Início » Aplicativos e Software » TikTok é banido pela Marinha dos EUA por ser “ameaça de segurança”

TikTok é banido pela Marinha dos EUA por ser “ameaça de segurança”

Restrição ao TikTok também é vista como um capítulo da guerra comercial entre Estados Unidos e China

Emerson Alecrim Por

Fenômeno global, o TikTok foi banido nesta semana pela Marinha dos Estados Unidos. O temor não é o de que os soldados fiquem distraídos com o serviço: o argumento dado é que o aplicativo representa uma “ameaça à segurança cibernética”.

Embora a Marinha não revele como chegou a essa conclusão, autoridades americanas têm dado sinais de que desconfiam que empresas por trás do TikTok e outros aplicativos populares estejam compartilhando dados de governos estrangeiros com a China.

O TikTok se tornou extremamente popular em várias partes do mundo, principalmente entre jovens. Nos Estados Unidos não é diferente. Até aí, nada de anormal. O problema (para o governo dos Estados Unidos) é que a empresa responsável pelo app é a ByteDance, startup chinesa avaliada em cerca de US$ 75 bilhões.

TikTok

A ByteDance possui vários produtos, mas o TikTok é, de longe, o mais popular em escala global: estima-se que a plataforma tenha mais de 1,2 bilhão de usuários no mundo todo.

Com uma base tão grande de usuários, não surpreende que o governo americano esteja preocupado. Ou incomodado: se por um lado a desconfiança com relação à segurança possa ser legítima, por outro, o mercado entende que esse pode ser mais um capítulo da guerra comercial entre Estados Unidos e China.

Não por acaso, a Bloomberg aponta que, apesar de preferir manter o controle total do negócio, a ByteDance estaria considerando vender parte das operações do TikTok para grupos estrangeiros. Nada sobre esse plano foi confirmado, mas essa seria uma forma de evitar que, a exemplo da Huawei, a empresa sofra restrições do governo americano.

Por ora, a única medida drástica é a da Marinha dos Estados Unidos. De acordo com um comunicado direcionado aos militares, os membros do órgão que tiverem celulares fornecidos pelo governo e colocarem o TikTok neles não poderão acessar a intranet da Marinha até que desinstalem o aplicativo.

Com informações: TechCrunch.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Antony

Fui obrigado a pesquisar quem é a moça. Ah, a idade.

Linneker

Até faz sentido, imagina que existe uma esquadra destacada em algum lugar onde a missão é confidencial, os usuários vão lá e usam tik tok revelando a localização dos navios

Baio-kun

Adolescentes querendo atenção a qualquer custo, e com pessoas dispostas a da-la. Não é a toa que tanto conteúdo sugestivo sai de lá. Prova disso é uma tik thot que começou a fazer versões +18 dos videos que postava lá poucos dias depois de completar 18 anos.

Uriel Dos Santos Souza

Tu é velho. Não é pra você! Teu lugar é no Facebook, blogs e séries kkk

odnlo

Aham, nem é por motivos políticos e econômicos

Alex Edelweiss

1,2 bilhão de usuários?! Não sei não... Acho que esse número está superestimado.

Matheus Alexandre

Concordo

Coisa de adolescente

Tjago

mas como a marinha vai sobreviver sem os tiktok da Charli D'amelio?

Douglas B

Já tentei, mas não consigo entender como esse aplicativo pode ser legal. Coisa chata pra kct!