Início » Telecomunicações » TIM defende aumento de preços na internet móvel e menos concorrência

TIM defende aumento de preços na internet móvel e menos concorrência

TIM tenta se reinventar com foco em consumidor de alto valor e defende que operadoras deixem de competir entre si

Lucas Braga Por

A TIM tem buscado formas de aumentar sua receita, e uma fala do CEO Pietro Labriola durante um evento com jornalistas deixa clara a intenção de cobrar mais por pacotes maiores de internet. Ele também defende a cobrança de serviços zero rating, e diz que as operadoras móveis deveriam deixar de competir entre si.

Pietro Labriola, CEO da TIM Brasil

Pietro Labriola, CEO da TIM Brasil

De acordo com o InfoMoney, o CEO afirmou que o consumo médio de internet móvel do brasileiro era de 150 MB há quatro anos, e hoje passa de 2 GB no pré-pago com o mesmo preço. O executivo disse que o brasileiro depende de internet e que existe uma "oportunidade muito grande" que o setor de telecomunicações não aproveita.

Esse tipo de conduta acaba contrariando o movimento das operadoras globais, que passaram a disponibilizar planos de internet móvel com franquias enormes ou mesmo tráfego ilimitado. Com a chegada do 5G, que permitirá altíssimas velocidades, não faz sentido ter um pacote de dados que pode se esgotar em poucos minutos.

Labriola ainda diz que as operadoras de celular deveriam deixar de competir entre si, e deveriam entender que a concorrência é com pequenos gastos da rotina do cliente, como cerveja e cigarro. No passado, ele já havia defendido o fim de uma guerra de preços entre as operadoras, citando principalmente a Oi e Nextel, que possuem planos mais agressivos.

Ao mesmo tempo que a operadora defende um aumento de preços, a concorrente Claro anunciou seus novos planos pré e pós-pago com maior franquia de internet sem nenhum reajuste.

TIM quer vender pacotes zero rating

É bem comum que as operadoras incluam aplicativos sem descontar da franquia, como WhatsApp e outras redes sociais. Para gerar receita, a TIM cita a estratégia de cobrar um pequeno valor pelo que hoje é oferecido com zero rating.

Ela já faz isso atualmente: clientes do pré-pago ou controle podem contratar um pacote mensal de R$ 20 por mês ou R$ 8 por semana que dá acesso ilimitado a redes sociais como Twitter, Facebook e Instagram.

A Vivo é outra operadora que trabalha com o modelo, tanto com pacote para redes sociais para o pré-pago e controle como no Vivo Easy, que comercializa diárias para uso ilimitado de redes sociais e aplicativos de streaming.

Com informações: InfoMoney, Mobile Time.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

kadu

É, eu devo estar errado, deve ser bem barato investir em infra pra entrar no mercado e deve ser só uma enorme coincidência que esse mercado é concentrado no mundo todo, inclusive em países liberais (EUA, Austrália, Chile, Reino Unido, Canadá e por aí vai, a lista é longa)

Marcio Maciel

ñ, é um mercado em que os próprios players pedem ao Estado para dificultar ao máximo a entrada de novos players, seja aqui ou nos EUA.

e o EUA é sim UM DOS mais abertos ao investimento privado, isso não quer dizer que ele seja 100% adepto do livre mercado, que não existam amigos do rei, que a política e os interesses particulares não ditem rumos e etc

Luigi Lambri

Já expliquei, mas repito de novo, liberalismo economico, quanto menos burocracia, mais empreendedorismo e por consequencia maiores salarios e menores preços.

Vc mesmo falou da burocracia e custo brasil, como que vc quer que melhore não consertando isso mas limitando o lucro?

Luigi Lambri

Não não acho que ele deva fazer nada, eu acho que o governo tem que gastar menos com funcionario e investir onde deve, não ter que tirar 30 bilhões do pagador de imposto pra dar pra estatal que da prejuizo.

Limite 1 milhão de reais dai ninguem vai se esforçar pra fazer nada, vamos voltar pra idade da pedra.

Adrian Dérick

Nos EUA o cenário pode ser pior, pois lá o homem mais rico dos EUA é o homem mais rico do mundo, mas os EUA tá em 13o lugar do IDH. Que solução você sugere para acabar com a desigualdade social para que os trabalhadores possam receber no mínimo uma renda suficiente para sustentar a si e sua família?

Adrian Dérick

O homem mais rico do Brasil é Joseph Safra, ele é dono do banco Safra, e a fortuna dele é estimada em US$ 25,2 bilhões, algo perto de 105 bilhões de reais. É muito dinheiro, né? Infelizmente não tem como saber os salários dos funcionários (óbvio), mas com a fortuna dele, você não acha que ele poderia pagar mais impostos, que cria escolas, hospitais etc? O Estado não pode obrigar ele pagar mais os funcionários devido a fortuna dele? Eu acho um absurdo uma pessoa ter uma fortuna tão grande assim enquanto 13,5 milhões de pessoas sobrevivem com menos da metade do salário mínimo. Para mim o limite que o indivíduo pode possuir é 1 milhão de reais, mas isso já seria socialismo.

Adrian Dérick

Eu sugiro alguma sugestão para resolver o problema dos péssimos salários dos trabalhadores e a alta desigualdade social do país senão intervenção do Estado. Lembrando que diz sobre os direitos universais, que o homem deve receber uma renda que lhe dê para sustentar a si e sua família, e que o salário mínimo atualmente deveria ser algo perto de R$ 4 mil segundo a DIEESE.

giovanni

Parei em: "Nesse caso, o presidente deve diminuir o lucro da empresa para pagar o aumento de impostos, tão benéfico para a sociedade"
Eu nunca ouvi tanta merda na minha vida...

danilodorgam

Eu fiz isso, que posicionamento merda esse dele

Luigi Lambri

Ai cara vc citou varios problemas que faz um produto ser caro e me fala que a solução é limitar o lucro? vc tem problema?

Luigi Lambri

Eu sei que vc quer, mas a questão que a sua solução é mais Estado, o mesmo que gera o problema, a solução é menos Estado, como vc mesmo falou do EUA, menos estado pra ter mais bancos, mais competição e menores preços, quem sai ganhando é o pobre, limitar lucro só vai fazer empreendedores saírem do país, ninguém vai investir aqui.

Como todo jovem socialista quer o melhor pro povo, mas com ideias erradas, como diz o ditado, o inferno tá pavimentado por boas intenções.

Adrian Dérick

O problema é o custo-Brasil. No meio disso tem a corrupção. Burocria surge como dificultar, atrapalhar, e o que eu tenho defendido aqui não visa atrapalhar, mas sim garantir os direitos universais de qualquer pessoa, que é receber uma renda suficiente para sustentar a si e sua família, e para isso ser possível no Brasil, tem que fazer uma manutenção no capitalismo, com intervenção do Estado para que o burguês não tenha uma piscina de dinheiro enquanto o pobre trabalhador ganha um salário mínimo.

Luigi Lambri

O problema é a burocracia estatal, dai pra resolver o problema que a burocracia estatal provou, vc pede mais burocracia estatal.

É um jenio.

Luigi Lambri

Não cara, não é pq respeita, é pq tem mais de 400 bancos, tem concorrencia, não é por respeito, é se vc aumenta as taxas o cara vai pro outro banco, tem mais 399 outros bancos pra ir e aqui, vc sai do BB, vai pra caixa, itau, bradesco ou santander, quanto opção né?

"Estado intervem apenas quando necessario" - Ou seja Minimo, não é igual aqui que tem uma burocracia desgraçada, até pra vc peidar tem que preencher 10 formularios, levar pra 3 agencias estatais diferentes esperar 40 dias, pra depois falarem que faltou um documento.

E Estado minimo com o FHC? Só pq privatizou meia duzia de empresas, faça-me o favor né.

Adrian Dérick

Talvez pq lá o banqueiro respeita os demais e a população ou pq lá o Estado intervém apenas quando necessário. Você diz ter mais de 400 bancos, mas se eles quiserem aumentar seus lucros comprando pequenos bancos e fundindo-se, não é muito difícil. Nem sempre algo que funciona em um país irá funcionar em outro, já citei o plano de Estado mínimo do FHC.

Luigi Lambri

Pq vc acha que no EUA tem centenas de bancos com spread bancario minusculo em relação aos bancos no Brasil? pq banqueiro americano é bonzinho?

Luigi Lambri

De novo cara, pq vc acha que todo mundo ia aumentar o preço sem aparecer competidor com um preço menor? empresario malvadão?

Entregou poucas empresas tinha que privatizar tudo, pra que ter estatais que dão prejuizo?

Então quer que aumente o salario minimo na base da canetada? vc sabe o que isso causa?

Adrian Dérick

Estamos falando de um modelo econômico que visa funcionar no Brasil. Como já disse em comentários anteriores, o brasileiro quer arranjar vantagem em tudo, você acha que os proprietários de empresas, vendo a chance de aumentarem seus lucros sem que o governo faça nada (pois é assim o Estado mínimo), você acha que eles vão ficar parados? Graças a essa ideia de Estado mínimo, o ex-presidente FHC entregou várias empresas públicas importantíssimas para o Brasil, como a Vale do Rio Doce, CSN, etc, e ganhamos nada com isso, ao contrário, perdemos. O Brasil não melhorou com a ideia de Estado mínimo que o FHC implantou.

Pegue sua carteira de trabalho. Nas primeiras páginas, vai ter a Declaração Universal dos Direitos Humanos (ou dos Homens, não lembro). Nos primeiros artigos, diz que o homem deve receber uma quantia suficiente para sustentar a si e sua família, algo que não ocorre no Brasil, já que ninguém sobrevive com um salário mínimo. Eu gostaria de saber o que pode ser feito para que o Brasil possa cumprir esse direito, pois já vimos que o Estado mínimo não deu certo.

Luigi Lambri

Não, apenas liberal, sei que pra muitos a ideia de liberalismo soa estranho, mas depois que vc estuda um pouco e percebe que intervenção estatal gera oligopolios vc vai ver que faz bastante sentido.

Luigi Lambri

Quer favorecer clientes e funcionarios? Abra o mercado e não interfira, NUNCA NA HISTORIA DA HUMANIDADE CONTROLE DE PREÇO DEU CERTO.

Pq aqui tem meia duzia de bancos e no EUA tem mais de 400? Pq la é menos regulado que aqui.

Problema do Brasil são as grandes empresas, então vamos criar dificuldades que as grandes irão conseguir superar mas as pesquenas não

JENIAL, alguem traga um nobel pra esse jovem.

Adrian Dérick

O que me deixa intrigado é uma empresa faturar milhões ou bilhões de reais e distribuir o faturamento de uma maneira tão porca, fazendo com que até mesmo o presidente da empresa (o fundador pode sair do cargo e colocar um de confiança, como a Microsoft fez) ganhe um perrengue comparado com o proprietário. Em um caso destes, o Estado tem que intervir para favorecer os funcionários, respeitando a quantia que a empresa pode investir em algo. Um exemplo bom são os bancos: Eles colocam o juro X para caso a pessoa atrasar o pagamento, um juro razoável, mas a empresa, com o único objetivo de aumentar o lucro da empresa (algo infelizmente distante do aumento de salário dos funcionários) vai dobrar o juro, ficando Y. Nesse caso também o Estado teve intervir para impedir essa mudança, que não vai favorecer ninguém, exceto o proprietário.

Você com certeza irá pensar: A pessoa vai sair desse banco para ir em outro com juro reduzido. Infelizmente não é assim, pois lembra do cartel? Então, quando um quer aumentar o juro, ele já sabe que isso pode acontecer, então ele conversa com outros proprietários de bancos para todos aumentarem o juro, ferrando o povo com o objetivo de aumentar o lucro do proprietário.

Se com a intervenção, as empresas ameaçarem de sair do Brasil (algo que não deve acontecer, pois eles estão lucrando) aí desconsidere o que eu disse acima.

O inimigo do povo brasileiro são as grandes empresas, que lucram muito e oferecem um perrengue de salário, algo que eu espero não acontecer nas pequenas empresas.

Willian Valle.

você é troll né? xDDD

Claudio Luciano Capistrano de

... abraço.

Luigi Lambri

Defender do cartel por causa do oligopolio que ele criou, agora sim não faz sentido.

Claudio Luciano Capistrano de

Eu disse que o Estado deve atuar para evitar abusos, como o cartel.

Luigi Lambri

Meu zeus, duplipensar na cara dura.

Luigi Lambri

Vou dar um exemplo, "temos que ter uma ditadura militar pra evitar que as pessoas tenham pensamento comunista, mas uma ditadura militar não impede que pessoas tenham pensamento comunista"

Luigi Lambri

Serio que vc ta querendo controle de preços? SERIO MESMO? EM PLENO 2019.

Meu zeus vc fala barrar o livre mercado controlando o preço depois fala que não evita, como consegue ter um duplipensar tão grande assim?

