Início » Aplicativos e Software » Kali Linux imita interface do Windows 10 para despistar curiosos

Kali Linux imita interface do Windows 10 para despistar curiosos

Kali Linux é atualizado com interface Xfce, modo "Undercover" semelhante ao Windows 10, e modo PC em celulares Android

Felipe Ventura Por

O Kali Linux, distribuição voltada para pesquisadores de segurança, foi atualizado recentemente com dois recursos bem bacanas: um deles imita a interface do Windows 10 para não chamar a atenção das pessoas ao redor. O sistema também ganhou compatibilidade com saída HDMI, teclado e mouse Bluetooth ao rodar a partir de um celular Android.

Kali Linux Windows 10

A versão mais recente do Kali Linux (2019.4) trocou o ambiente de desktop: em vez do Gnome, ele traz o Xfce por padrão, que consome menos recursos. A equipe de desenvolvimento aproveitou para criar um novo tema mais moderno e para "fazer algo divertido".

Trata-se do modo "Undercover": ele muda a barra de tarefas para a parte inferior, altera a aparência das janelas, e adota os ícones do Windows 10 para que o sistema fique bastante parecido com o da Microsoft.

Por que fazer isso? O blog oficial explica que isso pode ser útil para quem trabalha em locais públicos e não quer chamar a atenção das pessoas ao redor. "Talvez você não queira que o distinto dragão Kali seja visto por todos, nem que perguntem o que você está fazendo. Então, criamos um pequeno script que mudará seu tema Kali para parecer uma instalação padrão do Windows."

Kali Linux Windows 10

O modo Undercover pode ser ativado através do terminal, com o comando "kali-undercover"; ou buscando pela opção "Kali Undercover Mode" no menu principal.

Vale lembrar que o Windows 10 permite instalar distribuições do Linux para facilitar o trabalho de desenvolvedores: isso é feito através da Microsoft Store para o Ubuntu, OpenSUSE, SLES (SUSE Linux Enterprise Server), Debian e Kali.

Kali Linux roda em celulares com Android

Kali Linux no Android

O Kali Linux 2019.4 também ganhou outra novidade: o NetHunter Kex permite conectar o dispositivo Android a uma saída HDMI, teclado sem fio e mouse Bluetooth para obter uma experiência de desktop.

"Com um celular potente o bastante, isso é como usar um bom desktop ARM portátil com recursos completos e que cabe no seu bolso", diz o blog oficial. Já era possível instalar o Kali em dispositivos Android há muitos anos, mas agora ele se aproxima do "modo PC" que o Ubuntu planejava para smartphones (o projeto foi cancelado).

Para instalar o Kali no Android, é necessário baixar uma ROM seguindo as instruções neste link.

O Kali Linux é um projeto de código aberto que é mantido e financiado pela Offensive Security, empresa que trabalha com "hacking ético" — ou seja, com ciberataques simulados para testar a segurança de um sistema.

Com informações: Bleeping Computer.