Início » Legislação » Projeto de lei nos EUA quer proibir celulares para menores de 21 anos

Projeto de lei nos EUA quer proibir celulares para menores de 21 anos

Apresentado em Vermont, o projeto de lei sugere até um ano de prisão para menores de 21 anos que usarem celular

Victor Hugo Silva Por

Um projeto de lei apresentado em Vermont, nos Estados Unidos, tem uma proposta bastante inusitada: probir celulares para quem tem menos de 21 anos. A justificativa é de, que antes dessa idade, as pessoas "não são maduras o suficiente" para usá-los com segurança.

O projeto foi apresentado pelo senador estadual John Rodgers, do partido Democrata. No texto, ele argumenta que o uso de celulares é uma das principais causas para acidentes de trânsito fatais com jovens nos Estados Unidos.

Rodgers aponta ainda que os jovens "frequentemente usam celulares para praticar bullying e ameaçar outros jovens, atividades que têm sido associadas a muitos suicídios". Ele sugere transformar o uso de celulares por menores de 21 anos em crime com pena de até um ano de prisão e multa de US$ 1.000.

Apesar da polêmica, o projeto de lei parece ser apenas um protesto contra a legislação de Vermont, que aumentou para 21 anos a idade mínima para fumar ou comprar uma arma no estado. Para Rodgers, se elas não podem fazer isso, também não poderiam ter um celular.

O parlamentar, conhecido no estado por sua posição pró-armas, afirmou que um celular é muito mais perigoso do que uma arma de fogo. Em entrevista ao Times Argus, um jornal de Vermont, ele disse que não espera a aprovação do projeto de lei. "Não tenho ilusões de que isso vai passar. Provavelmente eu não votaria nele", disse.

Mais sobre: ,