Início » Inteligência Artificial » China exige reconhecimento facial de quem compra chip de celular

China exige reconhecimento facial de quem compra chip de celular

Reconhecimento facial na China agora é obrigatório na contratação de todo serviço móvel

Emerson Alecrim Por

A adoção de reconhecimento facial pela China acaba de chegar a um novo nível: desde 1º de dezembro, os consumidores chineses que contratarem um novo plano ou serviço móvel devem permitir que seu rosto seja digitalizado durante o procedimento de cadastro na operadora.

Imagem por teguhjati pras/Pixabay

O governo chinês usa reconhecimento facial há algum tempo. Dezenas de milhões de câmeras distribuídas pelo país formam uma gigantesca rede de monitoramento cujas imagens permitem que as autoridades identifiquem pessoas em questão de minutos.

Agora, esse sistema pode ficar ainda mais preciso. Sob o argumento de que a digitalização de rostos junto a cadastros nas operadoras irá "proteger os direitos e interesses legítimos dos cidadãos na internet", o governo chinês comunicou oficialmente as operadoras sobre o novo procedimento em setembro.

Nas contratações de serviços móveis (como quando um consumidor compra um SIM card), o cidadão já tinha que fornecer um documento válido de identidade. Com o reconhecimento facial, o sistema pode também verificar se o contratante corresponde à identidade fornecida.

Esse é um procedimento que pode reduzir expressivamente o número de fraudes, mas que, em maior medida, traz preocupações com a privacidade. Isso porque, a exemplo de vários outros países, a maioria dos chineses acessa a internet pelo celular, logo, um sistema como esse deve tornar a rede de vigilância da China ainda mais abrangente.

Note que essa é uma rede de duas vias: além de permitir que um rosto seja identificado na multidão a partir das numerosas câmeras espalhadas pelo território chinês, o sistema também pode permitir que ações na internet sejam monitoradas, até porque a China exige, desde 2017, que plataformas online verifiquem a identidade de seus usuários.

Segurança / Privacidade / Câmeras de segurança (Foto: Pexels)

Na mídia, pouca atenção foi dada ao assunto, mas é crescente o número de chineses que utilizam serviços como o Weibo para reclamar do que aparenta ser um estado de vigilância excessiva.

Em 2017, a estimativa era a de que a China possuía 170 milhões de câmeras em todo o país. Para 2020, a previsão é a de que esse número aumente para 400 milhões de câmeras.

O país vem desenvolvendo ainda um sistema de crédito social que, também em 2020, deve entrar em plena operação. Pessoas que tiverem uma classificação baixa nesse sistema poderão ter dificuldades para viajar de avião, por exemplo.

