Início » Negócios » Apple tem lucro recorde com vendas de iPhone 11, AirPods e serviços

Apple tem lucro recorde com vendas de iPhone 11, AirPods e serviços

Apple teve lucro líquido de US$ 22,2 bilhões no último trimestre de 2019; iPhone 11 foi modelo mais vendido no período

Felipe Ventura Por

A Apple divulgou nesta terça-feira (28) os resultados financeiros do último trimestre de 2019: ela teve receita de US$ 91,8 bilhões entre outubro e dezembro e lucro líquido recorde de US$ 22,2 bilhões. A empresa afirma que isso se deve ao sucesso do iPhone 11, dos fones de ouvido AirPods e de serviços como Apple Music, TV+ e App Store.

Apple AirPods Pro - Review

Existem cinco principais áreas dentro da Apple: iPhone; Mac; iPad; Serviços; e Wearables, Casa e Acessórios. O iPhone ainda responde por mais da metade do faturamento, atingindo US$ 56 bilhões no trimestre, alta de 7,6% em relação ao mesmo período do ano anterior.

O CEO Tim Cook diz em comunicado que o resultado financeiro foi puxado pelas vendas do iPhone 11: ele foi o modelo mais popular em todas as semanas de outubro, novembro e dezembro. E, no top 3 semanal, sempre estavam o iPhone 11 Pro e Pro Max (alternando entre segundo e terceiro lugar).

No último trimestre de 2019, a Apple teve crescimento de dois dígitos (ou seja, igual ou superior a 10%) no Brasil, EUA, Reino Unido, França, Cingapura, China continental, Índia, Tailândia, Turquia e outros países.

Apple cresce em wearables e serviços de assinatura

A divisão Wearables, Casa e Acessórios também esteve em destaque, com receita de US$ 10 bilhões, alta de 37% em um ano. Cook diz à Reuters que a demanda pelos AirPods Pro e pelo Apple Watch Series 3 está maior do que a Apple consegue atender. Mais de 75% das pessoas que compraram um Apple Watch durante o trimestre nunca tiveram um antes.

A categoria Serviços teve receita de US$ 12,7 bilhões, aumento de 17% em um ano. Isso inclui Apple Music, Apple TV+, iCloud, App Store, AppleCare, Apple Pay, Apple Card e outros. A empresa espera ter 600 milhões de assinantes pagos até o final de 2020.

O faturamento de serviços depende bastante da base instalada: Cook afirma que agora existem mais de 1,5 bilhão de dispositivos ativos da Apple, incluindo todo iPhone‌, iPod Touch, iPad, Mac, Apple TV e Apple Watch em uso no mundo.

Vendas de Mac e iPad caíram no final de 2019

As vendas de Mac e iPad caíram no trimestre: respectivamente, as quedas foram de 3,5% e 11%. Nesse período, a Apple lançou um novo iPad básico e o MacBook de 16 polegadas com maior desempenho e sem teclado borboleta.

Luca Maestri, diretor financeiro da Apple, afirma que comparações ano a ano do iPad e Mac são “difíceis”, porque houve grandes lançamentos de novos modelos no último trimestre de 2018. Cook, por sua vez, observa que o iPad cresceu em mercados emergentes.

Comentários da Comunidade

Participe da discussão
18 usuários participando

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação