Início » Brasil » Apple quer investir em pesquisa e desenvolvimento no Brasil, diz Guedes

Apple quer investir em pesquisa e desenvolvimento no Brasil, diz Guedes

Paulo Guedes, ministro da Economia, se encontrou com Tim Cook, CEO da Apple, no Fórum Econômico Mundial em Davos

Felipe Ventura Por

O ministro da Economia, Paulo Guedes, se encontrou com executivos de grandes empresas durante o Fórum Econômico Mundial em Davos (Suíça): ele conversou com Tim Cook, e o CEO disse que a Apple planeja realizar pesquisa e desenvolvimento no Brasil. A companhia investiu US$ 16 bilhões em P&D somente no ano passado.

Paulo Guedes (Tânia Rêgo/Agência Brasil)

“Tim Cook falou que, em 40 dias, vai fazer contato para marcar um encontro com a gente no Brasil”, disse Guedes, segundo a Folha. “Está avaliando investir em P&D no Brasil.” O ministro não revelou mais detalhes.

Foxconn deixou de fabricar produtos da Apple no Brasil

O plano seria diferente do que a Foxconn realizou no Brasil: a empresa começou a fabricar iPhones localmente em 2011, e iPads no ano seguinte. Ela prometeu investir R$ 1 bilhão para construir um parque industrial em Itu, no interior de São Paulo, o que não ocorreu. Segundo a IstoÉ Dinheiro, os produtos da Apple deixaram de ser produzidos no país em 2017.

A Apple vem procurando outros locais para diversificar sua produção, devido às tensões comerciais entre China e EUA. Desde 2019, a Foxconn fabrica o iPhone XR na Índia; ela também estaria cogitando ampliar sua presença no Sudoeste Asiático, incluindo no Vietnã e na Malásia.

No Brasil, a conversa é outra: Cook promete investir em pesquisa e desenvolvimento. Estima-se que a Apple investiu mais de US$ 16 bilhões em P&D ao longo de 2019. O diretor financeiro Luca Maestri disse no ano passado que os investimentos continuarão aumentando: “queremos melhorar a experiência do usuário e diferenciar nossos produtos e serviços no mercado, então vamos continuar fazendo isso”.

Quem sabe a Apple possa seguir os passos da Uber, que possui um centro de desenvolvimento tecnológico em São Paulo: a equipe local criou a U-Check, ferramenta para validar passageiros com dados da Serasa.

Guedes também se encontrou com Hu Houkun, da Huawei, que deve ampliar sua presença no Brasil através de equipamentos 5G. Além disso, o ministro conversou com Jai Shoff, presidente da UPS, que estaria interessada em comprar os Correios na privatização da estatal.

Comentários da Comunidade

Participe da discussão
19 usuários participando

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

@teh

Nao gosto desse governo (nem dos outro) mas gosto do Guedes. Só acho que ele se precipitou na fala. Alem de que ele é cada vez mais politico (necessidade) do que economista, portanto difícil saber se ele ta falando besteira e da boca pra fora ou se realmente é um desejo da Apple (que seria incrível se ocorresse)

Filipe Espósito (@filipeesposito)

“Segundo a IstoÉ Dinheiro , os produtos da Apple deixaram de ser produzidos no país em 2017.”

Informação estranha, pois o iPhone XR vendido no Brasil mesmo vem com “Indústria Brasileira” na caixa. Acho que não pararam totalmente, só diminuíram bastante o ritmo.

Jefferson Rodrigues (@Jefferson_Rodrigues)

O governo deveria acabar com o monopólio de SP de sempre ficar com as empresas. Deveriam direcionar as empresas para o nordeste também.

Emerson Murari (@emmomurari)

Também acho, mas aí é questão de logística e infraestrutura. Tem é que baixar o custo Brasil e também a burocracia, além de manter uma segurança jurídica e tributária para quem quiser se instalar e investir por aqui poder ter a tranquilidade de planejar o longo prazo!

@ksio89

Aí depende dos governadores do NE tomarem vergonha na cara e incentivarem a vinda de empresas.

Mas aí como a empresa vem pra um estado como o Ceará, com carga tributária absurda, infraestrutura rodoviária porca (o estado tem as piores rodovias da região segundo o DNIT), infraestrutura de matéria-prima, energia e até mesmo de água precárias, violência desenfreada e mercado consumidor ínfimo, devido à miséria que assola o interior?

E aí depois ter que enviar a mercadoria pro Sudeste, onde se concentra o mercado consumidor? Não vale a pena pra empresa nenhuma. Pernambuco e Bahia são os estados mais desenvolvidos da região justamente porque os políticos de lá têm um pouco mais de visão que os dos demais estados, mas não se compara às condições reunidas em São Paulo e Sudeste como todo.

Eu (@Keaton)

Acho que a Apple viu que o Brasil está com a moeda super desvalorizada e quer aproveitar pra fabricar e desenvolver produtos bem mais baratos sem a dependencia da china…

Gustavo Alves (@gusti)

O Nordeste gera bastante mão de obra qualificada pra trabalhar com tecnologia e também tem ótimos centros de pesquisa na área (UFPE, UFCG, UFPB, UFRN, UFC, UFBA). O problema é só que a maioria vai pro Sudeste que é onde fica a maioria das empresas.