Início » Internet » YouTube exige que donos de canais marquem vídeos voltados para crianças

YouTube exige que donos de canais marquem vídeos voltados para crianças

Para cumprir ordens do governo dos EUA, o YouTube liberou uma opção para donos de canais sinalizarem vídeos infantis

Victor Hugo Silva Por

O YouTube passou a exigir nesta segunda-feira (6) que donos de canais indiquem se os seus vídeos são voltados para crianças. A classificação poderá ser feita por meio de um novo item no YouTube Studio, ferramenta da rede social para criadores de conteúdo gerenciarem os vídeos.

YouTube Kids

O recurso estará disponível para todos os canais nos próximos dias para atender às ordens da Comissão Federal de Comércio dos Estados Unidos (FTC, na sigla em inglês). Em setembro, o Google foi multado em US$ 170 milhões após o órgão concluir que o YouTube violou leis de proteção à privacidade de crianças.

Para a plataforma se adequar às regras, os vídeos para crianças deixarão de exibir a área de comentários, os anúncios segmentados e recursos como ativar notificações e salvar em uma playlist. Além disso, a coleta de dados em vídeos infantis será limitada.

Em comunicado, o YouTube afirmou que as mudanças causarão um "impacto significativo" para canais voltados para essa faixa etária. A rede social passará a considerar criança qualquer pessoa assistindo a um vídeo marcado como infantil, o que poderá afetar as receitas de muitos canais.

Os criadores de conteúdo deverão considerar alguns fatores antes de marcarem um vídeo como infantil. Entre eles, estão assunto, conteúdo visual, tipo de música, uso de personagens animados ou atividades para crianças e a idade das pessoas que aparecem no vídeo. Os critérios foram definidos pelo FTC.

"Os criadores conhecem melhor seu conteúdo e devem definir a designação por conta própria", indica o comunicado. O YouTube informou que também usará aprendizado de máquina para detectar o público dos vídeos. "Somente substituiremos uma designação do criador se um abuso ou erro for detectado".

Ainda de acordo com a plataforma, os usuários passarão a ver uma divulgação maior do YouTube Kids. Ela será apresentada junto a vídeos infantis para atrair crianças com até 13 anos de idade a instalarem o aplicativo.

Com informações: The Verge.

Mais sobre: ,

Comentários da Comunidade

Envie uma pergunta
1 usuário participando

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação