Início » Gadgets » Amazon diz que funcionários tentaram acessar vídeos de câmeras da Ring

Amazon diz que funcionários tentaram acessar vídeos de câmeras da Ring

Colaboradores acessaram vídeos das câmeras que estão dentro e fora das casas de seus donos

André Fogaça Por

A Ring, empresa da Amazon que ficou famosa com campainhas inteligentes, admitiu nesta semana que alguns funcionários acessaram a câmera do gadget. Estes colaboradores já contavam com este acesso, mas abusaram da responsabilidade, viram mais do que o necessário e a empresa diz que eles já foram demitidos.

Câmera Ring indoor

Os produtos da Ring, comprada pela Amazon em 2018, são focados em campainhas eletrônicas que oferecem uma câmera para que o morador da casa saiba quem está na porta, além de uma gravação que mostra quem esteve por lá - também existem câmeras, sem a campainha, que podem ser colocadas dentro de casa.

Cinco senadores americanos enviaram uma carta à empresa com questões sobre a privacidade do serviço e querendo saber como ela lida com tantos dados pessoais, com a resposta bastante chata: ela foi quebrada. Foram quatro funcionários que poderiam acessar os conteúdos das câmeras (gravados ou ao vivo) e que buscaram mais do que apenas melhorar a qualidade do produto oferecido, durante um período de quatro anos.

“Embora cada pessoa envolvida nestes incidentes tenha sido autorizada a visualizar os dados em vídeo, a tentativa de acesso a esses dados excedeu o necessário para suas obrigações de trabalho”, comenta a Ring na carta. "Em cada caso, uma vez que a Ring tomou conhecimento da suposta conduta, a Ring imediatamente investigou o incidente e, depois de determinar que o indivíduo violou a política de privacidade da empresa, demitiu o acusado", completa.

Depois de demitir cada um dos acusados, a empresa diminuiu a quantidade de colaboradores que podem acessar os vídeos, além de estar revendo a real necessidade de cada um acessar este tipo de conteúdo.

Com informações: CNBC.

Mais sobre: ,

Comentários da Comunidade

5 usuários participando

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Breno
Aí mora um absurdo: pq diacho um funcionário teria acesso às imagens dos usuários?
Quer testar o produto e ver se tá tudo ok?! Separa umas 3, 4 câmeras, espalha pelos EUA e teste. Por mais q o funcionário abusou de sua responsabilidade, isto n é desculpa, já que funcionário nenhum devia ter acesso a essas imagens.
Alguém consegue ver sentido em permitir que algum funcionário visualize imagens dos usuários? Eu não vejo sentido ou lógica nessa permissão. O mais próximo que consigo pensar é testar qualidade do produto, mas de novo… que faça isto em suas próprias câmeras.
Amazon deu algum posicionamento do pq 4 funcionários podem visualizar qualquer câmera?
Caleb Enyawbruce
Nao adianta a empresa querer se eximir de sua responsabilidade jogando a culpa nos funcionários: eles só acessaram porque a empresa no mínimo deixou de impedir isso. Incrível como a corda sempre arrebenta no lado mais fraco. Empresa irresponsável
Rafael de Paula
4 funcionários que eles pegaram com a boca na botija. Não impede que existam muitos mais.
@RODRIGO
Falou pouco, mas, muito certeiro!! Bem mais a 4 mesmo!!
Participe da discussão