Luigi Lambri

Realmente faz sentido, vc cria uma agencia reguladora que impede concorrencia de entrar, mas é essa agencia que impede a formação de cartel, ta certo.

Claudio Luciano Capistrano de

Não fosse a atuação do Estado o cartel já estava estabelecido.

aa aa

Estado forte também deve evitar que um presidente de uma empresa aumente o preço do produto por conta de um aumento de impostos, por exemplo. Nesse caso, o presidente deve diminuir o lucro da empresa para pagar o aumento de impostos, tão benéfico para a sociedade.
https://thumbs.dreamstime.c...

Kevin D.

Infelizmente o que se vê é o contrário: a intenção de impor limites até mesmo na banda larga. Triste...

Danilo Azevedo

Cancelei meu plano da TIM mês passado justamente por causa do preço. De R$ 60,00 passei a pagar R$ 25,00 na Oi. Quando começarem a perder clientes eles voltam a abaixar o preço.

Valter Garcia

Isso mesmo!!! ficam na dancinha, enquanto o sinal ainda é ruim!!! dentro da minha casa, não tem sinal de rede, e moro em São Caetano!!!! Vamos mudar de operadora?

Luizão

depois de ler essa matéria, se eu fosse cliente TIM iria cancelar meu serviço, esse CEO é um boçal formador de cartel, caras como esse ai são inimigos do livre mercado, choram pro governo para ganhar uma porrada de benefício (pra eles) e prestam um serviço caro e de ***** pros seus consumidores.

Marcvs Antonivs

No Brasil nunca funcionou o tal Liberalismo. Aliás, o Capitalismo aqui nunca funcionou corretamente. Aqui Capitalismo está mais pra CANIBALISMO. Pensa, por exemplo, num grupo como Globo operando nos EUA ou na Europa (daqui a pouco dirão que EUA e Europa é comunista). O Brasil, coitado, tá precisando de uma Revolução, e nem é Revolução Bolchevique não, é Revolução Burguesa mesmo, como a Revolução Francesa ou a Guerra Civil Americana, pra ensinar esses trogloditas do capitalismo brasileiro a praticar o Capitalismo como é praticado na sede.

Luigi Lambri

O ranking mostra justamente isso, mercado fechado gera oligopolios que por causa disso cobram quanto querem, mas vc não sabe economia basica pra entender isso, vou dar um exemplo mais facil pra vc entender.

Temos um mercado fechado no setor de carros, varias montadoras mas que só competem entre elas aqui, é caro e burocratico vc importar um carro, vc não pode importar um carro melhor por um preço menor por causa do protecionismo, logo vc tem que comprar carro caro e ruim por ser nacional.

Luigi Lambri

Programado? Serio mesmo? Eu programado? Amigo vc não sabe o que é Estado Minimo, não sabe o que é liberalismo e eu que fui doutrinado.

Vc sabe quanto se deve a previdencia e qual o rombo da previdencia? Mesmo se cobrasse as empresas e elas pagassem, iria só pagar 2 anos do rombo e depois?

Bancos nunca lucraram tanto quanto na Era PT, então para de falar merda que os bancos lucram por causa do liberalismo, coisa que vc não tem noção do que fala, vc defende oligopolio dos bancos.

O Estado não tem que administrar empresas quem tem que fazer isso é o empresario, o que vc ganha com estatais que dão prejuizo?

Se tivessemos esse nivel de intervenção que o EUA tem estariamos bem melhor, ele ta em 18° no Ranking de liberdade economica enquanto o Brasil em 154.

Então cara, antes de falar alguma coisa saiba antes do que ta falando antes de passar vergonha, fala mal do lucro dos bancos mas defende que não tenha concorrencia, só repete que nem papagaio o que a esquerda diz, ou seja vc foi doutrinado e nem percebeu.

Gildo Pimentel

Eu entendo a sua forma de pensar, foi programado pra pensar assim, a ideologia é mais eficiente quando não percebemos a presença dela. Procure ver quanto as empresas privadas devem a previdência, principalmente bancos e como essas dívidas são perdoadas. A questão do "tamanho do estado" precisa ser revista como a "eficiência do estado" e o estado eficiente trabalha para a economia e não apenas de modo subserviente ao capital. Analise como o estado americano faz intervenções na economia interna e até internacional, altos protecionismos. Agora se você é um desses milênios com conversinhas anarcocapitalista de que imposto é roubo e que tem que acabar com o estado por a economia se auto regular ou seja utópica.

