Início » Aplicativos e Software » Apple defende avisos do iOS 13 sobre apps que rastreiam localização

Apple defende avisos do iOS 13 sobre apps que rastreiam localização

iOS 13 mostra quando seu local é acessado em segundo plano; desenvolvedores temem que isso reduza uso de apps para iPhone

Felipe Ventura Por

O iPhone vem avisando há anos quando sua localização é acessada em segundo plano, mas o iOS 13 levou isso a outro nível: o sistema mostra que determinados apps veem seu local dezenas ou centenas de vezes em questão de dias. Alguns desenvolvedores temem que isso possa reduzir o uso de seus aplicativos, mas a Apple defende o recurso.

iOS 13

Em comunicado ao Wall Street Journal, a Apple diz que cria hardware, software e aplicativos para proteger a privacidade do usuário: "não criamos um modelo de negócios para conhecer a localização de um cliente ou de seus dispositivos".

Desde o iOS 11, lançado em 2017, surge um aviso na tela quando um app usa sua localização em segundo plano: trata-se de uma barra azul (no iPhone 8 e anteriores) ou um fundo azul no relógio (no iPhone X e posterior).

Então, no iOS 13, o sistema começou a emitir alertas quando um app acessa demais seu local em segundo plano, e sugere alterar a autorização de "sempre" para "durante o uso". (O Android 10 possui uma opção que bloqueia o acesso à localização quando o app está fechado.)

A empresa especializada Location Sciences estima que a quantidade de dados de localização coletados por apps em segundo plano caiu 70% desde o lançamento do iOS 13, porque dezenas de milhões de pessoas ativaram a opção "durante o uso" no iPhone.

Desenvolvedores reclamam de recurso no iOS 13

iOS 13

Imagem por Arthur P.B. Laudrain/Twitter

Em agosto, sete desenvolvedores enviaram um e-mail para o CEO Tim Cook pedindo para reconsiderar esse recurso, já que ele prejudica a adoção de seus aplicativos. Isso inclui o Life360, que permite acompanhar onde estão os membros de uma família; e o Tile, usado em conjunto com dispositivos de rastreamento para itens como carteiras e chaves.

"Acreditamos sinceramente que a Apple tem em mente o bem-estar do usuário e agradecemos que ela nos tenha ouvido quando levantamos essas questões", afirma Chris Hulls, cofundador da Life360, ao WSJ. "Só achamos que, às vezes, as ações que eles tomam trazem consequências imprevistas."

A Apple possui um concorrente do Life360 embutido no iOS 13: trata-se do Buscar, que permite compartilhar sua localização com contatos específicos. No entanto, o sistema não exibe alertas sobre o número de vezes que ele acessa seu local em segundo plano. (Outros apps da Apple ficam sujeitos a esses avisos, como o Atalhos.)

Além disso, rumores dizem que os Apple Tags serão um concorrente para o Tile: o dispositivo com conexão Bluetooth poderia ser anexado a objetivos como chaveiros ou malas.

O Foursquare, por sua vez, acredita que os avisos do iOS 13 são "um passo na direção certa". A empresa diz que ainda é muito cedo para compartilhar métricas confiáveis ​​sobre quantos usuários limitaram o acesso à localização.

Com informações: Wall Street Journal, MacRumors.

Comentários da Comunidade

Envie uma pergunta
1 usuário participando

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação