Início » Negócios » Rappi demite 150 funcionários no Brasil em meio a concorrência com iFood

Rappi demite 150 funcionários no Brasil em meio a concorrência com iFood

Rappi corta 6% do quadro de funcionários na América Latina para focar em experiência do usuário; iFood acirrou disputa no Brasil

Felipe Ventura Por

A Rappi, dona do conhecido aplicativo de entregas, vai demitir 6% de seus funcionários na América Latina como parte de uma reestruturação para focar nas divisões de tecnologia e experiência do usuário. Cerca de 150 empregados serão dispensados no Brasil, onde o iFood acirrou a disputa por clientes e restaurantes nos últimos meses.

Rappi (Foto por Carlos Felipe Pardo/Flickr)

Fontes dizem ao Brazil Journal que a Rappi fará 150 demissões no Brasil, concentradas em cargos mais juniores. A empresa não confirma esse número, dizendo apenas que “optou por reduzir algumas áreas e ampliar outras”. Ela tem cerca de 5 mil funcionários espalhados pela América Latina.

“A Rappi decidiu investir no seu time de tecnologia e na experiência do usuário”, afirma a empresa em comunicado. “Essa decisão não afeta nossos planos de crescimento, inclusive estamos contratando um grande número de funcionários para as áreas foco da Rappi para 2020.”

O iFood acirrou a concorrência com a Rappi nos últimos meses, segundo o Brazil Journal, levando a uma redução nas margens de lucro e dificultando o trabalho de conquistar e reter clientes — tanto usuários como restaurantes.

Eu não peço delivery pela Rappi desde julho do ano passado. No meu histórico de pedidos, vários restaurantes agora aparecem com o aviso “não disponível” — eles saíram da plataforma. E os preços do iFood realmente são mais competitivos na minha experiência: sempre há promoções, combos e cupons disponíveis dentro do próprio app.

Além disso, a Rappi tem uma interface que pode ser lenta e confusa porque o aplicativo tenta fazer de tudo: delivery de restaurante, entrega de farmácia e supermercado, desbloqueio de patinetes da Yellow e transporte de pacotes (tal como a Loggi). Será uma boa notícia se a empresa realmente focar na experiência do usuário.

Rappi é avaliada em US$ 2,5 bilhões

No ano passado, o conglomerado japonês Softbank liderou uma rodada de investimento de US$ 1 bilhão na Rappi. A empresa de delivery foi avaliada em US$ 2,5 bilhões, e agora precisa provar que vale tudo isso. Ela ainda não teve lucro em seus cinco anos de existência.

Executivos dizem à Reuters que, para alcançar lucratividade, a Rappi está coletando tendências de compras sobre seus clientes para revendê-las a marcas de alimentos, restaurantes, supermercados e lojas.

Luis Techera, executivo da empresa no México, dá um exemplo: se a Gillette quisesse lançar uma nova lâmina de barbear, 100 mil clientes selecionados com base em idade e localização poderiam receber amostras grátis. “A Rappi pode entregá-las em uma semana a todos os usuários que já compraram uma lâmina da Gillette e isso é um ataque que ninguém tem”, diz Techera.

Com informações: Brazil Journal, Reuters.

Comentários da Comunidade

Participe da discussão
18 usuários participando

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Zanac_Compile (@Zanac_Compile)

Predomino o uso do iFood, mas também utilizo o Uber Eats, que tem mais recursos, tem tudo pra ser o melhor.

Jefferson Rodrigues (@Jefferson_Rodrigues)

Gosto muito do uber eats pois oferece muitos cupons de entrega grátis e também oferece muitas promoções. Ontem, comprei dois deliciosos Milk shakes, no Burger King com 42% de desconto e frete grátis. Amei!!!

Reginaldo Ribeiro (@Reginaldo_Ribeiro)

Quanto mais concorrencia, melhor para os usuários. Uso os 3 aplicativos e gosto de todos.

Caio Garcia (@Caio_Garcia)

O Rappi esqueceu que para ser competitivo precisa ser bom… A experiência no aplicativo é bem ruim!! UI é horrível, vários bugs e tradução zuada( portunhol). Se ele morresse não faria falta… Ifood tá anos luz a frente desse Rappi ruim.

Eu (@Keaton)

Uso mais o iFood. Da ultima vez que tentei usar o Uber Eats, o app era tão mal programado que dá nos nervos. Não sei se eles arrumaram, mas o Uber Eats estava detonando a bateria do celular.

Já esse Rappi, nunca testei.

Gabriel Sardinha (@anjosarda)

Não uso o UberEats só de raiva, por eles me mandarem spam até não poder mais.
O pior é que não posso marcar como spam os emails, porque são enviados pelo mesmo endereço das notas fiscais eletrônicas da Uber.

MuMu da Mangueira (@Cacildis)

Sou viciado em rappi. Não tô exagerando, peço absolutamente tudo por ele e vejo que essa é a grande diferença frente ao ifood. Não peço comida toda semana, mas sempre preciso ir ao supermercado, farmácia, sacar dinheiro etc etc etc.

Anderson Vieira (@Blouc)

O pior de tudo é a parte dos patinetes. Recentemente resolveram desativar o app da yellow pra obrigar o pessoal a desbloquear os patinetes pelo app da rappi, mas a interface do app pra patinetes é completamente cagada e bugada. De todas as vezes que eu tentei desbloquear um patinete, sempre dava um erro diferente, desde não conseguir finalizar a viagem até ser cobrado pela taxa de devolução, sendo que devolvi ele dentro da área de atuação. Quando tentava entrar no suporte, eram traduções mal feitas e me ficavam jogando pro suporte no site da grin. Tá uma completa bagunça esse app

Tales Conrado (@talesconrado)

Eu costumo não desinstalar os apps de entrega mesmo que não os use, na esperança de um cupom heheh Só que a interface do Rappi é a piorzinha entre os que tenho, apesar de já ter me salvado com o serviço de “entrega tudo”.

O Ifood certamente é o que mais recorro para comida. É incrível como não pára de ter restaurante novo toda semana.

Felipe Insfran (@felipous)

Uso mais o Uber Eats. Rappi peguei ranço devido ao tanto de spam que me mandam sem eu nem ter conta

Lucas Frederico (@lucasf)

Não entendo o hate no app do Rappi. Pelo menos aqui sempre funcionou de forma aceitável. E o fato de poder fazer pedidos em supermercados e farmácias é um plus a mais em relação ao iFood.

Lucas Blassioli (@olucaslab)

O erro do Rappi começa pela exclusão de regiões periféricas de muitas cidades, enquanto o iFood e Uber Eats é quase que universal. O Rappi é um bom produto mas faz de tudo para ser um serviço inacessível.

Thiago Mobilon (@mobilon)

Também acho a usabilidade o Rappi terrível! Me sinto um tiozão tentando usar, não consigo encontrar nada.

José (@jc75)

O App é ruim toda a vida, o Uber Eats é o iFood são mais fáceis de usar.

 • 令和 • Ward'z de Souza 🇯🇵🎌🦊🔥 - Risonho e Límpido (@Wardz_de_souzA)

Graças a Deus, achei que era o único que tinha dificuldade de encontrar as coisas nele.

Fora que eu costumo usar esses por menores num tablet, e a interface dele é simplesmente horrível em telas grandes.

Exibir mais comentários