Luigi Lambri

E vc acha que lucram pq? Pq tem 4 bancos, enquanto no EUA Tem mais de 400, falta concorrencia pq o mercado é fechado.

Luigi Lambri

Tenta abrir uma empresa na China, 1 dia vc abre empresa, não tem 450 mil leis tributarias diferente, não tem 1000 documentos diferente pra levar em diferentes orgãos, ou seja eles crescem pq são economicamente livres, é mais facil fazer negocio lá do que aqui.

Luigi Lambri

"Análise: BNDES gastou R$ 1,2 tri com empresas "amigas", como JBS e BRF"

Não cara, não deu nada pros bancos, isso se fosse capitalização que não foi aprovado, falando merda de novo.

Luigi Lambri

E pq vc acha isso? Pq temos meia duzia de bancos? Enquanto EUA tem mais de 500, então estuda antes de falar merda, pq se vc acha ruim o lucro dos banco pediria mais liberdade economica pra ter concorrencia e não o contrario.

Gildo Pimentel

Seu Ranking não mostra quais são os Bancos que mais lucram no mundo (Brasil é líder na liberdade econômica de explorar trouxa)

Gildo Pimentel

Quem deu 480 bilhões aos 4 bancos daqui do brasil? Reforma da previdência meu amigo, menos estado mais lucro pros bancos e corre pra fazer sua previdência privada!!!

Gildo Pimentel

Procura saber quanto cresce a economia chinesa por ano antes de ficar bostejando.

Álesson Vaz

Tá passando da hora da internet móvel ser como a banda larga, ilimitada.

Luigi Lambri

E isso tbm serve pra impostos.

Luigi Lambri

Na verdade eu sei, o cara compara o preço em reais, se aqui 5gb é 40 reais e no EUA 5gb é 20 dolares o cara converte os 20 dolares pra reais que da 90 e dai fala que lá eles pagam mais.

Luigi Lambri

Será que o Flávio Augusto mentiu ao falar que começou usando cheque especial?

Sempre tem a desculpa do pq é fracassado, os outros que tiveram mais condições que vc.

Vitor Brito

Também não sei.
Paguei 50 USD em um chip ilimitado da T-Mobile, isso porque era pré-pago, nos planos pós a oferta é melhor!

José Vieira

O que você acha que faz um vendedor de sapatos para conquistar um cliente? Bajula-o! Aliás, como qualquer vendedor... Isso não é crime, e a depender das circunstâncias é até sensato.

Acho que seu problema é o universo amostral, ou seja das próprias preferências em relação ao objeto de estudo... a máxima, que é mínima, continua a valer: "medimos o mundo de acordo com a nossa própria régua".

A sua não parece ter valores padronizados pelas boas práticas. Boa sorte! rs...

Adrian Dérick

A regulação é boa, mas só se tiver pessoas honestas e competentes lá (Infelizmente temos o contrário, deputados totalmente incompetentes querendo criar leis relacionados a tecnologia e agentes corrompidos) Um exemplo de boa intervenção foi a Vivo querendo colocar limite de uso na internet fixa, mas que foi impedida graças a uma liminar da Anatel. O Estado mínimo pode ser bom se os presidentes das empresas querem competir e não criarem carteis etc. A regulação serve para que as leis sejam seguidas, mas como no Brasil as pessoas que regulam e fiscalizam estão corrompidos, vemos cartel das teles, cartel da gasolina, etc.

Quando uma nova lei é criada, o Estado tem que dar um tempo para a empresa se adequar e avisar (óbvio).

igor

Utilizar Calote, sonegação, favorecimento e abusos é o principal fato para gera multi-milionários. Dos caso que conheço; SBT bajula governo para manter publicidade(tem o caso Panamericano). A globo teve ajuda do governo militar e também tem caso de sonegação. O Flávio Augusto tinha condições para consegui um gordo empréstimo para investir (não é qualquer pessoa que tem dinheiro para investir). O Eike continua milionário, mesmo após falir. Possivelmente tem dinheiro escondido no exterior para blindar patrimônio.

Luigi Lambri

Liberal da onde? O cara defende agência reguladora e vc acha que é liberal

José Vieira

Por conta disso é melhor ficar reclamando do 1% que conseguiu chegar lá, né?. Sim, a vida é dura... Se todos que resolvessem vender sapatos chegassem à excelência, faltariam pés pra tanto calçado! rs...Em tempo, não sei em que mundo vive, mas calotes e sonegação não geram vencedores e nem milionários, Eike Batista é o maior exemplo disso; não está pobre mas deve muito mais do que pode pagar.

