Início » Telecomunicações » Oi recebe US$ 1 bilhão por vender participação em operadora angolana

Oi recebe US$ 1 bilhão por vender participação em operadora angolana

Venda de ações da operadora angolana Unitel deve aliviar finanças da Oi, que passa por recuperação judicial

Lucas Braga Por

A Oi oficializou a venda da sua participação da Unitel para a estatal Sonangol, do ramo petrolífero: a empresa brasileira está em recuperação judicial e vem se desfazendo de ativos não-essenciais. Ela detinha 25% das ações da operadora angolana e o negócio foi de US$ 1 bilhão.

Oi

Do valor total da transação, a Oi receberá R$ 699,1 milhões nesta sexta-feira (24). A petroleira Sonangol já havia pago US$ 60,9 milhões anteriormente; os US$ 240 milhões restantes serão creditados até 31 de julho de 2020, com pagamento mínimo mensal de US$ 40 milhões a partir de fevereiro.

A venda da operadora angolana faz parte da estratégia da venda de ativos não-essenciais e traz um respiro nas contas da Oi. No mês de novembro, ela teve geração de caixa negativa, com baixa de 14,3% em relação a outubro.

A Oi enfrenta um processo de recuperação judicial e precisa de dinheiro para colocar em prática seu plano estratégico, que envolve a expansão da rede de fibra óptica e um foco em serviços residenciais.

Venda de operação móvel deve ajudar a Oi

A Oi já conta com ajuda de uma assessoria financeira para avaliar qual o real valor da sua operação móvel. As concorrentes Claro, TIM e Vivo não negam interesse em uma possível negociação.

No final de janeiro de 2020, a empresa passará por transição na presidência: Rodrigo Abreu, ex-CEO da TIM, assumirá o cargo de diretor presidente da Oi, no lugar de Eurico Teles.

Com informações: Oi.

Comentários da Comunidade

Participe da discussão
3 usuários participando

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

@ksio89

Faltam “só” 64 bilhões agora pra Oi quitar suas dívidas rs.