Início » Internet » Facebook marca post como falso a mando do governo de Cingapura

Facebook marca post como falso a mando do governo de Cingapura

Uma nova lei em Cingapura obriga plataformas a incluírem respostas em posts se o governo assim desejar

Victor Hugo Silva Por

Um post que desagradou ao governo de Cingapura fez o Facebook exibir um aviso de que a informação publicada por um usuário poderia ser falsa. A empresa incluiu o alerta no sábado (30) devido a uma nova lei da cidade-estado.

Facebook marca post como falso por ordem do governo de Cingapura

O complemento aponta que “o Facebook é legalmente obrigado a dizer que o governo de Cingapura diz que este post tem informações falsas”. O texto é exibido abaixo da publicação e é visível apenas para usuários em Cingapura.

O post que recebeu o aviso foi publicado em 23 de novembro na página de um blog, que faz acusações de fraude eleitoral e da prisão indevida de um denunciante. O governo cingapurense afirma que determinou a inclusão do aviso devido a alegações falsas do texto.

Antes disso, as autoridades pediram para Alex Ten, dono do blog, incluir o aviso no post. Nascido em Cingapura, Ten alega ser cidadão da Austrália e se recusou a alterar o texto por entender que não está sujeito à lei de sua terra natal.

A regulamentação usada para forçar plataformas como o Facebook a incluir aviso sobre alegadas notícias falsas foi discutida por cerca de dois anos em Cingapura. O texto entrou em vigor em outubro e se aplica inclusive aos posts feitos fora da cidade-estado.

O Facebook tem um histórico de interferir em posts de forma voluntária para atender a governos. O relatório de transparência da empresa indica que 18 mil casos do tipo foram registrados no primeiro semestre de 2019. O novo caso, porém, é o primeiro em que a empresa é obrigada a adotar a medida.

A companhia confirmou o aviso incluído no post. “Como são os primeiros dias da lei entrando em vigor, esperamos que as garantias do governo de Cingapura de que isso não afetará a liberdade de expressão levem a uma abordagem medida e transparente da implementação”.

Com informações: Reuters, TechCrunch.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Paulo Manso

A grafia do nome do nosso país finalmente será unificada. Até agora, todos os dicionários aceitavam as duas grafias. No entanto, o Acordo Ortográfico de 1990 (que entrou em vigor apenas em 2009 e será obrigatório a partir de 1º de janeiro de 2016) determina a adoção da grafia "Singapura", pondo fim a uma dúvida comum entre os brasileiros. Então, a partir de 1º de janeiro de 2016, somente uma forma será correta: "Singapura"!

https://www.mfa.gov.sg/over...

doorspaulo

Dinheiro na mão, calcinha no chão.

johndoe1981

Chocou exatamente 0 pessoas.

Benício Pereira

É basicamente uma chancela de que eles topam fechar negócios com qualquer político autoritário, desde que a grana esteja entrando.

🧙‍♂️ Mago Erudito® ᴾᴿᴱᴹᴵᵁᴹ

Uma empresa que se sujeita a esse tipo de coisa não merece o meu respeito.

Tiago Celestino

Mas fake news eles querem na plataforma.

Paulo Manso

Galera, desde 1º de janeiro de 2016 passou a ser escrito Singapura com S.

Daniel Ribeiro

Pelo menos o Facebook deixou claro que não é "ele" quem está marcando a informação como falsa, mas sim o governo de Singapura. Assim pelo menos ele se exime de acusações de censura e deixa claro quem é o verdadeiro censor.

Ele poderia fazer o mesmo com as postagens que são marcadas como "falsas" (Fake news). E dizer exatamente quem está marcando aquela informação como falsa.

Luter Altedral

Após o último acordo ortográfico, Singapura passou a ser escrito com s.