Silvio Santos (SBT), Roberto Marinho (Globo), Antonio Alberto Saraiva (Habibs); Eloy D'Ávila (Fly Tour); Flávio Augusto (Wise Up); Geraldo Rufino (Jr. Diesel); Luiza Trajano (Magazine Luiza); Samuel Klein (Casas Bahia); Maurício De Sousa (Estúdios Maurício de Sousa); Todos esses aí começaram do nada, rs... A amostra é pequena? Sim, mas estamos falando do 1% que deu certo... Eike começou com meio milhão e mapas das principais jazidas de ouro do país (presente do pai, Eliezer Batista durante muitos anos Presidente do CVRD); PARECE que começar com muito dinheiro não é garantia de sucesso.

Luigi Lambri

Livre mercado? Telefonia no Brasil é livre mercado?

Luigi Lambri

Estado mínimo dando dinheiro pra empresário? Vc tem noção da idiotice que vc tá falando? Se o Estado é pequeno como vai dar dinheiro pra empresário?

Quem deu bilhões pra meia dúzia de empresa foi o PT, jbs, Odebrecht, Andrade gutierre, OGX. Estado mínimo não tem BNDES pra financiar obra em Cuba e na Venezuela

Luigi Lambri

Gado? Tá maluco só pq critiquei a esquerda sou gado?

Vai pedir mais Estado pra vc ver o que acontece com a economia

kadu

Você pode reduzir drasticamente a burocracia e simplificar o sistema tributário do Brasil, que de fato são dificultosos, e ainda assim o mercado de telecomunicações continuará tendendo à concentração, vide EUA (3-4 grandes operadoras) , Austrália (3 grandes operadoras), Reino Unido (4 grandes operadoras), Canadá (3 grandes operadoras), Chile (5 operadoras) e diversos outros países com economia aberta pelo mundo. Aliás, fica aí o desafio: encontrar um país de grande extensão territorial, como o Brasil, com um grande número de players relevantes no setor de telecom.

Então sim, simplificar e desburocratizar são muito importantes em QUALQUER contexto, mas não resolvem o problema da concentração da concorrência no setor de telecomunicações.

Gildo Pimentel

Tá certo gado.

Luigi Lambri

Pode ser mais competitivo Europa em ralação a EUA, mas ainda sim é mais barato que aqui.

Wellington Gabriel de Borba

Ele que lute.

Wellington Gabriel de Borba
Wellington Gabriel de Borba

E tem gente comemorando o fim da Oi.

Wellington Gabriel de Borba

Ao que me consta Europa os valores são bem mais competitivos do que os da América do Norte.

Wellington Gabriel de Borba

Pelo amor de Dadá, a Oi tem que ser vendida para outra empresa que não as atuais.

Luigi Lambri

ok

Luigi Lambri

Ainda mais com nossa burocracia, sistema tributario complexo, só ver o ranking de liberdade economica do Brasil, dai volta aqui falar que não tem nada a ver.

Meninão Bobo

Estive na europa em novembro e paguei 25 euros por 60gb e outro chip com 20 euros com 6gb e voz ilimitador, claro que não se pode converter para o real, mas não achei caro e a velocidade era bem mais rapida e a cobertura 4gb era maior.

Luigi Lambri

Impede cartel? é ela que forma com regulações.

Luigi Lambri

Cara decide, uma hora vc fala que é ruim depois fala que é bom, é a favor dessa regulação ou não?

Ninguem quer vir pro Brasil por causa da zona que é, um dia a lei é essa, amanha muda e a empresa toma uma multa sem nem ver da onde veio.

Quanto menos Estado pra atrapalhar melhor.

Luigi Lambri

Le o que vc escreve, como uma empresa que cobra caro e presta maus serviços consegue sobreviver? Como vai impedir de aparecer um competidor? Só consegue barrar se tiver uma agencia reguladora impedindo isso.

Sergio

O "nada" ref. A competição e não ao cartel ou livre concorrência.

Luigi Lambri

Justamente o contrario, com regulação menos players no mercado, quanto mais dificil entrar competidores, menos as empresas tem que se preocupar.

Estado forte barra entrada de novos players com regulação.

Luigi Lambri

que fatos?

