Início » Brasil » eBay alerta brasileiros sobre exigência de CPF em importações

eBay alerta brasileiros sobre exigência de CPF em importações

A empresa começou a lembrar compradores no Brasil sobre nova exigência dos Correios em 2020

Victor Hugo Silva Por

Para atender a uma exigência dos Correios, o eBay passará a pedir que clientes no Brasil insiram o CPF ou CNPJ com o endereço de entrega em compras internacionais. O documento deverá estar visível no pacote, como pedem as novas normas da Receita Federal.

Em comunicado, o eBay lembra que a regra entrará em vigor nesta quarta-feira (1º). A plataforma não possui um campo para CPF ou CNPJ na página de finalização da compra e, por isso, pedirá que o número do documento seja indicado no campo marcado como Endereço 2.

A ação será necessária para que a encomenda do exterior seja processada e liberada na alfândega. Caso os clientes não informem o número do documento, o pacote poderá retornar ao seu país de origem ou ser destruído, nos casos em que a devolução não for possível.

Os clientes também poderão acompanhar a entrega e vincular o CPF ou o CNPJ ao código da encomenda por meio da seção Minhas Importações, disponível no site e no aplicativo dos Correios.

No início de dezembro, ao anunciar a exigência, os Correios explicaram que o documento deverá estar indicado “em toda e qualquer importação que seja destinada ao Brasil”. A empresa lembrou ainda que o responsável pela encomenda deve acompanhá-la para pagar os tributos e o serviço postal.

Desde 2018, os Correios exigem o CPF de remetente e destinatário nas postagens sem nota fiscal feitas em agências “para cumprir o que determina a legislação tributária”. Além do documento, a empresa passou a solicitar a relação dos itens enviados e seus respectivos valores.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Catena's Beauty Atelier

Testa aí e conta pra gente

Toto_fofo

Não gostei. Além de invasivo na privacidade, ferindo o direito natural de não informar sua pessoalidade a terceiros, vai na contramão de facilitar as importações de pessoas física eliminando os intermediários parasitas, como dizia Cirão quem paga ágio é otário. A fazenda deveria corrigir o limites de importação de 50 dólares desatualizados pela inflação, permitir a importação de pessoa física para pessoa jurídica. Parei de importar a dois anos e comprar na internet também, pois não vale mais a pena é melhor guardar o dinheiro e esperar o choro e ranger de dentes dessa gente maldita e amaldiçoada, quando uma força externa e alheia as leis do Brasil intervir aqui.

Frederico Martins

Nunca época em que dados valem ouro, entregar CPF de bandeja pra correios e carteiros e qualquer outra pessoa que simplesmente veja o pacote é muito bem pensado. Em 2020, tempos de QR code e outras tecnologias, parabéns Receita!!!

Paulo Andador

Volta, Lula! Com você, nada disso aconteceria.

leoleonardo85

E se colocar CPF falso?

Marmota Marota

O poste faria pior, mas receberia elogios.

Fabio
Fabio

Quando caminha dá dois passos pra frente e um para trás.
O brazil é um país falido, deve mais do que arrecada graças as aposentadorias que passam de pais para filhos e outras que não vão ser consertadas com democracia.

Rafael Moreira

Só utilizo eBay para enviar encomendas para o redirecionador dentro dos EUA, sendo assim não preciso inserir o CPF no endereço 2. Agora no redirecionador já tem o número inserido, inclusive é requisito obrigatório no cadastro, só não lembro de ter visto na etiqueta da caixa o meu CPF quando a recebo no Brasil.

Irei até confirmar se eles anexa o número na etiqueta. Até então nunca tive problemas com alfândega.

Keaton

Pera, e quem não votou no Bolsonaro não se ferrou junto?

João

Como se isso mudasse algo, desde 2018 já vinha com CPF minhas encomendas.

João

Exigência da Receita.

Jhonatan Paiva

Quem votou no bozonaro, se ferrou.

Fabio

Isso é coisa desse fdp do paulo guedes

Felipe Ferraro

Governo fazendo governice.

Exibir mais comentários