Início » Celular » Galaxy Fold não vendeu 1 milhão de unidades, diz Samsung [atualizado]

Galaxy Fold não vendeu 1 milhão de unidades, diz Samsung [atualizado]

Samsung Galaxy Fold custa cerca de US$ 2 mil; smartphone dobrável pode ser adquirido nos EUA, Canadá, Coreia do Sul e China

Felipe Ventura Por

Um executivo da Samsung afirmou que o Galaxy Fold vendeu 1 milhão de unidades desde seu lançamento em setembro, mas a empresa disse que o celular dobrável ainda não chegou a esse patamar. Ele custa cerca de US$ 2 mil e pode ser adquirido nos EUA, Canadá e Coreia do Sul; há também uma versão deste smartphone especificamente para a China chamada W20 5G.

Samsung Galaxy Fold

Young Sohn, executivo da Samsung Electronics, disse durante o evento TechCrunch Disrupt na quinta-feira (12): “nós estamos vendendo um milhão desses produtos, há um milhão de pessoas que querem usar este produto de US$ 2 mil; vendemos um milhão de produtos”.

Mas um porta-voz da Samsung explica à agência coreana de notícias Yonhap que Sohn pode ter confundido o número real de vendas com a meta inicial da empresa para 2019. Ele enfatiza que as vendas do Galaxy Fold “não chegaram a 1 milhão de unidades”.

A Samsung esperava vender 500 mil unidades do Galaxy Fold apenas neste ano. O celular dobrável foi lançado nos EUA em setembro por US$ 1.980; então, em novembro, ele aterrissou na China em novembro por cerca de US$ 2,3 mil — e esgotou em questão de minutos. Em dezembro, foi a vez da versão 5G, chamada Galaxy W20 5G: ele custa o equivalente a quase US$ 2,9 mil e também esgotou rápido no mercado chinês.

Samsung: próximo Galaxy Fold será “mais fino e mais leve”

Sohn foi questionado se a empresa se sente à vontade para vender o que é basicamente um dispositivo beta por um preço tão alto. “Na minha opinião, ele ainda é bom o suficiente”, disse o executivo, explicando que a Samsung recebe mais feedback nas mãos dos consumidores do que em um laboratório.

E, como já sabemos, a empresa recebeu bastante feedback. A primeira geração do Galaxy Fold era “assustadoramente frágil” e quebrava com poucos dias de uso: a tela dobrável parava de funcionar caso alguma partícula entrasse na dobradiça, o que não era muito difícil.

Samsung Galaxy Fold

A geração atual do Galaxy Fold tem mais proteções para evitar a entrada de poeira no aparelho, e uma estrutura para deixar a tela dobrável mais firme. Ainda assim, é necessário tomar uma série de cuidados, como dar toques leves na touchscreen e evitar líquidos e pó.

No futuro, o Galaxy Fold receberá ainda mais melhorias. “Esta é a primeira geração, você verá este produto se tornando melhor, mais fino e mais leve, com uma bateria mais duradoura”, disse Sohn.

Rumores dizem que a Samsung prepara um sucessor com câmera de 108 megapixels e zoom de 5x. A empresa já confirmou que lançará um celular flip com tela dobrável em 2020, e ele deve custar menos que os US$ 2 mil do Galaxy Fold.

Com informações: TechCrunch, Mashable. Atualizado às 14h40.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

zoiuduu .

acontece o seguinte,,,, nao sao todos que criticam,,, sao apenas grande parte,,,a outra parte é que compra,,,

Lucas Carvalho
não tem nada de impressionante


ok, então

Cléber

jornalismo foi com deus, mas voltou, nesse caso

Arley Martins

Parei de ler no $1980,00 dolares.

ωαท∂єrℓєy ✓ᵛᵉʳᶦᶠᶦᵉᵈ

Não sei muito sobre o Essential... mas acho que ele é só um Smartphone comum feito por uma empresa pequena... o Fold é uma tecnologia nova criada por uma empresa grande... não tem nada de impressionante, é super natural!

Agora o que me impressiona é uma empresa como a apple que todos criticam e afirmam que não inova mas vender feito água, ser a empresa mais valiosa do mundo e ser "amada" , idolatrada e bem sucedida do jeito que é! isso que é muito impressionante...

Nem a Samsung que hoje tem mais fanboy doente que a apple consegue esse sucesso.

Lucas Carvalho

ou seja: mais que o Essential Phone? Impressionante o que Samsung consegue fazer.