Início » Aplicativos e Software » WhatsApp para Android 2.3.7 e iOS 8 deixa de funcionar neste sábado

WhatsApp para Android 2.3.7 e iOS 8 deixa de funcionar neste sábado

Fim do suporte do WhatsApp atinge menos de 0,3% dos usuários no Android e menos de 7% no iOS

André Fogaça Por

Se você ainda tem um smartphone com Android 2.3.7 Gingerbread ou um iPhone que está no iOS 8 e utiliza o WhatsApp, saiba que o popular mensageiro deixará de funcionar no seu celular a partir deste sábado (1). Por mais alarmante que possa ser a notícia, o número de usuários afetados deve ser bem pequeno.

whatsapp icone iphone ios 13

O fim do suporte não é bem novo, mas o dia do prazo final chega amanhã para quem ainda está com um celular antigo em mãos. Inicialmente o WhatsApp comentou que o dia primeiro de fevereiro de 2020 será o fim da linha para o aplicativo funcionar em qualquer Android com a versão 2.3.7 Gingerbread, ou inferior e que foi lançada em setembro de 2011, além dos iPhones que ainda estão no iOS 7. Uma pequena mudança aconteceu desde então, passando a versão do iOS para o iOS 8, lançado em setembro de 2014.

De acordo com o gráfico de distribuição do Android mais recente, publicado pelo Google em maio de 2019, apenas 0,3% de todos os smartphones Android que foram ativados em todo mundo ainda estão em alguma versão do Gingerbread. De toda linha de smartphones famosos que temos atualmente, apenas o primeiro Galaxy S (lançado em 2010) ficou com esta versão do sistema operacional e não foi mais atualizado – nem mesmo será no futuro. Se você comprou algum Android novo e lacrado nos últimos oito anos, certamente está em alguma versão do sistema operacional que é mais recente do que o 2.3.7.

No lado do iOS não existe uma fonte oficial com todas as versões que estão instaladas nos iPhones, mas o dado mais recente, divulgado pela Apple e que foi coletado no dia 27 de janeiro deste ano, afirma que 70% de todos os iPhones estão rodando o iOS 13 e 23% ainda estão no iOS 12, o que dá 93% de todos os aparelhos.

A porcentagem restante fica dividida entre todas as outras versões, mas para ter uma ideia de quão pequeno é o número do iOS 8 ou inferior, o iPhone 4s, lançado em 2011, parou de ser atualizado no iOS 9.3.5. Se você tem um iPhone mais antigo do que o iPhone 4s, não poderá mais utilizar o WhatsApp a partir de amanhã. Se tem um iPhone mais recente, é bom atualizar o iOS dele e isso envolve até a segurança de seus dados – além do WhatsApp funcionando.

Atualmente já não é possível utilizar o WhatsApp nos seguintes sistemas operacionais:

  • Symbian S60
  • BlackBerry e BlackBerry 10
  • Nokia S40
  • Windows Phone

Com informações: WhatsApp.

Comentários da Comunidade

Participe da discussão
8 usuários participando

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Islan Oliveira (@Islan_Oliveira)

Eu fico surpreso é de eles darem suporte a versões tão antigas até agora. Lembro que adiaram umas vezes, mas se tivessem feito isso um ou dois anos atrás, não faria tanta diferença.

Eu (@Keaton)

WhatsApp para Android 2.3.7?! Sério? Meu primeiro “smartphone” rodava esse Android. Galaxy Y.

Já tava na hora de eles coratem isso.

ochateador (@ochateador)

Preguiça dos desenvolvedores em atualizarem a API e programar corretamente. Aí eles ficam usando as API antigas, obtém vários dados com pouco esforço e dão a desculpa de “estamos oferecendo suporte a pessoas com baixa condição financeira”.

Normalmente só atualizam a API quando a Apple ou o Google dropam o suporte em suas lojas.

Fabio Torelli Júnior (@fabiotorellijr)

Lamentável a atitude dos desenvolvedores, e quem não condições financeiras pra comprar um aparelho novo ou ganha pouco como faz pra se comunicar agora

Tinha que ter um whatsapp lite que funciona em qualquer aparelho, igual ao facebook lite.

So pra funcionar apenas conversas, e fotos.

Lucas Blassioli (@olucaslab)

Oi amigo, tudo bem? Isso é sério ou uma piada?

Douglas Knevitz (@Douglas_Knevitz)

Não é uma atitude lamentável, é louvável aliás, já estava na hora do WhatsApp cortar as raizes, suportando aparelhos que não são mais capazes de receber recursos novos, estamos falando de aparelhos de 2010 (iPhone 4 por exemplo, iOS 7).

Ter que dar retrocompatibilidade pra aparelhos com APIs tão limitadas é um desafio que prejudica recursos novos e melhores. Interfere na otimização do app como um todo, afetando até aparelhos novos. Tudo tem um tempo de vida, nada é ad aeternum.

O WhatsApp está entre o 4º app mais baixado, uma base de bilhões de pessoas, e esses usuários não podem ser prejudicados por 0.03% da base que está no android 2.

Fabio Torelli Júnior (@fabiotorellijr)

Sim mais não adianta fazer tudo isso se cada atualização do WhatsApp ele ficar cada vez mais pesado

Douglas Knevitz (@Douglas_Knevitz)

Isso é inerente a ele manter a mesma arquitetura de quando foi criado e continuar a adicionar recursos novos em cima. Cortar versões de software muito velhas, pode ajudar.

Existem exceções, o telegram recriou o app do zero em swift, pro iOS. Do WhatsApp eu não espero algo assim nunca.

Fabio Torelli Júnior (@fabiotorellijr)

Verdade, é muito remoto que isso aconteça já que o WhatsApp ta demorando até pra implementar um modo escuro no WhatsApp o que aparentemente muito simples de se fazer.

Thiago Passos (@Burnerman_X)

Tem vários “mais ou menos” nisso aí…

1 - Usar apis novas no Android é obrigatório desde o ano retrasado. Atualmente todos os apps tem que usar as apis do Android 9.0. Sem isso você nem lança versão nova do seu app.

2 - Quantidade de código legado. Não é tão trivial sair mudando tudo do zero num projeto tão grande que é o Whatsapp. Mesmo o Telegram X não substituiu o Telegram original no Android até hoje, e estamos falando de um messenger que tá sempre vários degraus a frente do Whatsapp.
Pensa na responsabilidade de quebrar o app para uma base na casa do bilhão de usuários.

Ao menos um alívio é que, enfim, o suporte ao Android 2.3 chegou ao fim. Não duvido que este já era um projeto paralelo ao original a uns anos já (o famoso legacy). Uma carga a menos para os devs.