Início » Computador » RedmiBook 13 é novo notebook da Xiaomi com Intel Core de 10ª geração

RedmiBook 13 é novo notebook da Xiaomi com Intel Core de 10ª geração

O RedmiBook 13 foi apresentado pela Xiaomi na China, onde custará o equivalente a R$ 2.640

Victor Hugo Silva Por

A Xiaomi apresentou na terça-feira (10) um novo noteboook para sua subsidiária Redmi. O RedmiBook 13, como foi chamado, será vendido primeiro na China, onde custará a partir de 4.499 iuanes (cerca de R$ 2.640), segundo a fabricante.

RedmiBook 13 (Foto: Divulgação/Xiaomi)

O RedmiBook 13 possui tela de 13,3 polegadas com resolução Full HD (1.920 x 1.020 pixels) que ocupa quase toda a área frontal, mais precisamente 89% da região. Com acabamento em metal, o aparelho pesa 1,23 kg e tem 16,3 mm de espessura.

O dispositivo conta com processador quad-core Intel Core de 10ª geração, GPU Nvidia MX250, 8 GB de RAM e SSD de 512 GB. Ele tem ainda um sistema de refrigeração que, de acordo com a Xiaomi, é capaz de aumentar a transferência de calor em 70% em relação a sistemas usados anteriormente.

A empresa afirma que a bateria do notebook dura até 11 horas com uma única recarga. Por meio de seu padrão carregamento rápido, a fabricante garante ser possível carregar metade da bateria em cerca de 35 minutos.

Apesar do valor inicial de 4.499 iuanes, o site da Xiaomi exibe dois preços um pouco maiores. O modelo com processador Core i5-10210U é anunciado no momento por 4.799 iuanes (R$ 2.810). Já a versão com processador Core i7-10510U é vendida por 5.499 iuanes (R$ 3.220).

Vale lembrar que a Xiaomi já usou processadores Intel Core de 10ª geração no RedmiBook 14 Enhanced Edition, lançado em agosto. Os modelos foram anunciados por preços entre 3.999 iuanes (R$ 2.340, na cotação atual) e 4.999 iuanes (R$ 2.930).

RedmiBook 13 (Foto: Divulgação/Xiaomi) RedmiBook 13 (Foto: Divulgação/Xiaomi) RedmiBook 13 (Foto: Divulgação/Xiaomi)

Com informações: Xiaomi (2).

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Marcos Vinicius Fraga

Que notebook caro, Intel final U já é lixo, e sem cooler pra resfriar é pior ainda. Isso aí é um tablet em formato de Notebook, a Positivo já vende isso no Brasil, só que com menos RAM. O desempenho de ambos sem dúvida é semelhante, não há como ter desempenho sem os fans pra resfriar o notebook.

Ricardo Cubas

Enquanto houver, no Brasil, pessoas trouxas comprando porcarias com HD de 5400 RPM de 1TB, não vamos nunca se livrar desse tipo de lixo.

usr123usr

XiaoMAC

FastSloth87

Mano, mesmo se for um SATA daqueles baratos que não tem nem cache DRAM, vale mais que as merdas vendidas aqui nessa faixa de preço, eles vem tudo com HD de 1TB 5400RPM!

Epic Mac Fadden - ODZ -

Ninguém aqui entende uma piada?

Lucas Carvalho

Sino não é referente a chineses?

VolksW4GNER

Prefiro o LG Gram nessa faixa dos 5 mil.

Thanara Corrêa

Adorei o preço, será que no mercado cinza vai variar muito os valores?

To com um i7 de sexta geração, e nvidia mas ta sofrível esse notebookzinho da Lenovo trava que é uma bença, falta um ssd :(

Daniel

Qual o modelo deste SSD, é M.2 nvme?

Epic Mac Fadden - ODZ -

imposto soafrodescendente - stop racism

...e "contrabando" é preconceito contra nossos coleguinhas sino-chineses, pois nos agraciam com tantos avanços técnico que às vezes esqueço que estou na Banânia e me sinto num país de terceiro mundo.

É comércio alternativo de procedência variável

Louis

Será que dessa vez tem finalmente um teclado retroiluminado?

Roberto

Só vem Xiaomi, chega de notebook custando o valor de um carro!!!!

Lobo Solitário

Bem que poderiam começar a vender oficialmente os notebook por aqui também.

RODRIGO

Parece com o MacBook da Apple!!

X-Tudãoᴳᴼᵀ

Vão trazer contrabandeado e ainda cobrar o imposto sonegado.

Exibir mais comentários