Início » Antivírus e Segurança » Twitter bloqueia PNGs animados por risco de convulsões

Twitter bloqueia PNGs animados por risco de convulsões

Formato de imagem poderia ser reproduzido automaticamente no Twitter, afetando pessoas com epilepsia

Paulo Higa Por

O Twitter permitia publicar imagens animadas nos formatos GIF ou PNG. Esse último foi bloqueado nesta segunda-feira (23): engenheiros da rede social descobriram que o PNG animado (APNG) poderia ser utilizado de forma maliciosa para causar convulsões em pessoas com fotossensibilidade, como as que têm epilepsia.

Twitter (Foto: Pexels)

O bloqueio foi preventivo, já que o Twitter não tem conhecimento de casos de mal uso do PNG animado dentro da rede social. “APNGs eram divertidos, mas eles não respeitam as configurações de reprodução automática, por isso estamos removendo a capacidade de adicioná-los a tweets”, diz o Twitter em seu perfil de acessibilidade.

Nas configurações, o Twitter permite desativar a reprodução automática de qualquer mídia, incluindo vídeos e GIFs animados: isso é feito não apenas para economizar dados, mas também “para a segurança de pessoas com sensibilidade a movimentos e imagens piscantes, incluindo aquelas com epilepsia”. No caso do APNG, era possível contornar o bloqueio do Twitter, deixando o formato mais suscetível a abusos.

We recently found a bug that lets you add multiple animated images to a Tweet using Animated PNG files. APNGs ignore our safeguards and can cause performance issues for the app and your device. Today we’re fixing the bug which will no longer allow APNGs to animate when Tweeted.

Além de abrir brechas, o suporte ao formato APNG não era uma boa ideia: o Twitter explica que eles são muito maiores que prévias de imagens normais, o que pode significar “um aplicativo mais lento, maior uso de memória e até travamentos”. A rede social diz que “esses problemas criam uma experiência desagradável no Twitter, e há pouco que possa ser feito para evitá-los”.

GIFs animados continuam liberados no Twitter — e a rede social trabalha para que esse tipo de mídia também possa ser descrito para pessoas com deficiência visual.

Mais sobre: , , ,

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação