Início » Antivírus e Segurança » Hacker invade câmera Amazon Ring de casa e assusta menina de 8 anos

Hacker invade câmera Amazon Ring de casa e assusta menina de 8 anos

Alyssa ficou apavorada quando uma voz desconhecida começou a sair da câmera Ring de seu quarto

Emerson Alecrim Por

Sistemas de câmeras são uma forma de deixar pais que estão no trabalho mais tranquilos, afinal, eles podem monitorar os filhos remotamente. Mas é preciso estar ciente dos riscos: no início do mês, um hacker invadiu um câmera Amazon Ring de uma casa no Mississippi (EUA) e aterrorizou uma menina de oito anos chamada Alyssa.

Câmera Ring - invasão

Ashley LeMay, mãe da criança, disse à CNN que a câmera Ring foi comprada em uma promoção de Black Friday e havia sido instalada apenas quatro dias antes do incidente, ocorrido em 4 de dezembro.

Inicialmente, Alyssa pensou que a sua irmã estava tocando uma música no quarto delas, mas, na verdade era o invasor que havia começado a reproduzir uma estranha música (pelo menos para a ocasião) chamada Tiptoe Through the Tulips na câmera Ring.

Intrigada, Alyssa entra no quarto e, instantes depois, o hacker diz “olá”. Na sequência, a música volta a ser reproduzida. A música para novamente e o invasor começa a insultar a garota. Alyssa pergunta “quem é?”. O hacker responde “eu sou o seu melhor amigo” e diz “você pode fazer o que quiser agora; você pode bagunçar o seu quarto, pode quebrar a TV, pode fazer o que quiser”.

Apavorada, a menina chama por sua mãe (que não estava em casa) e novamente pergunta “quem é?”. O invasor diz repetidas vezes que é Papai Noel.

Por fim, a menina sai do quarto. Um pouco mais tarde, o pai de Alyssa, que estava na residência, perguntou a Ashley LeMay se ela havia mexido na câmera. Ao verificar o aplicativo do sistema, a mulher descobriu a invasão.

Procurada pela família, a Ring respondeu que não encontrou sinais de invasão aos seus sistemas e deu a entender que o ataque aconteceu pelo uso de uma senha fraca — Ashley LeMay chegou a ser questionada pela empresa sobre não ter usado autenticação em dois fatores.

A pior parte é que esse não é um caso isolado. É crescente o número de relatos de famílias que passaram por situação semelhante. A Motherboard descobriu inclusive que hackers desenvolveram um software específico para invasão de câmeras de segurança da Ring.

Câmera Ring indoor

Em nota, a empresa reafirmou que seus sistemas não estão comprometidos, mas que está investigando o problema. A empresa reforçou a recomendação de uso de senhas fortes e da autenticação em dois fatores pelos seus clientes.

A Ring é uma empresa especializada em interfones e câmeras inteligentes, negócio que vem crescendo a passos largos em várias partes do mundo. Não é por acaso que, no início de 2018, a Amazon desembolsou mais de US$ 1 bilhão para se tornar dona da companhia.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Fabricio de Oliveira Silva

A verdade é que infelizmente a maioria das pessoas hoje não se preocupa com segurança digital e privacidade. Já convenci várias pessoas a pelo ao menos colocar uma senha em seus smartphones, só lembrando que se ela perdesse seu celular, alguém poderia se passar por ela no WhatsApp, por exemplo.

Luan Ribeiro

Watch Dogs em live-action.

Eliézer José Lonczynski

🐻

TJ Lopes

Eu uso câmeras de segurança wi-fi na minha casa já que tenho uma filha que passa o dia com a babá e pela comodidade de saber como minha filha está sendo tratada, aceito correr o risco de uma invasão, claro que não facilito. Uso senha forte e autenticação de dois fatores e minhas câmeras não são da ring.

Cristiano Guaglianoni

É simples pra quem já viveu sem isso um dia.. Hehe

Bil

Há pessoas que precisam de vigilância.

Felipe Xavier

Acredito que, de maneira geral, a culpa é do usuário sim. Como o usuário falou abaixo o caso do DINO, aí sim era uma falha enorme de projeto.
Mas tanto no post, quanto em lidar com qualquer outro item que requira uma senha, ou ainda em dispositivos que permanecem 24h ligados à internet (como a câmera) é função do usuário ativar todos os meios de proteção, cabe à fabricante apenas tornar isso obrigatório. Mas em todo caso, não é inseguro.

Meiksonq

Caralho essa porra dessa musica toca no filme insidius, eu teria me cagado de medo achando que o demonho ia aparecer pra mim :X

小岩井

O endgame do consumismo aí

Roberto Santos

QUEREMOS LINK

Владислав (Vladislav)

Pode passar o nome do canal?

zoiuduu .

linka

zephyr1an

isso aí me lembra daqueles video cassetes (!) que, anedoticamente, tinham o relógio sempre em 12:00, porque, para o usuário comum, era complicado de ajustar

em outras palavras: de maneira geral, não acho que a "culpa" é dos usuários comuns, mas sim da indústria, que vende produtos inseguros e mal projetados

Zanac_Compile

Pois é, inegável. O USUÁRIO é o elo mais fraco... Esses problemas de negligência sempre vão acontecer... a conscientização é LENTA.

Mas... o pior... é quando tu confia na empresa, toma todos os cuidados, porém o SISTEMA É FALHO e invadem tua privacidade... Um dos casos é o DINO da COGNITOYS, a empresa sumiu, fechou, foi um escândalo. O brinquedo DINO, conectado a Internet, era vulnerável, fácil de invadir e a criança ficava exposta ao criminoso que conversava, pegava dados pessoais, monitorava.... filme de terror.

E como se prevenir ?!?! Não tem ! Se o sistema for falho, estamos a mercê. E cada vez mais temos tudo em casa conectado. Ficamos reféns.

Lucca

Há uns 8 anos atrás descobriram uma falha para achar impressoras online, eu e mais pessoas começaram a imprimir milhares de imagens do shrek para desconhecidos.
Internet é um bicho sério, não confie na segurança! (Mas confie na zueira)

Exibir mais comentários