Início » Telecomunicações » Claro deverá pagar indenização por sinal ruim de 3G e 4G

Claro deverá pagar indenização por sinal ruim de 3G e 4G

Justiça obriga Claro a atender região de cliente com qualidade divulgada em anúncios; mapa de sinal dizia que cobertura era "boa"

Lucas Braga Por

A Claro será obrigada a pagar uma indenização de R$ 4 mil por danos morais causados a uma cliente que teve falhas no sinal de internet 3G e 4G em Goiânia (GO). A operadora também deverá melhorar a qualidade do serviço na região, pois o mapa de sinal classifica a cobertura como "boa"; para a Justiça, isso é propaganda enganosa.

Claro

A consumidora passou por falhas constantes no serviço de telefonia móvel, com problemas em ligações e na internet móvel. Ela alega no processo judicial que procurou solução de problemas junto à Claro, sem sucesso. No mapa de sinal da operadora, a cobertura era classificada como "boa".

A decisão foi feita pelo juiz Carlos Magno Rocha da Silva, da 14ª Vara Cível e Ambiental de Goiânia. Ele considerou procedente o pedido de indenização por desvio produtivo, e acredita que houve descumprimento contratual por parte da Claro e que houve publicidade enganosa.

Para o juiz, o desgaste da cliente e o descaso da empresa "transbordam o mero dissabor e encaminha para o ilícito, merecendo a parte ser indenizada pelo desvio de tempo útil". Ele diz que o problema deveria ter sido resolvido com muito mais agilidade, assim que a empresa foi "informada da falha no serviço insatisfatoriamente prestado".

A Claro ainda fica obrigada a tomar as medidas necessárias para atender a região da cliente no prazo máximo de um ano, garantindo a qualidade divulgada no material publicitário. Além da indenização, a operadora deverá arcar com custas e honorários de advogados no valor de R$ 2 mil.

Anatel lançará app para acompanhar cobertura e qualidade

Para evitar situações como essa, a Anatel deverá contratar um serviço de medição de qualidade de sinal com uma mapa "real" de cobertura de telefonia móvel.

Além disso, a agência lançará um sistema de avaliações das operadoras por meio de nota de 1 a 5 estrelas. Clientes das empresas com qualidade ruim poderão cancelar o serviço sem pagar multa, mesmo se estiverem no período de fidelidade.

Com informações: Rota Jurídica.

Mais sobre: , , ,

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Gabriel Naldis
Se até o Nóia concorda, temos que concordar. E isso se estende a classe médica também, né?
Renan Maia Fernandes
Quase isso, provavelmente não é uma consumidora comum, ela deveria já ter conhecimento do que podia ser feito, como conhecimento na área do direito, contatos com pessoas da profissão e algum tipo de influência no meio, também teria conhecimento da "falha" da Claro naquela área (que é um loteamento afastado do centro urbano, está no processo público anexado na fonte da notícia), juntou isso tudo, jogou um processo e deixou correr, nem deve ser por persistência, apenas ela jogou em um processo que ela saberia que iria ganhar, pois pelo mesmo processo, foi bem "fácil".
アブス フェリペ
Muito dinheiro, advogado caro, inteligência, persistência e amigos na justiça.
Fabio Santos
Queria saber como este povo consegue ganhar na justiça, tenho um processo que tento algo contra operadora duas audiências não foram e na terceira acusaram que não existia o protocolo nos altos do processo.Todas o juiz jogou pra frente, agora esperando.
Jefferson Rodrigues
UM ANO para a operadora melhorar o sinal. Deveriam ser 90 dias.
Helliton Soares Mesquita
Nesse caso sou a favor de indenização. Afinal ela fez uma propaganda enganosa. É normal que a rede de internet não seja perfeita e tenha suas falhas. Porém afirmar que dá conta do recado é perigoso.
Pablo Teixeira
Começar a denunciar a Oi, ficar milionário rapidinho
André Noia
Eu trabalho no Judiciário e várias vezes já questionei sobre a linguagem rebuscada que a parte não entende. Não adiantou nada. Parece que é uma coisa da classe deles, porque o juiz escrevendo como Dom João VI faz com que a parte interessada não entenda bulhufas e tenha que procurar um advogado, que fica com seu mercado garantido por conta dessa forma de escrever.
David Diniz
Isso poderia virar moda em todas as operadoras...Outra coisa: Por que juiz precisa falar/escrever difícil a ponto de ter que utilizar um dicionário para entender o que se trata?