Tecnoblog
Início » Celular » Apple deve lançar cinco iPhones em 2020 e celular sem USB nem Lightning em 2021

Apple deve lançar cinco iPhones em 2020 e celular sem USB nem Lightning em 2021

Apple deve lançar sucessor do iPhone SE em 2020 e pelo menos um celular sem porta Lightning nem USB em 2021

O analista Ming-Chi Kuo tem um bom histórico em adiantar lançamentos da Apple, e desta vez ele traz detalhes sobre os produtos dos próximos dois anos: a empresa deve lançar cinco versões diferentes do iPhone em 2020, incluindo um sucessor do iPhone SE; e pelo menos um celular sem qualquer porta, nem Lightning nem USB, em 2021.

Em uma nota obtida pela MacRumors, Kuo diz que a Apple lançará cinco celulares no ano que vem. Eles são os sucessores do iPhone SE (apelidado por enquanto de iPhone SE 2) e da linha iPhone 11, com as seguintes características:

Kuo disse anteriormente que o iPhone SE 2 será parecido com o iPhone 8, mantendo as bordas nas partes superior e inferior da tela, além do botão Home com Touch ID. Por dentro, ele teria processador A13 Bionic (o mesmo do iPhone 11) e 3 GB de RAM. O celular deve ser lançado no primeiro semestre de 2020 por US$ 399 nos EUA.

Então, no segundo semestre, a Apple lançaria os outros quatro modelos, todos com tela OLED e modem Qualcomm X55 5G. O sucessor do iPhone 11 viria em duas versões com tamanhos de tela diferentes (5,4 e 6,1 polegadas).

Apple pode ter iPhone "completamente wireless" em 2021

Em 2021, a Apple deve lançar um "iPhone SE 2 Plus" com tela quase sem bordas e com notch pequeno. O Touch ID seria incorporado ao botão liga/desliga, semelhante ao que vemos no Galaxy S10e. O display teria tamanho de 5,5 ou 6,1 polegadas.

No segundo semestre de 2021, a empresa pode fazer algo radical: eliminar a porta Lightning de pelo menos um iPhone, deixando-o sem qualquer entrada para fios. Ele dependeria de carregadores wireless para a bateria, e de fones Bluetooth para áudio. "Esperamos que o modelo mais avançado cancele a porta [Lightning] e forneça uma experiência completamente wireless", escreve Kuo.

É uma ideia que já vimos no Vivo Apex 2019, e algo que a Meizu tentou realizar em uma campanha de crowdfunding. O Meizu Zero era um celular sem porta USB, alto-falantes nem botões. Ele viria acompanhado por um carregador wireless, teria sensores de pressão em vez de botões, e adotaria um sistema de áudio mSound 2.0 embutido na tela. O projeto fracassou.

No ano passado, a Bloomberg disse que a Apple queria ter lançado o iPhone X sem portas e sem botões. Isso não foi possível porque o carregamento wireless era mais lento que por fio; e porque o carregador embutido na caixa deixaria o celular ainda mais caro (ele chegou ao mercado custando US$ 999). No entanto, parece que a empresa ainda não desistiu da ideia.

Com informações: MacRumors, (2).