Luigi Lambri

Mano cala a boca pqp, quem adora isso é a esquerda, quer mais regulação, com isso tem menos empresas.

E pqp com isso de pobre de direita, desde quando pobre tem que seguir uma cartilha esquerdista? que visa mais Estado e menos cidadão, que quer dificultar a vida do trabalhador e do empresario?

Luigi Lambri

Lá fora a internet é muito mais cara? Da onde tirou isso?

Luigi Lambri

argumentar que é bom nada

Luigi Lambri

Nada de cartel?????

Marvels

Os concorrentes acordaram nos últimos 2 anos, ninguém mais se importa com a Tim. Antes era referencia de custo beneficio.

Alex Sandro Santos Junior

Enquanto isso a qualidade do serviço piora cada vez mais, 4G com velocidade mais lenta que 3G, cobertura que não melhora, sinal caindo... Estou há alguns meses com o +Happy da Nextel que está me atendendo muito melhor.
O pior que a TIM estava investindo pesado em melhorias há algum tempo atrás... Esse CEO fez a operadora parar no tempo

Rafael Salgado Ribeiro

Eu perdi o lab (por 10 pontos) e foi o que fiz. Virei Vivo Easy

johndoe1981

Idem.

Louis

Deixa de ser trouxa e escrever merda!

kadu

Brasil tem carga tributária de cerca de 32% do PIB. Itália, 43%. O problema é que o Brasil tributa muito o consumo e pouco a renda.

https://www.nexojornal.com....

Jose Antonio
Primeiro ele deveria trabalhar pra melhorar à qualidade do sinal 4G porque aqui no DF nem todo lugar pega essa bosta, só o que funciona mesmo é à fatura e se aumentar mudo na hora.
Jose Antonio

Primeiro ele deveria trabalhar pra melhorar à qualidade do sinal 4G porque aqui no DF nem todo lugar pega essa bosta, só o que funciona mesmo é à fatura e se aumentar mudo na hora.

Jose Antonio

Eu também

vampent mineruo

Pra isso ocorrer tem que acabar com qualquer órgão regulador e com todas as regulações estatais

kadu

Isso é uma falácia.

Qualquer mercado de telecomunicações no mundo tende a ser concentrado, não por culpa das "leis que impedem a concorrência", mas porque o custo do investimento em infraestrutura para iniciar uma nova telecom, especialmente em um país do tamanho do Brasil, é altíssimo. Fora as limitações técnicas, como disponibilidade de frequências.

Os EUA são um país com enorme tradição de economia liberal, e ainda assim, o seu mercado de Telecom também é concentrado em poucas empresas de grande relevância: Verizon, T-mobile, AT&T.

É um mercado que tende à baixa concorrência pelas suas próprias características.

Sergio

Hummmm, aí fica fácil para qualquer empresa, nada de competição, cartel e livre concorrência!!!

Paulo Roberto

É isso que as grandes empresas fazem quando ganham uma certa hegemonia: tentam acabar com a concorrência, de preferência usando algum órgão regulamentador do governo. O antídoto para isso é um choque de capitalismo nesses safados.

Makarov

Acho que já tá na hora de eu cancelar essa bosta.

Jailson Mendes

É aqui que cancela planos da TIM?

Geraldo Lopes
Comodoro Jose Sousa

O sujeito não tem nem vergonha de falar isso. Se ele com esta cara de pau conseguir convencer o atual governo ( que vamos lá, pensar a favor da população não é o forte deste governo), diminuir a concorrência com fusões e aquisições (sorrateiramente eles chamam isso de consolidação), vamos cada vez pagar mais caro por menos serviços. E que devia ser o contrário, pagar menos por cada vez mais serviços com maior qualidade e maior quantidade dados e maior velocidade de Internet.

Gilberto Cavalcanti

Por essa e MUITAS outras que pulei fora da Tim há 2 anos, claro me trata super bem, toda recarga que faço me dão 5gb de Internet pra usar como eu quiser e agora no Black Friday me ofereceram alguns benefícios por apenas 20 conto por mês, é só ter saldo pra renovar, minha mãe tem um plano controle (Da TIM) e paga 55 pelos mesmos benefícios.

Vinícius Jorge

Só estou na TIM por que sou Beta Lab, se perder o Lab, vazo dessa bosta

Vinícius Jorge

Mercado de telefonia no Brasil nunca foi livre um dia sequer

Exibir mais comentários