Início » Gadgets » Como saber se a caixa JBL é original [falsificações]

Como saber se a caixa JBL é original [falsificações]

Veja dicas contra falsificações; há como saber se a JBL é original e evitar comprar produtos que possam oferecer risco

Melissa Cruz Cossetti Por
TB Responde

A JBL tornou-se uma marca popular, principalmente no Brasil. Há mais de 70 anos no mercado, a fabricante trabalha com dispositivos de áudio de qualidade, que são facilmente encontrados em casas de show, cinemas e estúdios de gravação. Com o consumidor comum, o seu sucesso se deve em razão das caixas de som Bluetooth. Elas são vendidas em qualquer lugar, até mesmo na praia. O problema são as falsificações.

Os produtos falsificados estão, na maioria das vezes, muito distantes de oferecer a experiência de um original e não atendem aos padrões de qualidade e segurança (estamos tratando de aparelhos com baterias) devido a sua má composição e geralmente param de funcionar pouco tempo após o primeiro uso, dando defeito.

jbl-pixabay

Consumidores de caixas falsificadas estão expostos a potenciais riscos de segurança, mesmo quando os produtos não estão em uso (estão carregando ou guardados).

  • Carregamento defeituoso/incompleto;
  • Riscos de incêndios;
  • Choques elétricos;
  • Outros acidentes por causa de material de baixa qualidade.

Eles têm o mesmo nome, a caixa parecida e prometem os mesmos recursos (ou até mais, mesmo sem entregar). Mas, nem sempre o consumidor tem culpa, você pode ter sido enganado. Saiba como conferir se sua caixinha da JBL é original a partir da origem do produto, nota fiscal, botões tortos e testes de qualidade que você pode fazer. 

Como comprar uma JBL original?

A primeira dica e mais óbvia é comprar sempre nos canais oficiais de venda, no caso o site da JBL (jbl.com.br) e da distribuidora no Brasil, a Harman (br.Harmanaudio.com).

Lógico, você vai ver uma série de promoções em varejistas e querer aproveitar oportunidades de compras pela internet. É muito importante conferir o checklist abaixo.

Como saber se a JBL é original

Marketplace

Se você está comprando em lojas do tipo marketplace — que reúne produtos de outros lojistas em uma plataforma de compras — verifique a confiabilidade da loja e detalhes como “vendido e entregue por”. Você pode pensar estar adquirindo um produto JBL original da rede varejista mas, na verdade, está comprando de um anunciante que usa a plataforma de marketplace. Que pode ser um vendedor honesto ou não. Como acontece em sites de leilão e/ou compra e venda muito populares em toda a internet.

Preço muito baixo

Se o lojista está oferecendo um desconto muito grande, fique atento. Compare o preço do produto com o do original, na loja da JBL. Normalmente, caixas falsificadas são vendidas por valores em torno de 30% do preço oficial e sem a garantia de pós-venda.

As caixas da JBL podem ser bastante caras, dependendo do modelo. E, se você está pensando em economizar, pode ser interessante buscar por usados em bom estado ou procurar marcas mais em conta ou de modelos mais antigos, por exemplo.

Ligeiramente diferentes

De longe, elas podem até parecer iguais, mas ao pegá-las em mãos — principalmente se você já esteve com uma original por perto — é possível perceber algumas diferenças, a começar pela caixa: sem lacres originais, com cores desbotadas e ausência de detalhes e fotos de divulgação. Também costumam não ter uma alça, comuns às caixas da JBL.

Baixa qualidade

Ao tirar da caixa, a baixa qualidade fica mais evidente: o peso costuma ser mais leve que os das originais, apresentam pequenos defeitos nas grades do alto-falante e botões tortos ou mal-acabados. Os cabos também são de baixa qualidade, menores e enrolados apenas com arame. Faltam logotipos e o número de série, além de informações de homologação e uso correto da parte elétrica do aparelho e manual. 

Aumente o som

Se você puder testar e aumentar o volume até o máximo, vai perceber chiados e ausência de graves. Caixas falsificadas não tem a mesma potência que as originais e não é preciso ser um especialista para perceber que elas não entregam um som agradável.

Produtos que não existem

As caixas de som falsificadas pode ser facilmente reconhecida por usarem cores e nomes que não existem nas linhas originais. Por exemplo, produtos “mini”: Boombox mini, Charge mini ou Xtreme mini. Estes produtos “mini” frequentemente são encontrados à venda na internet. Viu algo com cores e nomes diferentes? Fuja.

A JBL compartilha em seu site uma série de fotos comparativas que mostram os produtos falsos e os originais. Além de um vídeo com um resumo de tudo o que falamos aqui. Se você vai comprar um alto-falante da JBL, leve essas dicas com você.

E, se você já comprou, observe as fotos abaixo com ele em mãos para saber se você não comprou gato por lebre. Se esse foi o seu caso, a JBL orienta entrar em contato com o vendedor e tentar devolver o produto exigindo o reembolso (não forneça mais informações pessoais ao vendedor), além de fazer contato com a Harman e ajudar a combater a pirataria denunciando para o e-mail [email protected]

*Com informações: JBL.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação