Início » Telecomunicações » Ex-CEO da TIM, Rodrigo Abreu assumirá presidência da Oi em janeiro

Ex-CEO da TIM, Rodrigo Abreu assumirá presidência da Oi em janeiro

Rodrigo Abreu assumirá cargo de diretor presidente após saída de Eurico Teles, que disse que Oi é um "pepino"

Lucas Braga Por

A Oi divulgou um fato relevante na noite de quinta-feira (12) comunicando ao mercado a indicação de Rodrigo Abreu para assumir o cargo de Diretor Presidente da companhia. O executivo já ocupava o cargo de COO na Oi desde setembro de 2019 e já foi CEO da TIM Brasil no passado.

Rodrigo Abreu. Foto: Fernando Frazão (Agência Brasil)

O nome do executivo foi aprovado por unanimidade pelo conselho de administração da companhia. Abreu está na Oi desde setembro de 2018 como membro do conselho e já era cotado como sucessor de Eurico Teles, que deixa a operadora em 30 de janeiro de 2020. Nesta semana, Teles chegou a confessar numa entrevista coletiva que “esta companhia [Oi] é só pepino”, externalizando a dificuldade de administrar a operadora.

Com a operadora enfrentando um processo de recuperação judicial, Abreu terá o desafio de cumprir o ousado plano estratégico que direciona o foco da companhia para serviços residenciais e prevê expansão de fibra óptica para 16 milhões de residência até 2021. Para isso, a operadora deve vender a unidade de telefonia móvel; Claro, TIM e Vivo já demonstraram interesse em um possível negócio.

A Oi divulgou tardiamente os resultados financeiros do 3° trimestre de 2019, com números nada bons: houve prejuízo de R$ 5,7 bilhões, crescimento de 17% na dívida líquida e um pedido à Justiça do Rio de Janeiro para prorrogar a recuperação judicial.

Com informações: Oi

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Antony

Lá de 2017: Não é nem o dinheiro dela que será investido, grande parte desse dinheiro vem das as multas que deveriam ser pagas a Anatel (ou seja, "nosso").
https://g1.globo.com/econom...

johndoe1981

Faz sentido.

João Pedro

São sim.. É para uma não sugar os recursos da outra e vice-versa.. Pois poderia acontecer uma falência multipla em escala dominó..

johndoe1981

Será que as finanças são separadas assim mesmo.

João Pedro

Ela tem capital sim pra investir em fibra.. Não confunda quando vc pensa que a Oi esta falida por um todo.. Ela tem as suas subempresas.. Como a Oi Fibra, Oi Tv que são separadas da Oi Celular na qual tem essa big dívida... Cada uma tem seu lucro.. E nenhuma se mistura quando é pegar dinheiro de uma e colocar na outra.. not.. Suas finanças são separadas.

Abs

johndoe1981

Essa expansão de fibra óptica da Oi tá com cara que não vai sair do papel, a empresa não tem dinheiro nem pra pagar os credores.

Mas enquanto Vivo, Claro e provedores locais não tomam vergonha na cara e trocam o par metálico e cabo coaxial por fibra na minha rua, é o que tem para hoje essa FTTH da Oi com ping alto e upload baixo ¯\_(ツ)_/¯

johndoe1981

Não tenho esperanças disso, que empresa estrangeira se interessaria em comprar uma operadora com uma dívida que já ultrapassa os R$ 65 bi e atuar num país que é um inferno burocrático, tributário e trabalhista?

Sobre a venda da divisão móvel, acho que o CADE não aprovaria.

Douglas Furtado Gonçalves

Vender a divisão móvel da Oi para Vivo, Claro ou Tim diminui a competitividade a meu ver, poderia surgir interesse de uma internacional.