Com informações: BBC, Quartz.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Pitter Rocha
Na boa, quem nao deve nao treme, só nao pode dar acesso a minha mulher para ver o que estou fazendo hahahaha
biscoitao
Claro também
Zé Colmedia
Não vejo problema algum, inclusive já recebi tua encomenda, do jeito que você ama. kkkkk
aa aa
Quando o governo começar a obrigar reconhecimento facial pra você comprar seus brinquedinhos na sex shop não veja problema, seu colmedia.
G_dd
Exige mas a pessoa coloca o CPF que quiser. É por isso que a bandidagem consegue SIM Card a vontade.
Marmota Marota
Pq o monitoramento do governo brasileiro não é minimamente próximo do que o governo chinês faz.E eu sei que vc não precisava dessa explicação e estava só tentabdo amenizar o fato isolando de todo o contexto da China.
Fabio Santos
Até aonde sei ao menos Reino Unido você pode ter sua liberdade tenta sendo um chinês isto o jumento
Fabio Santos
No caso de um documento oficial creio que muitos reclamaram mais é algo que necessitam pra vida, já um plano de celular não é um documento oficial, sendo assim porque se diz tão convincente com tais ações mostra o nome e rostinho real o fake.
Zé Colmedia
Não vejo problema nisso. Quem aqui reclamou quando pediram fotos para o RG ou CNH?Ninguém. Então seria só mais um detalhe.
Gaba
Do que você ta falando? Não sei se tu leu o artigo que tu mesmo linkou mas:O grau de uso da tecnologia no Reino Unido não chega perto do que é feito na China, onde o governo a utiliza de diversas maneiras, incluindo para monitorar muçulmanos na região ocidental do país.As 420 mil câmeras de circuito fechado instaladas em Londres superam em número as de qualquer outra cidade menos Pequim...
Luciano Alonso
Viver na China é surreal. Parece um filme de ficção ou como viver no livro 1984. Isso é escravidão pura. Não há liberdade, privacidade. O povo chinês é escravo do Estado literalmente.
Keaton
Agora leia sobre o que a china vem fazendo com as minorias lá...
zephyr1an
país com mais câmeras de vigilância por habitante no mundo: Reino Unido! oh my god!!!https://www1.folha.uol.com....
Dayman Novaes
Não é correto porque não é opcional, ou seja, é coercitivo. Você poderia afirmar que é opcional no sentido de "você pode optar por não fazer a linha telefônica", e estaria correto. Mas a empresa de telefonia não teria a opção de oferecer um serviço sem essa imposição por força física do governo.E você está correto, a discussão é muito anterior à reconhecimento facial, começa na obrigação (mais um vez, por força física) de se ter um número de documento.Ai você até poderia afirmar que "ter número de documento é opcional" mas estaria errado dessa vez, pois não registrar um filho é "crime", um outro nome para "faça isso ou será punido fisicamente".Outro argumento comum é: "isso é para o bem da sociedade".Mas se fosse bom de verdade não seria obrigatório. E mais um vez, fins não justificam os meios, não é porque é "bom" que é correto.
zephyr1an
2 legs bad4 legs good...mas invertido :)
Mas porque não? Não que eu seja a favor, mas se ja damos numeros e documentos para termos a linha regularizada, porque nao o reconhecimento facial, ja que dará muito mais segurança?Mais uma vez, não sou a favor, mas acho a discussão valida.
Vagner Da Silva
E por isso não deveríamos nem deixar falar em ditadura, com a tecnologia atual uma ditadura pode durar pra sempre.
johndoe1981
Eu não concordo nem quando o governo de um país democrático como os EUA monitora seus cidadãos, sempre usando o pretexto de "garantir a segurança nacional", imagine um regime totalitário como o chinês.Um dia fui ler mais sobre o Grande Firewall e fiquei perplexo com o nível draconiano de censura e vigilância impostos pelo governo chinês, é muito pior do que eu imaginava.
Andre Kittler
O Brasil não exige reconhecimento facial CPF de quem compra chip de celular?Pergunta real, exige né? Se sim, porque isso não é escândalo mesmo?
Dayman Novaes
Salvaria mesmo. Mas fins não justificam os meios. Essa forma de resolver o problema é errada e, apesar de ter esse "benefício" que você falou, trás muito mais malefícios a longo prazo.
Dayman Novaes
E tem gente que acha bom porque "vai facilitar a vida".
johndoe1981
Simplesmente surreal a vigilância do governo chinês e esse sistema de crédito social. 1984 é fichinha perto da China.
Zé Colmedia
Isso salvaria Seu José de ter dois contratos com a Oi. Seu José é pobre, usa havaianas com prego, em casa caindo aos pedaços, alugada, porém a Oi está sempre ligando pra Seu José cobrando a dívida que ele nunca contraiu. Um espertalhão usou seus dados para contratar a Oi TV e um plano pós. Com quase 3 meses de atraso, claro, o espertalhão não iria pagar, ligamos pra central da Oi, explicamos a situação, mas a Oi continua alegando que Seu José quem realizou tais contratos. Pasme, tanto a Oi TV e a linha pós continuavam ativas. kkkk Coitado do Seu José, só faz recarga a cada 2 ou três meses no seu pré.Resumo da ópera, já temos número de protocolo da ligação feita para central da Oi, e muitos outros dados para tentar a sorte agora com a ANATEL.
Ricardo - Vaz Lobo
Se, daqui um tempo, tiver uma câmera pra cada cada 5 chinos, só na quadra de futsal ou basquete, haverão 2 exclusivas pra filmar os 10 malucos que tão jogando. Fora as que filmam os caras que estiverem "na de fora"...E tudo isso é para sua segurança...
Leandro Alves
Eita, vai dar duplicidade.