Início » Legislação » Projeto de lei nos EUA quer proibir celulares para menores de 21 anos

Projeto de lei nos EUA quer proibir celulares para menores de 21 anos

Apresentado em Vermont, o projeto de lei sugere até um ano de prisão para menores de 21 anos que usarem celular

Victor Hugo Silva Por

Um projeto de lei apresentado em Vermont, nos Estados Unidos, tem uma proposta bastante inusitada: probir celulares para quem tem menos de 21 anos. A justificativa é de, que antes dessa idade, as pessoas "não são maduras o suficiente" para usá-los com segurança.

O projeto foi apresentado pelo senador estadual John Rodgers, do partido Democrata. No texto, ele argumenta que o uso de celulares é uma das principais causas para acidentes de trânsito fatais com jovens nos Estados Unidos.

Rodgers aponta ainda que os jovens "frequentemente usam celulares para praticar bullying e ameaçar outros jovens, atividades que têm sido associadas a muitos suicídios". Ele sugere transformar o uso de celulares por menores de 21 anos em crime com pena de até um ano de prisão e multa de US$ 1.000.

Apesar da polêmica, o projeto de lei parece ser apenas um protesto contra a legislação de Vermont, que aumentou para 21 anos a idade mínima para fumar ou comprar uma arma no estado. Para Rodgers, se elas não podem fazer isso, também não poderiam ter um celular.

O parlamentar, conhecido no estado por sua posição pró-armas, afirmou que um celular é muito mais perigoso do que uma arma de fogo. Em entrevista ao Times Argus, um jornal de Vermont, ele disse que não espera a aprovação do projeto de lei. "Não tenho ilusões de que isso vai passar. Provavelmente eu não votaria nele", disse.

Mais sobre: ,

Comentários da Comunidade

15 usuários participando

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Mickey Sigrist

Definitivamente não é só aqui que vemos asneiras por parte de congressistas.

Sammy

Isso ai mesmo, tem que passar essa lei, afinal, a américa é o país da liberdade, a maior democracia de todas, e cheio de pessoas sensantas e que pensa no seu povo.

Alias, sabe a china?, precisamos democratizar-la urgente, Irã também.

Douglas Knevitz

Eu entendi a proposta do projeto, então não vou nem me dar ao trabalho de argumentar contra, prq todo mundo sabe que isso é um absurdo.

So gostaria de fazer umas considerações:

1º Você não pode comparar o uso de smartphones com porte de armas, uso de bebidas alcólicas, ou até mesmo porte de CNH, que nos Estados Unidos é concedido a menores de 21 anos.

2º Tudo passa por um processo de aprendizado e conscientização. Se você quer que jovens parem de usar smartphone enquanto dirigem, mostre a eles a realidade dura de uma batida de carro em alta velocidade, incessantemente, até que isso se torne um censo comum.

3º Não se precisa de smartphone pra praticar bullying, a uma década já se praticava e não havia punição (nem mesmo por parte do corpo docente). Hoje o cyberbulling pode ser enquadrado na lei de crimes virtuais, então tornou-se muito mais eficaz a punição.

3º Mas nem de todo ruim é o projeto, ao menos levanta a questão de que com que idade uma criança deve ter um smartphone.

Particularmente acho que isso varia de família pra família, mas em um censo comum, seria a idade escolar, onde essa criança já estaria inserida em um contexto social, onde inclusive o smartphone viria a ser um meio dos pais acompanharem a rotina dos filhos a distância.

A tecnologia faz parte das nossas vidas e dessa juventude, mais anda. Cabe a família ensinar os filhos a lidarem com a tecnologia de forma responsável e não priva-las, as colocando sobre um domo. Tornando-as alienadas a realidade e inaptas tecnologicamente (como são grande parte dos adultos que não tiveram contato cm tecnologia).

João M.

Mais um projeto de lei q só serve pra gastar tempo e dinheiro e não será aprovado. Nice.

Rafael de Paula

Claramente é um projeto de protesto, pra provocar mesmo. Propõe um absurdo para chamar atenção a um fato que na opinião dele também é absurdo.

Caleb Enyawbruce

Democratas fazendo “democratices”… :man_facepalming:

Ronaldo Carlos da Silva

Pode piadinha gente?

“celular é muito mais perigoso do que uma arma de fogo” NOTE 7, CORRE AQUI! HAHAHAHA

João Paulo Polles

Que legal… tem gente com 30 anos que não é madura o suficiente para usar um carro, quem dirá para usar um celular com base na idade… :man_facepalming:

Isso não faz nenhum sentido… Mas ah… são políticos… não fazem sentido mesmo… :roll_eyes:

Mas sabe… acho que nem vai passar um projeto desses, pq na real, os pais gostam muito de que os filhos estejam com o celular para saber onde estão… então será bem difícil esse projeto passar…

Jonas Lima

Sobre isso, o DETRAN - pelo menos aqui no RN - tem feito um papel absurdo de conscientização com peças publicitárias (principalmente outdoors e comerciais de TV), é realmente impactante a forma como eles fazem estas campanhas, literalmente assusta e conscientiza na base do medo que beber e dirigir vai dar ruim.

Então é questão de conscientização mesmo, forçar a barra até o cara entender que o que tá fazendo é errado, se torna uma cultura.

(Eles até ganharam um reconhecimento internacional pelo impacto que os outdoors fazem na cidade)

image

Reinaldo Boson

O problema não é o celular, é o uso dele em rede por idiotas que ganham notoriedade pelas imbecilidades que falam. Antes, estavam restritos a uma roda de pessoas ou falavam sozinhos, agora ganharam o mundo.

Matheus Alexandre

Aí depois vêm falar que a China que é comunista

Ryan Marinho

Mais um projeto inútil e que só gastará tempo de debates e não chegará a lugar algum.

Gabriel Sardinha

Ainda se está debatendo isto?!

Leiam a opinião do @Red

Foi tudo pra chamar atenção. Nem o autor da lei espera que passe.

ochateador

Não é uma má idéia esse projeto de lei.

Participe da discussão