Início » Celular » Snapdragon 865: os testes de velocidade contra o Apple A13 e Kirin 990

Snapdragon 865: os testes de velocidade contra o Apple A13 e Kirin 990

Qualcomm promete desempenho até 25% maior no Snapdragon 865; processador fica atrás do Apple A13 presente no iPhone 11

Felipe Ventura Por

A Qualcomm ofereceu à imprensa um dispositivo de referência para testar o desempenho do Snapdragon 865: a empresa promete um aumento de 25% na performance da CPU, e melhora de 20% no chip gráfico, se comparado à geração anterior. O chipset realmente atinge esses números e supera o Kirin 990, da Huawei, em vários benchmarks; porém, ele ainda fica atrás do Apple A13 presente no iPhone 11.

Qualcomm Snapdragon 865

O AnandTech explica que o dispositivo da Qualcomm tem dois modos: "padrão" (default), que demora mais tempo até chegar ao clock máximo; e "performance", que faz o Snapdragon 865 atingir picos de desempenho mais rápido. Normalmente, as fabricantes ajustam o chipset para funcionar entre um desses extremos.

No PCMark Work 2.0, que roda em dispositivos Android, o Snapdragon 865 faz bonito e ocupa o topo do ranking, se aproximando do Kirin 990 presente no Huawei Mate 30 Pro.

PCMark

Nos testes do XDA Developers, o Snapdragon 865 ficou à frente do Kirin 990 em diversos benchmarks, incluindo Antutu, Geekbench e 3DMark, com diferença de até 45% em desempenho.

No entanto, o novo chipset da Qualcomm decepciona um pouco em se tratando de benchmarks da web como o Speedometer, WebXPRT e JetStream. Ele é apenas de 5% a 10% melhor que os antecessores Snapdragon 855 e 855 Plus, mesmo no modo "performance", e fica muito atrás do Apple A13.

JetStream

Snapdragon 865 tem desempenho gráfico até 22% maior

No 3DMark Graphics, os resultados do Snapdragon 865 estão mais alinhados com o que a Qualcomm prometeu para o chip gráfico: o desempenho é de 15 a 22% maior que no Snapdragon 855.

E no benchmark GFXBench Aztec High, a melhoria em relação ao antecessor é de aproximadamente 26%. Ainda assim, nos testes GFXBench, os três modelos do iPhone 11 ficam no topo do ranking em se tratando de desempenho máximo (peak).

GFXBench

O gráfico também menciona o desempenho sustentado (sustained), ou seja, após alguns minutos de uso, quando o chip tende a reduzir a velocidade para não esquentar demais o smartphone. O dispositivo da Qualcomm ainda não foi testado nesse critério.

Sobre o Snapdragon 865, o AnandTech diz que o avanço no desempenho está alinhado com o que a Qualcomm prometeu; "a questão é que isso não parece suficiente para acompanhar as grandes melhorias que a Apple conseguiu apresentar nas últimas duas gerações".

O Snapdragon 865 é octa-core: são quatro núcleos Cortex-A55 de 1,8 GHz para tarefas simples, mais três Cortex-A77 de 2,42 GHz para apps mais exigentes, e um Cortex-A77 de 2,84 GHz para casos mais extremos.

Com informações: AnandTech, XDA Developers.