da Black Friday.

Logo depois, vêm os problemas na finalização da compra (11,23%): o site não aguenta a demanda e deixa de processar alguns pedidos. Clientes também reclamam de divergência de valores entre o anúncio e a loja (9,44%); e até sobre atraso na entrega (7,83%) — diversas lojas fizeram promoções pré-Black Friday e prometeram envio rápido, mas o produto ainda não chegou.

Os produtos que mais geraram reclamações são: celulares (10,2%); tênis (6,67%); componentes, peças e acessórios (4,32%); TVs (3,7%); e cartões de crédito (3,64%).

A Fundação Procon-SP está fazendo plantão durante a Black Friday: o órgão atendeu consumidores na madrugada desta sexta-feira e mantém expediente das 7h às 20h. Como sempre, as empresas terão até dez dias para responder às reclamações.

Você teve algum problema ao comprar durante a Black Friday?

Atualizado às 13h15

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Fabio Santos

Única coisa que fui comprar o McDonald’s e o Uber Eats levaram 5 horas pra não entregar e nem conseguia cancelar kkk.
Pior fui até o McDonald’s tinha um monte de entregador coçando o infeliz que pegou meu pedido estava de bicicleta a mais de 7km de distância e não tinha no app como conversar pro cara soltar a entrega e o 0800 do uber não atendia enfim ao menos estornaram mais agora pensar umas 10x antes de pedir novamente.

Daniel

Penso da mesma forma, quando eles percebem que as picaretagens não estão dando certo, dão descontos reais. Eu mesmo não compro nada nessa época do ano, prefiro guardar o dinheiro para Janeiro/fevereiro que é quanto aparecem descontos reais. Até porque todos sabem que o povo recebeu 13, salário, comércio aquecido não tem porque de baixar os preços (na visão deles)

Daniel

É total mentalidade : se os trouxas compram a qualquer preço porque abaixar. Todo ano torço para que seja um fracasso retumbante = consumidores mais conscientes.

johndoe1981

Pelos comentários que li nos sites e fóruns de promoções, essa Sexta-Feira Negra foi um fracasso maior que os dos anos anteriores. Mercado Pago que o diga lol

Baio-kun
Única oferta top que vi esse ano foi o XOneX por 1400, tirando isso tudo mesmo preço de sempre.
Baio-kun

Única oferta top que vi esse ano foi o XOneX por 1400, tirando isso tudo mesmo preço de sempre.

ばか
BF com tudo no preço de sempre, e picaretagens como exigência de cartão da loja para conseguir preços menores. O histórico de preços do zoom me fez não comprar nada nesta BF, lamentável.
ばか

BF com tudo no preço de sempre, e picaretagens como exigência de cartão da loja para conseguir preços menores.
O histórico de preços do zoom me fez não comprar nada nesta BF, lamentável.

Credulos

Eu ja usava esses apps a alguns anos, e como o Promobit sempre achei muita promoção real, mas esse ano cara, quase tudo ontem tava com melhor preço que hoje, um dia apenas de diferença, não maquiaram os preços nem por semanas, nem isso se deram ao trabalho.

Eric Viana

Acho que é por causa dos app de comparação que os caras já não enganam todos facilmente... Talvez seja por isso que a sensação de falta de desconto tem reinado hoje. Nunca houve desconto real, era tudo trambique, e agora ficou difícil de disfarçar a "metade do dobro".

Eric Viana

negociação é isso ai.

Weslley Alberto

Assim espero Reginaldo. Falei com o atendimento e o prazo e de até 6 dias uteis . :( .

Daniel

Especificamente plano de telefonia móvel foi bom pro meu caso. Fiquei tentado em sair da Claro para a Vivo em um Plano de 59,90 por 13 GB e ligação ilimitada nessa "Black Week". Pago 77 por 10GB e ligação ilimitada dentro do meu NET Combo.

Quando liguei na NET para falar que tiraria do meu combo a parte de telefonia móvel, me disseram que eu perderia o meu telefone fixo grátis, o que pra mim não faria diferença. Então perguntaram pq eu queria cancelar, expliquei que era por conta de uma oferta da VIVO, e então eles me deram 30% de desconto no meu plano móvel, o que fez ele ficar mais barato que o da VIVO.

Apesar de ter menos internet (3GB a menos), pra mim compensou já que nunca uso estes 10 GB.

Caleb Enyawbruce

o pessoal ta muito devagar... Tava monitorando alguns produtos e a maioria caiu muito pouco de preço. Alguns nem chegaram ao menor valor do histórico.

Felipe Ferraro

Todo ano é a mesma coisa. Mas reconheço que algo já está mudando a passos de tartaruga, o senso crítico do brasileiro que vai se aventurar em promoções.

Exibir mais comentários