Início » Jogos » Sony não vai participar da E3 2020: "não é o local certo" para PlayStation 5

Sony não vai participar da E3 2020: "não é o local certo" para PlayStation 5

Sony não participará da feira E3 2020, mas estará em eventos para PlayStation 5 e para jogos do PlayStation 4

Felipe Ventura Por

A E3, maior convenção global sobre jogos, contava com a participação da Sony desde seu início, mas a empresa decidiu ficar fora do evento no ano passado e em 2020: ela acredita que a feira não é "o local certo para o que estamos focados neste ano", ou seja, o lançamento do PlayStation 5.

Dual Sock / PlayStation 4 / Fabian Albert / Unsplash

Um porta-voz da Sony Interactive Entertainment confirma ao GamesIndustry.biz que não vai participar da E3 2020, evento organizado pela ESA (Entertainment Software Association). "Temos um grande respeito pela ESA como organização, mas não sentimos que a visão da E3 2020 seja o local certo para o que estamos focados neste ano", diz a empresa.

A Sony afirma, no entanto, que vai participar de "centenas de eventos para consumidores em todo o mundo". Ela continua: "temos uma linha fantástica de títulos chegando ao PlayStation 4 e, com o lançamento do PlayStation 5, estamos ansiosos por um ano de comemoração com nossos fãs".

A ESA aparentemente não gostou da notícia, e distribuiu um comunicado à imprensa prometendo que "a E3 2020 será um show emocionante e de alta energia com novas experiências, parceiros, espaços para expositores, ativações e programação que irão entreter novos participantes e veteranos". Ela não menciona a Sony.

Xbox Series X terá presença na E3 2020, sugere Microsoft

Enquanto isso, Phil Spencer, chefe do Xbox na Microsoft, afirmou no Twitter: "nossa equipe está trabalhando duro para a E3, estamos ansiosos para compartilhar com todos que gostam de jogar o que está por vir". Ele esteve no evento The Game Awards em dezembro para revelar detalhes sobre o Xbox Series X.

Ainda assim, a Sony deve estar presente na E3, mas de outra forma: desenvolvedoras como Square Enix e Ubisoft participarão da feira e anunciarão jogos para PlayStation 4 — e talvez para o PS5.

No ano passado, a Sony quebrou décadas de tradição ao não participar diretamente na E3. Ela esteve na primeira edição do evento, em 1995, para detalhar o lançamento do PlayStation 1 nos EUA; e se destacou em 2013 com o PlayStation 4, anunciado como uma resposta às restrições que a Microsoft queria impor no Xbox One original.

A E3 2020 será realizada de 9 a 11 de junho em Los Angeles (EUA).

Com informações: Engadget, CNET.

Comentários da Comunidade

15 usuários participando

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Lucas Gasparotto

Se em um evento de jogos, a Sony acha que não é o lugar de falar sobre esse console, onde seria?
Só vem XBox!

Higo Ferreira

Fiquei com a sensação de que eles sabem que tem um produto inferior (seja tecnicamente, seja em conteúdo) do que a Microsoft, e querem evitar comparações diretas. E talvez ganhar tempo para mostrar algo melhor.

Mickey Sigrist

Caraca, a E3 não é um momento apropriado? Fiquei curioso pra saber o a Sony tem em mente, então. Palpite: talvez tenham percebido que não terão a versão final do produto a tempo e acharam melhor ficar de fora pra depois não sofrer com coisas do tipo “…mas quando apresentaram o PS5 disseram que seria assim e não assado”.

LekyChan

a sony já deu a entender que ele quer começar a fazer igual a nintendo e seus directs.

Lucas Gasparotto

Sim, com produto (inferior? e) de nicho? Acredito que sim. O que salva eles no momento são as IPs, senão…

Lucas Gasparotto

Se não fossem as IPs, acredito que o player a se destacar seria apenas a Microsoft. O Game Pass é mto bom e é um grande diferencial. Imagina no começo da história de um console (Series X) já com grandes jogos estreando lá. Se eles não derem tiro no próprio pé, a MS tem muuuito a ganhar nessa geração.

Matheus

Baixou o espírito de Dona Florinda na Sony que praticamente mandou um: “Vamos tesouro, não se misture com essa gentalha.”

Lucas Blassioli

Microsoft: Coloca o Xbox Series X numa premiação e surpreende todos

Sony: Essa é a logo do PS5

Assim né Sony, realmente melhor não mostrar nada se não tem nada para mostrar

Rafael César Neves

Faz um tempo que a Sony está dando uma de ser contrário a todo mundo e não querer se misturar. Já disse isso num comentário de outro post do tb que essas decisões ainda vão derrubar a Sony. Que na verdade já estão caindo no desgosto da galera.

Daniel Neves

Nossa. Foi o fim do mundo quando a Nintendo decidiu sair dos palcos e se dedicar ås directs kkk.

Agora, anos depois ela faz o mesmo. Pior na verdade, já que não terá nenhuma apresentação paralela.

Marcos Oliveira

Todo esse mistério da Sony em torno da divulgação do PS5 só me levam a pensar e dois desfechos: ou ela tem um console muito superior ao xsx que irá surpreender a todos, ou não estão se sentindo preparados para bater de frente com tudo o que a Microsoft vem fazendo nos últimos.

A impressão que me dá é que a Microsoft já “começou” a nova geração a dois anos atrás com a consolidação do One S e One X, enquanto a Sony está parecendo eu na faculdade que começa a fazer o trabalho na semana da entrega.

Leandro Amaral

O f*da é que a logo do PS5 teve mais impacto na mídia do que o novo Xbox :disappointed_relieved:

Lucas Gasparotto

Sem se esforçar mto ele já está sendo mais que PS. PS só é algo pra base de fanboy dele. Conheço mais pessoas com XBox que PS4, e dessas com ctz continuar.
E outra, onde que a MS não passa informações do seu console? A Sony não tem o que passar pq em poder ela não deve estar conseguindo mta coisa. O Game Pass será o diferencial dessa geração, a Sony e a Nintendo que estão sendo lerdas em entender isso.

Pierre

Mesmo investindo caminhões em marketing e P&D, a MS nunca soube se vender fora do Windows e mercado corporativo. Em games, então, nem se fala.

Só lembrar do lançamento desastroso do Xbox One (o console perfeito pra assistir TV), com a Sony logo depois destruindo o concorrente como fez com o Sega Saturn. Sem falar dos meses seguidos de bullying da Sony a cada cagada ou recuada da MS com o One (Kinect, empréstimo de jogos, e por aí vai…).

Marcos Oliveira

Essa história de “falta de exclusivos” está prestes a acabar. Microsoft comprou inúmeros estúdios que estão preparando jogos para lançamento do Day One na Gamepass. A Microsoft está com uma estratégia bem sólida, mas só o tempo para dizer que se sairá melhor.

Participe da discussão