Início » Brasil » Leilão da Receita tem iPhone X a partir de R$ 500, Apple Watch e Xbox

Leilão da Receita tem iPhone X a partir de R$ 500, Apple Watch e Xbox

Lance mínimo para Xbox One X é de R$ 500; leilão é da Receita Federal em Natal (RN) e tem Nintendo Switch, JBL Boombox e mais

Paulo Higa Por

Antes do fim do ano, a Receita Federal está realizando um leilão de mercadorias abandonadas ou apreendidas, incluindo eletrônicos. As propostas podem ser feitas a partir desta segunda-feira (30) para lotes com produtos como iPhone X, Xbox One X, caixa de som da JBL e até gadgets que não chegaram a ser comercializados oficialmente no Brasil, como o Huawei P20 Pro.

iPhone X

O leilão é organizado pela Delegacia da Receita Federal de Natal (RN). Ele será feito na modalidade eletrônica e tanto pessoas físicas quanto jurídicas poderão fazer propostas. São 41 lotes de produtos, a maioria composta por artigos de informática, celulares e videogames, mas há exceções, como um Fiat Doblò 2011/2012 (cujo valor mínimo é de R$ 10 mil).

Como de costume, há muitos produtos da Apple. Sete lotes contém um iPhone XS Max de 64 GB com valor mínimo de R$ 2.000 cada; o celular tinha preço sugerido de R$ 7.299 na época do lançamento no Brasil, em 2018. E mais sete lotes ofertam o iPhone 8 Plus de 64 GB por um lance inicial bem menor, de R$ 700. Também há iPads de 6ª geração, Apple Watch Series 3 e 4, além de iPhones de gerações passadas.

Huawei P20 Pro

Dois lotes curiosos são os 18 e 19: eles têm um Huawei P20 Pro cada. O modelo chamou a atenção em 2018 por trazer um conjunto triplo de câmeras com a grife da Leica que desbancou nomes como Galaxy S9, iPhone X e Pixel 2. A Huawei já se preparava para retornar ao mercado brasileiro e chegou a homologar o aparelho na Anatel, mas ele nunca foi vendido por aqui — o primeiro celular na nova fase da companhia foi o Huawei P30 Pro.

A seguir, listamos os lotes com eletrônicos:

Número do(s) lote(s) Produto(s) Lance mínimo
2, 3 e 4 iPad de 6ª geração R$ 700
5 Samsung Galaxy A6 R$ 500
6 Apple Watch Series 4 40 mm R$ 500
7, 8, 9, 10, 12, 13 e 14 iPhone XS Max 64 GB R$ 2.000
11 iPhone XS  64 GB R$ 1.000
15 Apple Watch Series 3 42 mm R$ 500
16 iPhone X 64 GB R$ 500
17 JBL Boombox R$ 350
18 e 19 Huawei P20 Pro R$ 500
20, 21, 22, 23, 24, 30 e 31 iPhone 8 Plus 64 GB R$ 700
25 iPhone 7 Plus 32 GB e iPhone 8 Plus 64 GB R$ 1.500
26, 27 e 28 iPhone 8 Plus 64 GB (2 unidades) R$ 1.500
32 Microsoft Xbox One X e acessório da Nyko R$ 500
33 Nintendo Switch e fone de ouvido Sony MDR-ZX110 R$ 350
34 multifuncional HP LaserJet Pro M130 R$ 100

O leilão de Natal receberá propostas até 21 de janeiro de 2020. É necessário usar um certificado digital válido via acesso ao e-CAC (Centro Virtual de Atendimento ao Contribuinte). Os participantes serão responsáveis por retirar os produtos arrematados; a Receita não entrega os itens. Saiba mais informações neste link.

Colaborou: Felipe Ventura.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Frederico Martins

E quando tem ambos não consegue ganhar nada. Os preços são inicias e uma mera ilusão, sempre aumentam muito. Fica sem futuro.

John Smith

Não vejo a correlação.

zoiuduu .

problema disso é que o governo nao ajuda pra dar a cidadania do outro país,kkk cidadania brasileira vale merda nenhuma

Julian Leno

Hate dá view

Julian Leno

Acho que postam mesmo porque hate dá view

yurieu

Funcionário público detected.

yurieu

só para gerar cliques.

Fabio

Não é possível alguém com bom senso gostar dessas leis dos impostos

Keaton

Galaxy A6 por 500 reais? Que piada de mal gosto é essa? hahaha

Aquela multifuncional 34 e o switch 33 tão com uns preços bem interessante....

Kriegerisch

Sonegar imposto é crime. Não gosta da lei, é só mudar de país.

Diego Nascimento

Pra quê ficar postando sobre esses leilões? Quase ninguém tem acesso ao sistema e muito menos condições de ir retirar os produtos.

Jacqueline Vieira Bastos

Mas como faz para dar o lance?
Não encontrei...

Lucas Santos

Recepção de mercadoria roubada a partir de R$ 500,00.

John Smith

Tecnoblog frequentemente posta notícias sobre esses leilões da Receita. Me pergunto a porcentagem real de leitores que vão participar deles ao ler isso, pois penso que a maioria só fica mesmo indignada.

Julian Leno

"Antes do fim do ano, a Receita Federal está realizando um leilão de mercadorias roubadas arbitrariamente de cidadãos, incluindo eletrônicos." seria o correto.